Fandom

Saint Seya Wiki

Asclépio de Ofiúco

2 316 pages em
Este wiki
Adicione uma página
Comentários5 Compartilhar

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.


Asclépio de Ofiúco (蛇遣い星座のアスクレピオス, Ofyukusu no Asukurepiosu?) fora um Cavaleiro lendário de status mítico que seria reverenciado como um Deus em todo o Santuário de Atena. No entanto, devido a sua ambição em realmente querer se tornar uma divindade, os deuses o mataram e apagaram todos os vestígios de sua existência. Entretanto, durante a Guerra Santa de Atena contra Hades no Século XVIII, fora proclamado por suas emissárias que ele ressurgiria em Odisseu afim de obter a lealdade dos Cavaleiros de Ouro para dar inicio a sua vingança.

EtimologiaEditar

Asclépio (em grego: Ἀσκληπιός, transl. Asklēpiós) era um semideus, filho do deus Apolo e a mortal Corônis. Ele desenvolveu tal habilidade na medicina, que foi dito que poderia ser capaz até mesmo de ressuscitar os mortos. Muito ofendido por isso, Hades pediu a Zeus para matá-lo por violar a ordem natural das coisas, algo que o Senhor do Olimpo concordou. No entanto, como um tributo a sua pena, ele decidiu a colocá-lo no céu, rodeado por sua serpente, símbolo da vida renovada que teria como o Deus da Medicina (e que também dá origem ao mito da constelação de Ofiúco).

CaracterísticasEditar

PersonalidadeEditar

De acordo com Shijima de Virgem e Cardinale de Peixes, Asclépio foi outrora verdadeiramente a pessoa mais bondosa, benevolente, sábia e heróica dentre todos os Cavaleiros de Ouro. Seus atos também eram vistos como os mais sublimes do que qualquer coisa e por causa de seu poder se capaz de curar todos os feridos que as pessoas em todo o Santuário o veneravam como um deus. No entanto, devido a ter em mãos todo esse poder e veneração, o Cavaleiro de Serpentário acabou desenvolvendo um complexo de deus, acreditando que era seu direito se elevar acima de seu estado humano a fim de se tornar realmente um deus maior, o que o fez cair na arrogância. Isso, em ultima analise, fez com que os deuses, em sua ira, apagassem sua existência do conhecimento de todos.

AparênciaEditar

Embora sua aparência geral ainda tenha que ser vista devido sua armadura lhe cobrir quase totalmente, quando estava sem ela, Asclépio era um homem de pele branca que usava um longo manto branco com mangas e capuz que lhe escondia toda sua face.

HistóricoEditar

PassadoEditar

Gold Saint Ofiuco.png

Os feitos de Asclépio

Durante a era mitológica, Asclépio, que protegia a Casa de Ofiúco no Santuário de Atena, seria o mais exaltado dentre os treze Cavaleiros de Ouro. Por causa de suas ações, após alcançar um poder equiparado ao divino e ter ganho a capacidade de curar as pessoas, desde as doentes quanto feridas, ele passou a ser adorado e venerado como um deus. No entanto, com o passar do tempo, a veneração empregada a ele em última análise, o levou a arrogância em acreditar que realmente deveria se tornar uma divindade.

Devido a tal atitude que ameaçava por em cheque a lealdade dos Cavaleiros para com Atena e até mesmo causar a destruição de todo o Santuário acabou provocando a ira dos deuses, que não só o expulsaram de lá como também apagaram todos os vestígios de sua existência e selaram nas ruínas de sua Casa. De acordo com Shijima e Cardinale, Asclépio foi dado como morto desde aquela época.

Século XVIII: RessurreiçãoEditar

Serpentario Lenda--fair--.png

A lenda de Asclépio

Durante a Guerra Santa contra Hades, após Suikyo de Garuda ser salvo na Casa de Virgem por Atena, ele fora teletransportado para o Jardim das Arvores Sala Gêmeas, onde tem uma visão em que havia duas pétalas escritas com seu próprio sangue formavam o numero "13", a qual Shijima fica surpreendido por ser o lendário número.

Tempos depois, várias serpentes (que é um sinal da sua ressurreição) começam a aparecer em todo Santuário e ficam envolvidas em vários eventos:

  • Quando Dohko de Libra ia atacar Tenma de Pégaso e Shun de Andrômeda, uma serpente interrompeu sua ação.
  • Uma das serpentes atacou Ikki de Fênix no braço de sua armadura, mas acabou sendo facilmente morta. Nesta ocasião, Contador da Morte de Câncer, cheio de medo, o repreendeu, já que elas são vistas como um simbolo de alto respeito no Santuário.
  • Uma serpente mais clara aparece diante de Shion de Áries como um enviado e pede ao Cavaleiro para levá-lo para a cabeça de Atena, revelando também que Asclépio ira ressurgir em Odisseu, contando também os feitos do último.
  • As ruínas de seu templo se reestruturam dando forma novamente a Casa de Ofiúco. Isso acaba gerando uma série de eventos cataclísmicos no universo, incluindo um terremoto que abala todo o Santuário.
  • A serpente Samael é responsável por picar Atena, Shijima e Cardinale e diz que a cura só pode ser obtida com o 13° Cavaleiro de Ouro em sua respectiva casa caso queira sobreviver. Durante o acontecimento, elas também são responsáveis pela aparente morte do Cavaleiro de Peixes, que se sacrifica para dar cobertura a fuga de seus aliados.
  • Outras serpentes também invadem as Casas de Aquário e de Capricórnio, sendo mortas por Izo e Mystoria respectivamente.

Século XXEditar

Quando Shina de Cobra estava investigando os arredores entre a Casa de Escorpião e Sagitário, ela descobre as ruínas da Casa de Ofiúco.

LegadoEditar

Casa de Ofiuco--fair--.png

As ruínas da casa Ofiúco

Conforme o tempo se passou e apesar dos deuses terem apagados todos os vestígios de sua vida, Asclépio ainda seria lembrado como uma lenda que jamais existiu, dado que não havia nenhuma pessoa (exceto Atena) que podia dar crédito a sua possível existência, mesmo seu nome real acabara sendo esquecido. Todavia, as consequência de suas ações causaram a sua constelação ser rebaixada de Ouro a Prata, bem como seu templo fora destruído e deixado em ruínas.

Entretanto apesar de seu status mítico, sua lenda fez com que seu signo, o "décimo terceiro", fosse amaldiçoado como aquele que traria o fim do mundo para a terra, sendo que muito passaram a associar o numero "13" como se fosse seu verdadeiro nome.

Devido sua associação com o Cavaleiro de Ofiúco, as cobras passaram a ser altamente respeitadas e até temidas no Santuário até (pelo menos) a Guerra Santa contra Hades no século XVI.


HabilidadesEditar

Como aquele cujo o poder foi dito ser equiparado ao próprios deuses, chegando a ameaçar até mesmo a liderança de Atena no Santuário perante os Cavaleiros de Ouro, Asclépio, apesar de não se saber sobre todas as suas habilidades, é amplamente aceito como sendo a figura mais poderosa e lendária que já surgira em toda a historia do Exercito de Atena. Ele era reverenciado como um deus entre os mortais por seus poderes, obtendo assim um grande número de seguidores, como homens e mulheres em toda Grécia. Da mesma forma, como afirmado por Shijima, o poder de Asclépio fora tão aterrador e esmagador que era potente o suficiente para trazer o desespero total e destruição para o mundo, sendo esta a provável razão que fizeram os deuses apagá-lo da existência. Contudo, seu poder foi mais tarde demonstrado ser capaz de transcender o próprio tempo, tornando-se capaz de continuar a observar o mundo e anunciar sua ressurreição após sua aparente morte.

CapacidadesEditar

  • Utilização do Cosmo: Sendo um Cavaleiro de Atena , Asclépio utiliza o cosmo como sua fonte de energia e por ser um de Ouro, ele detêm o controle maior que os demais.
  • Asclépio poder medicinal.png

    Poder medicinal de Asclépio

    Onipotência Medicinal: Em seu único caso, Asclépio detinha a capacidade de restaurar os feridos a sua plena saúde quase instantaneamente, o que o fez ser visto e adorado como um deus. Ele também poderia curar instantaneamente quase qualquer ferida em um ritmo mais rápido do que até mesmo de outros deuses.
  • Domínio do Sétimo Sentido: Como um Cavaleiros de Ouro, ele possui o domínio completo do Cosmo, dando-lhe força sobre-humana e habilidades superiores às dos Cavaleiros de Prata .
  • Estilo de Luta: Embora até o presente momento não tenha sido visto lutando, Asclépio presumidamente tem acesso a todas as habilidades comuns a sua patente, podendo lançar rajadas de cosmo e se mover na velocidade da luz. Em seu caso em especifico, fora dito que o poder de suas rajadas de cosmo eram capazes de destruir as armaduras de ouro por completo e que detinha o conhecimento de todas as técnicas de seus colegas Cavaleiros de Ouro.[1]
  • Controle Ofídio: Asclépio também é capaz de criar e usar serpentes como servas e armas, usando-as para contatar Shion e Dohko, espionar locais e para atacar Atena, Shijima e Cardinale. Caso alguém fosse envenenado, apenas Odisseu poderia curar o veneno e evitar a morte do afligido.
  • Cetro: Asclépio é visto empunhando um grande cetro, cujo seu uso é desconhecido, embora seja presumido que ele o utilizava para curar as pessoas.

CuriosidadesEditar

  • Serpentario arte conceitual--wiki--.png

    Esboço da arte conceitual do Cavaleiro de Ofiúco

    O esboço da aparência de Asclépio foi revelado por Yukimasa Shijoh, animador veterano que já trabalhou em alguns projetos da Toei Animation. Nele é visto que o cavaleiro tem olhos penetrantes e frios iguais aos das serpentes.
  • Asclépio além de seu baseamento mitológico, ele parece também ter conexão com o conceito religioso:
    • Seus feitos em vida curando as pessoas de suas aflições, doenças e ferimentos, bem como ser adorado como um deus por elas e sua ameaça de derrubar a ordem hierárquica existente são semelhantes aos atos de Jesus Cristo, o Messias, pois ambos foram punidos por suas "heresias" , sendo Jesus crucificado e o Cavaleiro expulso do Santuário. Também, assim como Cristo ressurgiu dos mortos, o Cavaleiro esta prestes a fazer o mesmo.
    • A historia de Asclépio também tem um paralelo com a de Lúcifer. Desde que sua arrogância o levou a ser expulso pelos deuses como Lúcifer, que foi expulso do céu por se rebelar contra Deus.
  • Sua existência como o décimo terceiro Cavaleiro de Ouro não é só apenas uma invenção de Kurumada, pois há alguns anos, a constelação de Ofiúco foi oficialmente adicionado ao Calendário do Zodíaco Ocidental. Quando Kurumada criou o conceito do personagem no inicio da série, este signo ainda era apenas visto como uma constelação.
    Screenshot 2015-09-09-11-20-15.jpg

    Asclépio em jogo chinês provavelmente licenciado dos cavaleiros do zodíaco

  • Um possível poder de Asclépio é que parece que ele tem algum tipo de controle mental sobre os outros Cavaleiros sob a Constelação de Ofiúco, porque enquanto Marin de Águia e Shina de Cobra estavam cuidando de Seiya, Shina atacou sua companheira em um estado de transe. No entanto, isso deixa alguma intriga, como qual seria razão que este Cavaleiro queria ferir Marin ou talvez até Seiya. Outra coisa poderia ser uma hipótese que Shina é a encarnação do dito cavaleiro, mas isso não é confirmado.
  • Asclépio está disponível em um jogo chinês dos Cavaleiros do Zodíaco (聖鬥士2 大型回合制戰鬥手遊 - sistema Android), onde ele tem basicamente golpes e poderes relacionados a cura.

Referências Bibliográficas e Notas Editar

  1. Entrevista de Kuramada

NavegaçãoEditar

Cavaleiros de Atena
Deus
Grandes Mestres
Cavaleiros e Amazonas de Ouro
Cavaleiros e Amazonas de Prata
Cavaleiros e Amazonas de Bronze
Cavaleiros e Amazonas de Patente Desconhecida
Cavaleiros e Amazonas de Aço
Cavaleiros e Amazonas sem Constelação
Soldados, Aprendizes e Subordinados
Divindades
Deuses Primordiais
(Episódio G)
Urano (o Céu) • Pontos (o Mar) • Érebo (a Escuridão) • Eros (o Amor) • Gaia (a Terra)
Deuses Olímpicos ZeusPoseidonHadesAtenaApoloÁrtemisAresHermesAfrodite
Clã dos Titãs
(Episódio G)
CronosHyperionCéosIapetoCréosOceanoRéiaTêmisMnemôsineTéiaTétisFebePrometeu
Clã dos Gigas
(Episódio G)
LyaxPhloxAnemosBronteSpateZugilosHoplismaDrakonThêr
Deuses dos Sonhos
(The Lost Canvas)
OneirosMorfeuFântasoÍceloFobetor
Panteão Egípcio
(Episódio G)
AnubisApófis
Panteão Celta
(The Lost Canvas)
LugBalorEthlinn
Panteão Asteca
(The Lost Canvas)
TezcalipocaQuetzalcóatl
Panteão Romano MarteSaturnoDianaVulcanoBacoRomuloCupidoPlutão
Panteão Nordico OdinLoki
Outras Divindades TártaroCaosChronosKairosHypnosPallasThanatosDeimosFobosTifãoAbelNikéÉrisDeusEuríbiaPerséfoneApsu
Semideuses e portadores de Ikhor KardiaTenmaDohkoRadamanthysEdenShura (G) • Sigurd
Pseudodeuses AriaCavaleiro de OfiúcoFeiyanSagaBalder

Mais da comunidade Wikia

Wiki aleatória