Fandom

Saint Seya Wiki

Aiolia de Leão

Redirecionado de Aioria de Leão

2 315 pages em
Este wiki
Adicione uma página
Comentários352 Share

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

O Herói valente como Leão! Sempre lutando por Atena!

Enciclopédia Oficial.

Irmão de Aiolos. Apesar de sua personalidade explosiva, tem um coração puro que distingue rapidamente os justos, por isso foi um dos primeiros Cavaleiros de Ouro a reconhecer a autoridade de Atena. Como seu irmão Aiolos foi condenado como traidor, ele tenta limpar o nome da família jurando fidelidade ao Grande Mestre, até participando voluntariamente do extermínio dos Cavaleiros de Bronze. Durante a batalha contra os Espectros, enfrentou o exército inimigo de frente e derrubou muitos Espectros, servindo como poder central de ataque no Santuário.

Origem do Nome

Do grego Aeolia (ᾈολία), Ilha dos Ventos, Ilha Eólia. Carrega no nome sua característica de mobilidade, como seu irmão Aiolos.

Características

Aparência

A aparência de Aiolia é bastante similar à de seu irmão mais velho e também mestre, Aiolos. Aiolia é um jovem alto, de cabelos loiros (marrom claro no Anime) e de olhos verdes.

Personalidade

Aiolia é um dos mais nobres e valentes Cavaleiros e está sempre disposto a lutar pela Justiça. Possui um caráter sereno e grandioso. No entanto, Aiolia pode se tornar impetuoso, violento e agressivo, como mostrado na Saga de Hades, quando necessário.

Histórico

Infância e Treinamento

Aiolia nasceu na Grécia e desde pequeno, sua única família era seu irmão Aiolos. Em algum ponto, os dois foram para o Santuário, para que Aiolos fosse treinado. Aiolos tornou-se o Cavaleiro de Ouro de Sagitário, passando então a treinar Aiolia para que este também se tornasse cavaleiro.

Em 1973, cerca se cinco anos antes de Aiolia completar seu treinamento, seu irmão Aiolos traiu o Santuário e foi morto por Shura de Capricórnio. Este fato traumatizou Aiolia, fazendo-o sentir vergonha de ser parente do traidor que "tentara matar Atena".

Ele cresceu sendo subestimado pela maioria do Santuário por ser irmão de um traidor, e para provar que era melhor que Aiolos, Aiolia treinou sozinho, se tornando um cavaleiro exemplar.

Saga do Santuário

Treze anos após a morte do Cavaleiro de Sagitário, o estigma da traição de seu irmão Aiolos já não assombrava Aiolia como antigamente, que deixara sua rebeldia de lado e agora era considerado um exemplo a ser seguido por todos os Cavaleiros. Aiolia certa vez ajudou Seiya a recobrar a confiança em Marin, ganhando o respeito do futuro cavaleiro de bronze.

Após a morte de dez Cavaleiros de Prata (como revelado por Saga), Aiolia é enviado ao Japão para recuperar a Armadura de Sagitário, matar a jovem Saori Kido e os renegados Cavaleiros de Bronze que a protegiam. Chegando ao Japão, Aiolia ataca Seiya, que se recuperava em um hospital, e Shaina de Ofiúco, que tentava matar Seiya, mas decidiu protegê-lo do Cavaleiro de Ouro, pulando na frente de seu ataque. Após quase matar Shaina acidentalmente, Aiolia decide salvá-la e deixar Seiya viver, mas os Cavaleiros de Prata Algethi de Hércules, Dio de Mosca e Sirius de Cão Maior – que haviam sido mandados pelo Grande Mestre para vigiar Aiolia – decidem matar Seiya como vingança por ele ter matado Misty de Lagarto e outros de seus companheiros.

Quando Seiya está à beira da morte, a Armadura de Sagitário cobre seu corpo, possibilitando a ele matar os três Cavaleiros de Prata sem dificuldade, fazendo com que Aiolia mude de ideia sobre deixá-lo viver. Após um breve combate, Aiolia derruba Seiya com a sua “Cápsula do Poder” e prepara-se para finalizar o mesmo, mas Saori aparece, contando ao Leão a verdadeira história por trás da traição de Aiolos e afirmando ser a reencarnação de Atena. Aiolia pede por provas, dizendo que se ela fosse mesmo uma deusa, não teria problemas em deter seu golpe e Saori diz para o Leão atacá-la, afirmando que deterá seu ataque.

Aiolia lança então a sua “Cápsula do Poder” contra a jovem, mas é detido por Seiya, que alcança a velocidade da luz para refletir a energia contra Aiolia. Após levar uma bronca do espírito de seu irmão, Aiolia deixa o Japão e parte para o Santuário, levando com ele Shaina, preparado para confrontar o Grande Mestre.

De volta ao Santuário, Aiolia dirigiu-se até a sala do Grande Mestre, que estava conversando com Shaka de Virgem quando o Leão entrou e exigiu que o mestre lhe contasse a verdade sobre Aiolos. O Grande Mestre percebe a traição de Aiolia e ordena a Shaka que o mate, iniciando um combate mental entre os dois Cavaleiros de Ouro, com potencial de desencadear uma Guerra de Mil Dias.

Após o choque entre a “Cápsula do Poder” de Aiolia e a “Rendição Divina” de Shaka, os dois Cavaleiros são jogados longe, colidindo com as paredes da sala do Grande Mestre. Aiolia rapidamente se levanta, mas é atingido pelo “Satã Imperial” do Grande Mestre, que transforma o Leão em seu escravo, terminando a luta.

Na Casa de Leão, Aiolia luta contra Seiya, que consegue, com a ajuda do cosmo de Marin, ver os golpes na velocidade da luz de Aiolia e acertar um chute no mesmo, desencadeando o efeito do “Satã Imperial”, transformando o Leão em um demônio sedento por sangue, que massacra Seiya, quebrando sua perna e fazendo-o sofrer enquanto o mata lentamente.

Quando Aiolia prepara seu ataque final, Cassios aparece na Casa de Leão, fingindo querer matar Seiya, mas atacando Aiolia, que para seu punho sem dificuldade. Cassius contra-ataca com seu grande corpo, agarrando Aiolia, imobilizando o Leão para que Pégaso pudesse fugir, contando-lhe que estava fazendo aquilo por Shaina. Aiolia usa seu “Relâmpago de Plasma” para matar Cassius, o que enraivece Seiya, possibilitando a ele atingir a velocidade da luz e derrubar Aiolia, que volta a si após ver o corpo do soldado. Pouco tempo depois, Aiolia conta então a Seiya, Shun e Shiryu sobre o homem mais próximo de deus, Shaka de Virgem, e deixa os cavaleiros passarem por sua casa.

Quando Saori se recupera da flecha dourada graças aos esforços de Seiya, Aiolia, junto com os cavaleiros de bronze e os demais cavaleiros de ouro sobreviventes, a acompanha até a Estátua de Atena. Quando Atena chega onde Seiya e Saga estão, o Cavaleiro de Ouro se suicida enfiando sua mão contra o seu coração, na intenção de pagar pelos pecados do seu lado maligno com o suicídio.

Após o fim da Batalha das 12 Casas e a derrota do Mestre Ares, Aiolia e os outros Cavaleiros de Ouro sobreviventes doam seu sangue para a restauração das Armaduras dos cinco Cavaleiros de Bronze, em sinal de gratidão pelos mesmos terem salvo Atena. Aiolia doa seu sangue para a Armadura de Pégaso de Seiya.

Saga de Poseidon

Quando Saori é raptada por um Marina, ela é salva por Aiolia, que derrota facilmente o Marina com seu “Relâmpago de Plasma”.

Posteriormente, durante a batalha no Templo Submarino, Aiolia conversa com Mu, dizendo que partirá para os domínios de Poseidon para ajudar os Cavaleiros de Bronze e Atena, cujo cosmo estava diminuindo gradativamente. Mu diz a Aiolia que, por ordem do Mestre Ancião (que havia sentido o despertar de Hades), todos os Cavaleiros de Ouro deveriam permanecer no Santuário e se preparar para a batalha que estava por vir. Quando Aiolia recusa-se a apenas assistir, Mu o avisa que o matará se ele tentar sair do Santuário. Os dois Cavaleiros estavam prestes a iniciar o combate quando as Armaduras de Ouro de Sagitário e Aquário saem do Santuário e voam na direção do Templo Submarino, o que acalma o Cavaleiro de Leão.

Saga de Hades

Inicialmente, Aiolia aparece em sua Casa Zodiacal, esperando a chegada dos Espectros de Hades. Ele se assusta com o grande poder de uma grande rajada de cosmo criada por Saga (que batalhava, a distância, contra Shaka). A rajada de cosmo sai da Casa de Câncer em direção a Casa de Virgem. Aiolia diz que a essa distância provavelmente a Casa de Virgem seria despedaçada, o que preocupa o Leão. Shaka consegue se defender do ataque com o seu escudo protetor, chamado de “Kahn”, porém a sua Casa Zodiacal é parcialmente destruída pela rajada. Após Shaka devolver o golpe com sua “Rendição Divina”, o cosmo de Saga, Camus e Shura desaparece, o que acalma Aiolia, que permanece na Casa de Leão, na intenção de deter qualquer invasor.

Pouco tempo depois, ainda na Casa de Leão, Aiolia é atacado por diversos espectros, enviados pelo Juiz do inferno, Radamanthys de Wyvern, para invadirem o Santuário. Giganto de Ciclope, que liderava o grupo de espectros, questiona Aiolia sobre o que aconteceu com Saga, Camus e Shura. Aiolia diz que não sabe de nada, mas que não deixará nenhum inimigo passar pela Casa de Leão, não importando quem fosse. E como prova disso, acaba matando cinco espectros com apenas um golpe.

Raimi de Verme usa sua técnica para imobilizar Aiolia enquanto os espectros restantes passam pela Casa de Leão, mas é rapidamente morto pelo “Relâmpago de Plasma” do Leão Dourado. Aiolia havia notado três cosmos conhecidos entre os espectros que se dirigiam à Casa de Virgem, e segue os inimigos, temendo pela vida de Shaka. Ao chegar à morada de Shaka, Aiolia encontra Mu parado na porta do Jardim das Árvores Gêmeas, que é dito ser o único lugar onde Buda poderia morrer. Aiolia quer ajudar Shaka, mas Mu o impede dizendo que Shaka não quer a interferência de ninguém.

Uma explosão é ouvida e o cosmo de Shaka desaparece completamente. Aiolia chora ao descobrir que Shaka foi morto por uma técnica proibida e jura vingança. Após alguns minutos, a porta do jardim se abre, e Saga, Shura e Camus (que haviam usado a "Exclamação de Atena" para aniquilar Shaka) revelam-se. Aiolia instantaneamente ataca os três, porém quando Aiolia foi atacá-los com sua “Cápsula do Poder”, é detido por Mu, que tenta convencer Aiolia que matá-los é inútil. Descordando de Mu, Aiolia volta a atacá-los (no anime, o golpe foi trocado por apenas um soco), mas Saga detêm seu “Relâmpago de Plasma”, dizendo que "adoraria deixar que Aiolia se vingasse pelo Shaka, mas que os três tinham que chegar até Atena o mais rápido possível". Após isso, Milo chega na Casa de Virgem para castigar os Cavaleiros renegados, porém o Escorpião é atacado pela “Explosão Galáctica” de Saga.

Saga, Shura e Camus levantam-se novamente e preparam uma segunda “Exclamação de Atena”, enquanto Aiolia, Mu e Milo fazem o mesmo. Áries explica para os cavaleiros de bronze ali presentes que a colisão entre duas "Exclamações de Atena" não apenas dobraria seu poder de destruição, mas o faria crescer indefinidamente e, portanto, destruiria completamente as doze casas, senão todo o Santuário. Saga diz que isso só faria o trabalho de matar Atena mais fácil para eles. Os seis Cavaleiros de Ouro se posicionam e as duas Exclamações de Atena são lançadas uma contra a outra, causando um grande choque de energia capaz de ser vista a longas distâncias. Kanon observa a batalha da Sala do Mestre, junto de Atena. Shion e Dohko também percebem que a técnica proibida por Atena foi lançada novamente, e temem pela destruição total do Santuário.

Após a colisão entre os golpes, a energia dos ataques fica equilibrada no ar e é agarrada por Seiya, Shiryu, Hyoga e Shun (No mangá, apenas Shiryu está presente), que dissipa uma grande parte da mesma, explodindo o restante, o que causa o colapso da Casa de Virgem. Atena ordena a Aiolia, Mu e Milo que levem os Cavaleiros renegados até ela. No entanto, os Cavaleiros renegados não conseguem andar e por isso são carregados pelos Cavaleiros de Ouro. No caminho, Shura, que estava sendo carregado por Aiolia, tenta falar com o Leão a respeito de Aiolos, mas o Leão não escuta, ignorando-o. Quando os cavaleiros chegam até Atena, ela coloca a Adaga Dourada nas mãos de Saga e com ela, Saori se suicida. Aparentemente, o "Trio das Lamentações" faz as pazes com Aiolia, Mu e Milo e contam sobre o verdadeiro motivo das mortes de Shaka e Atena, e que todos os Cavaleiros renegados queriam apenas avisar a deusa de que somente com a sua Armadura poderá derrotar Hades, o Imperador do Inferno, definitivamente.

Após a morte de Atena, Aiolia, Milo e Mu, partem para o Castelo de Hades com a intenção de chegarem ao Meikai, mas são impedidos por Radamanthys de Wyvern, um dos três Juízes do inferno, que os provoca, dizendo que sente pena dos Cavaleiros de Atena por serem tão fracos. Irritados, os Cavaleiros de Ouro resolvem enfrentá-lo, porém, seus golpes “Relâmpago de Plasma”, “Agulha Escarlate” e “Extinção Estelar” não surtem nenhum efeito no espectro, devido a barreira de proteção do castelo que limita o poder dos Cavaleiros de Ouro a 10%. Radamanthys revida derrubando-os facilmente com rajadas de cosmo e destruindo a “Muralha de Cristal” de Mu. Aiolia percebe então que essa é a verdadeira força dos espectros e diz que eles não podem deixar Atena ir sozinha ao Mundo dos Mortos.

Apesar de estar em desvantagem, Aiolia se levanta para enfrentar o Juiz, elevando seu cosmo ao máximo, mas seus golpes na velocidade da luz não surtem efeito e Radamanthys o lança do precipício que dá diretamente no inferno de gelo, Cocyto, mas o Leão é salvo pelas Correntes de Andrômeda do Shun. Seiya, Shiryu e Hyoga também chegam a interferir na batalha, mas mesmo podendo usar todos os seus poderes (devido ao sangue de Atena em suas armaduras), os jovens Cavaleiros de Bronze não são páreos para Radamanthys.

Aiolia, que já estava sem forças após proteger Shun de uma forte rajada de cosmo lançada por Radamanthys, diz que os Cavaleiros de Bronze não deveriam interferir na luta deles. Mu e Milo completam dizendo que os Cavaleiros de Bronze deviam seguir em frente para ajudar Saga, Camus e Shura que se encontravam na parte de dentro do Castelo. Os Cavaleiros de Bronze se despedem dos Cavaleiros de Ouro e entram no Castelo. Radamanthys então, derrota definitivamente Aiolia, Mu e Milo com a sua “Destruição Máxima” e os envia para o Cocyto, lugar para onde vão todos aqueles que se rebelam contra os deuses.

Após sentirem o cosmo de Atena, Aiolia, Mu e Milo se recuperam e derrotam os espectros presentes em Cocyto, dirigindo-se a Giudecca logo em seguida, onde, junto com Dohko e Shaka, tentam derrubar o Muro das Lamentações utilizando as armas da Armadura de Libra, mas as mesmas acabam em pedaços, pois somente raios do próprio sol poderiam destruir a parede. Os cinco Cavaleiros de Ouro ficam decepcionados ao verem que nem sequer arranharam o muro e acham que já não há mais nada que se possa fazer. Seiya descorda e diz que tem certeza de que o Muro das Lamentações pode ser destruído com o poder das armaduras de ouro e relembra que as mesmas já conseguiram destruir até mesmo o Pilar principal do Templo de Poseidon.

Dohko menciona uma técnica que pode ser usada para gerar tais raios, mas precisaria do poder dos doze Cavaleiros de Ouro. Neste momento as sete Armaduras de Ouro dos Cavaleiros mortos materializam-se em frente ao muro, onde Aldebaran, Saga, Máscara da Morte, Aiolos, Shura, Camus e Afrodite aparecem e atendem ao chamado de Atena, sacrificando suas vidas junto com as dos outros cinco Cavaleiros de Ouro para usar a tal técnica e abrir um buraco no Muro das Lamentações, pelo qual Seiya, Shiryu, Shun e Hyoga, protegidos pelo sangue de Atena, e Ikki, protegido pelo bracelete de Pandora atravessam para chegarem aos Campos Elíseos. Antes de morrer, Aiolia se reencontra com Aiolos pela primeira vez, depois de 13 anos. O Cavaleiro de Sagitário diz estar orgulhoso pelo Leão ter lutado bravamente em nome de Atena, fazendo Aiolia se emocionar. Logo após, Aiolia se despede de Seiya e diz que deixará o resto da missão por conta do Cavaleiro de Pégaso.

Outras Aparições

Filmes

Os Guerreiros do Armagedom

Aioria sendo atacado.png

Aiolia sendo atacado pelos Anjos da Morte.

No filme Os Guerreiros do Armagedom, Aiolia é derrotado facilmente pelos Anjos da Morte enquanto guardava a sua Casa |odiacal. Ele reaparece no final, doando seu cosmo para Seiya salvar Atena.

Prólogo do Céu

No filme Prólogo do Céu, Aiolia, assim como os demais Cavaleiros de Ouro, tem sua alma selada pelos deuses como castigo por ter se rebelado contra os deuses, podendo apenas observar os Cavaleiros de Bronze fazerem milagres, derrotando os Cavaleiros Celestiais.

Legend of Sanctuary

Artigo principal: Aiolia de Leão (Legend of Sanctuary)
LolLeo.png

Aiolia de Leão em Saint Seiya Legend of Sanctuary

Aiolia de Leão está presente no filme em Computação gráfica de Saint Seiya. O Personagem é também fiel ao anime com a mudança de poucos detalhes tanto no físico como em sua armadura.

Séries

Episódio G

Artigo principal: Aiolia de Leão (Episode G)

No episódio G, é mostrado que Aiolia era cavaleiro de ouro antes da morte de seu irmão e já havia criado a técnica “Explosão de Fótons”, a qual causou o espanto de Aiolos, porém, acaba tendo a técnica proibida por seu irmão. Aiolia ainda não possuía o sétimo sentido (o qual só desperta na luta contra Céos no Tártaro, porém, mesmo assim, graças ao poder dos raios que possuía já era tão poderoso quanto um Cavaleiro de Ouro).

Saintia Sho

Artigo principal: Aiolia de Leão (Saintia Sho)

Soul of Gold

Artigo principal: Aiolia de Leão (Soul of Gold)

Jogos

Aiolia de Leão também aparece em vários jogos da franquia como personagem jogável: Saint Seiya - The Sanctuary, Saint Seiya - The Hades, Saint Seiya Senki, Saint Seiya: Bravos Soldados e Saint Seiya: Alma dos Soldados.

Habilidades de Luta

É o cavaleiro que usa as técnicas mais tradicionais dos Cavaleiros de Atena. Basicamente são golpes de punho, mas o soco à velocidade máxima da luz é um golpe mortal.[1]

Além da capacidade ofensiva, o cosmo de Aiolia possui também poderes de cura (visto quando ele curou a perna fraturada de Seiya, após lutar contra ele na Batalha das Doze Casas).

Técnicas Especiais

Cápsula do Poder.gif Cápsula do Poder
(Lightning Bolt)
Aiolia golpeia o ar com o punho numa velocidade extremamente rápida para romper a atmosfera e criar um vácuo, para disparar uma potente esfera de energia de grande alcance na velocidade da luz. A esfera é puramente formada de cosmo, com grande poder destrutivo, que se move na velocidade luz e explode ao entrar em contato com o alvo.
Relâmpago de Plasma.gif Relâmpago de Plasma
(Lightning Plasma)
Aiolia concentra seu cosmo em seu punho e golpeia com ele, enviando milhões de golpes na velocidade da luz, que se entrecruzam e atacam o alvo em todas as direções, deixando rastros de luz.

Curiosidades

  • Aparentemente, o Mestre Ares enviaria Milo de Escorpião para recuperar a Armadura de Sagitário e matar a jovem Saori Kido. Porém, quando Aiolia se ofereceu, o Mestre resolveu enviá-lo na missão ao invés de Milo, pois queria descobrir se o Cavaleiro de Leão realmente estava do seu lado. Desconfiado, o mestre enviou três Cavaleiros de Prata para vigiar Aiolia, que acabaram sendo derrotados por Seiya de Pégaso enquanto o mesmo vestia a Armadura de Ouro de Sagitário (emprestada por Aiolos).
  • Na Série Clássica, Aiolia nunca demonstrou nenhum sentimento de ódio ou vingança contra Shura de Capricórnio, mesmo sabendo que foi o Cavaleiro de Capricórnio que assassinou o seu irmão e mestre Aiolos de Sagitário. Aiolia e Shura só possuem um diálogo na Série Clássica (durante a Saga de Hades). Enquanto que no Episódio G, Aiolia tenta ajudar Shura na luta contra Créos e depois acaba salvo pelo capricorniano, na luta contra Têmis.
  • Apesar das divergências, Aiolia tem uma grande amizade com Mu de Áries.
Shina Beam Disgaea 4.gif

Shine Beam em Disgaea 4.

  • O golpe "Shine Beam" do personagem Mao, da série Disgaea, foi inspirado no "Relâmpago de Plasma" de Aiolia. Em Disgaea 4, ele inclusive materializa o elmo da Armadura de Leão durante a execução.
  • Na sua luta contra Radamanthys de Wyvern, mesmo estando dentro da barreira de proteção do Castelo de Hades (que reduz o poder dos Cavaleiros de Ouro a 10%), Aiolia conseguiu jogar Radamanthys contra a parede logo de princípio, em uma variação "reduzida" do “Relâmpago de Plasma”, surpreendendo o espectro. Porém, essa foi a única vez que Aiolia conseguiu atingir o Juiz do inferno, sendo seus ataques futuros inúteis, mesmo elevando seu cosmo ao extremo e lançando golpes na velocidade da luz.
  • No anime clássico, o golpe “Relâmpago de Plasma” é representado como uma esfera de energia e matéria no estado de plasma que envolve o corpo do inimigo. Isso se deve ao fato de, durante as Sagas do Santuário, Asgard e Poseidon, os golpes na velocidade da luz de inúmeros personagens serem representados como feixes de luz. Nos OVAs de Hades e nas animações posteriores, o golpe é representado como no mangá, e nenhum outro personagem usa golpes com feixes de luz. Na Saga de Hades, Aiolia conseguiu jogar Radamanthys para longe em uma versão "reduzida" do golpe (Devido a barreira de proteção do Castelo de Hades). No Episódio G, este golpe vem encoberto por energia elétrica.
  • Aiolia e Milo também parecem ser bem próximos, principalmente nas imagens oficiais de saint seiya; Eles estão perto um do outro na maioria delas.

Trajes

Armadura de Leão
Antecessor
Kaiser
Sucessor
Ikki


Outras Versões

Aiolia (Episódio G).png
Episode G
Aiolia (Legend of Sanctuary).png
Legend of Sanctuary
Aiolia (Saintia Sho).png
Saintia Sho
Aiolia (Soul of Gold).png
Soul of Gold

Referências

  1. Enciclopédia Cavaleiros do Zodíaco

Navegação

Cavaleiros de Atena
Deus
Grandes Mestres
Cavaleiros e Amazonas de Ouro
Cavaleiros e Amazonas de Prata
Cavaleiros e Amazonas de Bronze
Cavaleiros e Amazonas de Patente Desconhecida
Cavaleiros e Amazonas de Aço
Cavaleiros e Amazonas sem Constelação
Soldados, Aprendizes e Subordinados

Mais da comunidade Wikia

Wiki aleatória