FANDOM


Alma quente escondida atrás do frio eterno!!

Enciclopédia Oficial.

Camus de Aquário (水瓶座アクエリアスのカミュ Akueriasu no Kamyu?) é o Cavaleiro de Ouro que protege a Casa de Aquário no Santuário. No mangá, Treinou o pequeno Hyoga durante seis anos nas geladas terras do leste da Sibéria. foi obrigado a lutar contra Hyoga no Santuário. No anime, Camus treinou o Cavaleiro de Cristal, que por sua vez foi o mestre de Hyoga.

Camus é um cavaleiro justo, porém leal ao Santuário, com um profundo conhecimento sobre os cavaleiros e as ocorrências. Apesar de suspeitar da maldade do mestre, sempre adotou uma postura neutra, não tomando partido quando da traição de Hyoga ou da dominação satânica do Cavaleiro de Cristal. Essa neutralidade não constitui medo, mas sim prudência, pois Camus é um cavaleiro prático, que reconhece a força e o cosmo como fatores decisivos numa guerra. Somente na batalha das 12 casas é que Camus se envolve diretamente, tentando despertar o 7º sentido em Hyoga, mas falhando na primeira tentativa. Em sinal de piedade, Camus opta por matar Hyoga sem dor e aprisioná-lo em seu esquife de gelo. Posteriormente, Hyoga seria libertado com a espada de Libra e revivido pelo cosmo de Shun. Em sua segunda batalha, Camus mostra seu compromisso com a justiça, deixando Seiya e Shun passarem livremente pela casa de Aquário, e só enfrentando de novo Hyoga devido à insistência deste. Camus luta de forma franca contra Hyoga, como um verdadeiro cavaleiro, mas é sobrepujado pelo seu pupilo, que atinge o ápice de suas possibilidades lutando por Atena. Camus morre e Hyoga é por pouco salvo pelo cosmo de Atena.

Posteriormente, Camus seria revivido na Saga de Hades. Junto com Shura e Saga, ele atacou Mu na casa de Áries e depois Shaka na casa de de Virgem. Seu cosmo e habilidades, porém, não puderam com o fortíssimo poder do Cavaleiro de Virgem, o qual só foi derrotado com a Exclamação de Atena.

Camus é um cavaleiro bastante poderoso, com habilidade de baixar a temperatura e lançar o Pó de Diamante com grande facilidade. A "Execução Aurora" é o seu golpe secreto mais poderoso, que emite um frio próximo ao zero absoluto, e foi herdado por Hyoga.

Origem do nome

Homenagem a Albert Camus, escritor e filósofo francês (país que nasceu Camus no anime) nascido na Argélia. Baseou os ensinamentos e a personalidade do Cavaleiro de Aquário na filosofia de Albert Camus.

Características

Aparência

Camus é um homem alto de construção muscular, seus cabelos são de cor azul-turquesa longos, que chegam até sua cintura, seus olhos são de cor azul-marinho e pele clara. No mangá seus cabelos são vermelhos, assim como seus olhos, e unhas pintadas com a mesma cor.

Personalidade

Camus é o mais frio dos doze cavaleiros de ouro, mas sua frieza não é baseada em suprimir seus sentimentos, e sim no controle, já que ele acredita que os cavaleiro de ouro, como os mais forte entre os protetores de Atena, nunca devem mostrar exasperação ou medo, se não iriam jogar as pessoas em desespero. No mangá , ele revela que ele realmente sabia que o Papa não estava trabalhando sob a vontade de Atena, mas ele ainda continuou a trabalhar sob as suas ordens para cumprir o seu papel como o Cavaleiro de Aquário. Mesmo assim, ele estava contente de ver seu pupilo Hyoga lutava pela real Atena . Desde que Milo lutou contra Hyoga, ele mencionou Camus de uma forma que levou os fãs à acreditarem que eles eram amigos íntimos. Aparentemente, isto foi feito oficial desde que a animação da saga de Hades incluiu mais interação pessoal entre eles do que o mangá.

Camus nunca é visto fazendo um gesto de diligência. Durante uma batalha não se exalta, não grita, nem se esforça, sempre permanece calmo, frio e calculista.

Luta por aquilo que ele acha que é certo e está disposto a fazer qualquer coisa para defender seus ideais, como vimos na Saga de Hades, onde ele estava disposto a matar seus companheiros, se necessário, para cumprir a sua missão, e na saga do Santuário quando deixou que Seiya e Shun passassem, porque ele sabia que eles estavam certos e só não havia permitido Hyoga pois ele não estava preparado e não havia despertado o sétimo sentido. Ao custo de sua vida ele ajudou seu discípulo a conseguir encontrar o zero absoluto e herdar o seu ataque mais poderoso: Execução Aurora .

Histórico

Episode Zero

Camus de Aquário (Episode 0)

Camus de Aquário (Episode 0)

Treze anos atrás, todos os Cavaleiro de Ouro, junto ao Grande Mestre Shion, presenciam a chegada da bebê Atena em frente à estátua da Deusa. O Grande Mestre revela que a Guerra Santa contra Hades está próxima e diz para os Cavaleiros de Ouro se prepararem. Devido a sua idade avançada, Shion decide escolher seu sucessor entre os Cavaleiros de Ouro. Shura interrompe dizendo que o próximo Grande Mestre deverá ser Saga ou Aiolos, pois a benevolência, sabedoria, valentia e poder dos dois está muito acima dos demais Cavaleiros de Ouro, que são muito jovens e ainda se encontram em fase de treinamento. O Cavaleiro de Capricórnio pede desculpas por falar demais. Shion finaliza a reunião dizendo que pensa em tomar a decisão quanto antes e que quando momento chegar, seu sucessor terá o apoio de todos.

Pouco depois, Camus de Aquário, Mu de Áries, Aldebaran de Touro, Aiolia de Leão, Shaka de Virgem, Milo de Escorpião  se despedem de Aiolos e Shura, partindo para treinar novamente e se aperfeiçoar.

Treinamento de Hyoga e Isaac

Camus treinou por 6 anos Isaac e Hyoga na Sibéria para um deles obter a armadura de cisne. Quando Isaac desapareceu, Hyoga relatou ao mesmo que Camus ficará muito triste, depois desse fato Camus se dedicou ainda mais a treinar Hyoga, percebendo seu grande potencial mas não deixando suas funções como cavaleiro de ouro de lado.

Saga do Santuário

O Cavaleiro de Ouro que protege a Casa de Aquário no Santuário de Atena é consideravelmente forte, estando em um nível de cosmo acima de vários cavaleiros de ouro.

Camus encerra Hyoga no Caixão de Gelo

Camus encerra Hyoga no Esquife de Gelo

Durante a primeira investida dos Cavaleiros de Bronze ao Santuário, Camus teve a sua primeira aparição. Durante a luta de Shun e Hyoga contra Saga de Gêmeos na Casa de Gêmeos, o Cavaleiro de Cisne recebe o Outra Dimensão, e apesar dos esforços de Shun, Hyoga desaparece.

Quando recobra a consciência, Hyoga percebe que está em algum lugar do Santuário, e então aparece Camus. Hyoga acredita que está na Casa de Aquário, mas Camus lhe diz que na verdade ele está na Casa de Libra. Camus havia retirado Hyoga da Outra Dimensão com seu Cosmo.

Hyoga tenta convencer Camus das verdadeiras intenções do Grande Mestre, mas só recebe os ataques do Cavaleiro de Aquário como resposta. Camus diz ao pupilo para esquecer a mãe e focar-se apenas em ser um Cavaleiro. Para forçar um revide do cavaleiro de Cisne, Camus afunda o barco onde está a mãe de Hyoga, para uma profundidade onde Hyoga nunca mais poderia vê-la. Isso faz Hyoga atacar, mas não com força suficiente. Camus decide acabar com Hyoga, e aplica novamente a Execução Aurora. Com Hyoga desfalecido, o cavaleiro de Aquário congela-o com o Esquife de Gelo, que segundo ele diz, nenhum Cavaleiro de Ouro poderia romper.

Camus e Hyoga disparam a Execução Aurora

Camus vs Hyoga: Colisão de Execuções Auroras

Hyoga é posteriormente libertado pela Espada de Libra empunhada por Shiryu, e novamente enfrenta o Cavaleiro de Aquário, dessa vez no respectivo templo. Com a saída de Seiya e Shun, Hyoga agradece as aos ensinamentos de seu mestre com ação, utilizando o Pó de Diamante, Camus contem a técnica e contra ataca com uma rajada congelante que congela a perna esquerda de seu discípulo e o questiona sobre o Zero Absoluto, com a demora de uma resposta o ataca novamente, em seguida lhe explicando como teoricamente poderia vence-lo acaso baixasse a temperatura próxima a do Zero Absoluto, o atacando com a Execução Aurora; já virando de costas, Camus se surpreende ao ver que Hyoga ainda permanece de pé, então o Cisne o ataca com o Trovão Aurora Ataque que contém o golpe e ataca seu disciplino com um vendaval congelante; lamentando fazer Hyoga sofre resolve encarcera-lo em um novo esquife, visto que o cavaleiro que poderia liberta-lo não estava mais vivo e Hyoga dormiria em paz para todo sempre.

De repente o esquife começa a rachar e Hyoga se liberta caindo no chão desacordado, Camus surpreso começa a se questionar se Hyoga conseguiu esfriar a temperatura de seu cosmo ainda mais baixa que a do caixão. Cisne se levanta e diz que irá liquidar seu mestre atacando-o com um forte vendaval congelante a qual Aquário responde igualmente, porém um fatore o impressiona: Hyoga emitia um ara tão frio quanto o ; Camus relata o ponto de pressão das armaduras de Atena e diz que enquanto ele usar a armadura de ouro jamais o venceria dele, percebe então que Hyoga e estava inconsciente, até que o ar avança até o Cisne que desperta e devolve para o mestre, Camus cai e ao se levantar vê que sua armadura esta congelada; havia cegado o Zero Absoluto.

Camus congratula Hyoga por baixar a temperatura até o zero absoluto

Camus parabeniza Hyoga por ele ter conseguido atingir o Zero Absoluto, pouco antes de sua morte

Utilizando a Execução Aurora, Camus então se prepara para dar o golpe final em Hyoga, Porem fica surpreso ao ver que ele tentava imitar sua técnica máxima, afirma que não conseguria mais a persistência era grande e as duas técncias colidem, congelando ambos. Camus então afirma seus ideais em despertar o poder oculto de Hyoga e pede perdão por não poder salva-lo falcendo logo em seguida. O cavaleiro de Cisne, reconhece as ações de seu mestre que tinham o objetivo de o fortalecer, caindo em seguida.

Saga de Poseidon

Kasa de Lymnades usa a imagem de Camus para derrotar Hyoga

Kasa de Lymnades usa a imagem de Camus e derrota Hyoga.

Na Saga de Poseidon, o General Marina Kasa de Lymnades se transforma em Camus, mexendo com os sentimentos de Hyoga, e o derrotando. Ele também aparece nas lembranças de Hyoga criança ensinando este a como lutar feito um verdadeiro cavaleiro, na Síbéria, até ai substituindo o cavaleiro de cristal, ele diz a Hyoga que ele tem que ser firme e forte como as paredes de gelo da Sibéria ou ele fracassaria como cavaleiro. Camus ainda seria lembrado por Hyoga na luta contra Isaac, e em seguida sua alma censura as atitudes de seu ex-discípulo. Posteriormente envia sua armadura de Aquário para Hyoga na luta contra Poseidon. No final da guerra santa com a vitória de Atena, sua alma volta a reaparecer aos seus companheiros vivos, comemorando junto as almas de Saga, Shura e Aioros


Saga de Hades

Camus vs Mu

Camus entra em combate corpora com Mu

Camus é revivido por Hades, o deus que comando o Submundo, surgindo ao lado de Saga de Gêmeos e Shura de Capricórnio na casa de Áries, comandados por Shion de Áries, antigo grande mestre do santuário, com o intuito de matar Atena. Mu de Áries impõe resistência, mas seu poder é insuficiente. Com Saga prestes a dar o golpe final á Mu, Shion interrompe, ordenando a Saga, Shura e Camus que se apresassem em atravessar as Doze Casas e tomar a cabeça de Atena.
Camus e Shura presos no Labirinto de Gêmeos

Camus e Shura presos no Labirinto de Gêmeos

Na Casa de Gêmeos, Camus, Saga e Shura deparam-se com um novo Cavaleiro de Gêmeos. Camus chega a perguntar a Saga se ele sabia quem seria aquele que usava a Armadura de Gêmeos que já lhe pertenceu. Saga não responde, apenas diz que o Cosmo daquele homem era de alguém conhecido. Saga fica para combater, dispensando Camus e Shura que acabam presos no Labirinto de Gêmeos sem perceberem - uma das ilusões criadas por Kanon de Gêmeos. Eventualmente as ilusões terminam e Camus, Shura e Saga deixam a Casa de Gêmeos.

Na Casa de Câncer, o trio se vê novamente preso em uma ilusão, dessa vez criada por Shaka de Virgem. Novamente é Saga quem acaba com as ilusões, forçando uma resposta de Shaka na forma de um poderoso ataque, Rendição Divina, que destrói parcialmente a Casa de Câncer. Camus e os demais aproveitam e ocultam seus Cosmos, passando a agir na surdina.

Em algum ponto enquanto se dirigiam a Casa de Leão, Camus, Saga e Shura matam três espectros e vestem suas Surplices, misturando-se ao grupo de verdadeiros espectros que haviam invadido o Santuário. Chegando a Casa de Leão, o grupo passa tranquilamente devido á Raimi de Verme interromper Aiolia de Leão.

Shaka de Virgem vs Cavaleiros Renegados

Shaka vs Cavaleiros Renegados

Na casa de Virgem, o grupo de espectros se depara com Shaka de Virgem. A situação força Camus, Saga e Shura a agir, atacando de forma a combinar seus poderes; no mangá com rajadas de cosmo; no Anime com as combinações das técncias Pó de Diamante, Excalibur e Explosão Galáctica. Shaka protege-se usando o Kahn, recebendo apenas um arranhão como consequência do impacto. O Cavaleiro de Virgem arranca o disfarce do trio renegado que reitera o objetivo de matar Atena. Num estranha atitude, Shaka consente e dá passagem ao trio. O grupo de espectros liderados por Giganto de Ciclope tentam também atravessar, mas são mortos pela Rendição Divina.

Shaka torna a questionar o real motivo por trás das ações dos Cavaleiros Renegados, porém Camus, Saga e Shura reiteram a missão de matar Atena. Aquilo por sua vez faz Shaka decidir-se quanto ao que fazer, conduzindo o grupo para uma área anexada a Casa de Virgem, a Árvores Salas Gêmeas. Ali inicia-se um feroz combate, no qual Camus une forças a Shura e Saga, forçando os limites quanto a Shaka resistir a luta. Encurralado, o Cavaleiro de Virgem usa seu último recurso, o Tesouro do Céu, impossibilitando Camus, Saga e Shura de atacar ou recuar, extraindo quatro sentidos de cada um. Sem alternativo, o trio vê-se obrigados a utilizar a Exclamação de Atena, conseguindo matar Shaka.

Camus - Pó de Diamante

Camus dispara o Pó de Diamante em Shaka

Deixando a Árvores Salas Gêmeas e retornando ao interior da Casa de Virgem, Camus, Saga e Shura enfrentam ira de Aiolia de Leão e Milo de Escorpião que, lançam suas técnicas, Relâmpago de Plasma e Agulha Escarlate. O grupo, porém, mantém-se de pé, decididos a repetir o uso da Exclamação de Atena. No entanto, Mu, Aiolia e Milo também usam a técnica proibida. As duas Exclamações de Atena colidem e geram um impasse. Graças a adição da força dos Cavaleiros de Bronze, porém, o desequilíbrio gerado manda a técnica para os ares, não antes de destruir toda a Casa de Virgem, soterrando a todos. Camus, Saga e Shura emergem dos escombros, vivos, mas praticamente sem forças. Milo demonstra intenção de acabar com o grupo, porém é impedido por Saori Kido, que por meio de seu Cosmo ordena que os três renegados fossem levados para o Templo de Atena.

Hyoga socorre Camus

Hyoga socorre Camus

Saori diz sentir o fardo que Camus e os demais renegados carregavam, e para livrá-los do sofrimento tira a própria vida com a Adaga Dourada. Camus, Saga e Shura regressam ao Castelo de Hades, apresentando-se a Pandora, levando o que parecia o corpo de Atena envolto numa manta. Não havia corpo, apenas a manta suja de sangue, que os renegados diziam ser de Atena. Pandora nega aquilo como prova de que a deusa estaria morta, mas acaba feita refém. Camus e os demais nunca deixaram de ser Cavaleiros de Atena, e o fato de terem aceitado a vida nova concedida por Hades foi apenas com o objetivo de avisar Atena sobre a Armadura de Atena; indo ao castelo de Hades onde Shura rende Pandora e Camus congela Zeros de Sapo . Infelizmente as doze horas concedidas por Hades terminam, e Camus, Saga e Shura convulsionam de dor. Zelos liberto, chega a pisotear Camus, mas é derrotado por Hyoga de Cisne. Em seus momentos finais, Camus pede ao discípulo que protegesse Atena.
Dourados no Muro das Lamentações

Camus sacrifica sua vida em nome de Atena

No Inferno, ao despertar o seu Oitavo Sentido, Camus aparece no Muro das Lamentações junto com todos os outros Cavaleiros de Ouro e se sacrifica para derrubá-lo, com a Flecha de Sagitário de Aiolos de Sagitário. Antes de morrer, Camus despede-se de Hyoga, dizendo para que o mesmo siga aos Campos Elíseos, com seus amigos, pedindo que o Cisne sempre permanecesse calmo em suas batalhas.

Filmes

A Lenda dos Defensores de Atena

Mesmo unindo forças, Camus e Shura são derrotados pelos Guerreiros da Coroa do Sol

Camus e Shura são derrotados pelos Guerreiros da Coroa do Sol

Abel, o deus sol e irmão de Atena, ressuscita todos os Cavaleiros de Ouro que morreram na Batalha das Doze Casas. Camus adverte Hyoga para ele e os outros Cavaleiros de Bronze não intervirem, já que a partir daquele instante, ele faria a proteção de Atena e Abel. Eventualmente Atena se rebela contra os planos de Abel para destruir a humanidade, mas acaba derrotada. Camus, junto a Shura, se revoltam contra a atitude de Abel, enfrentando os Cavaleiros da Coroa do Sol, onde acabam derrotados e mortos.


Prólogo do Céu

Camus e Shura

Camus e Shura

Em Prólogo do Céu os Cavaleiros de Ouro, com exceção de Aiolos, surgem com as almas seladas observando os Cavaleiros de Bronze realizarem milagres na luta contra o mal. Em sua única cena, Camus aparece ao lado de seu amigo, Shura de Capricórnio.


Habilidades de Luta

Camus projeta seu Cosmo da Grécia a Sibéria

Camus projeta seu Cosmo da Grécia a Sibéria

Camus é renomado como um dos mais poderosos cavaleiros de ouro do Século XX, sendo conhecido como o Mago do gelo, titulo este por conseguir baixar a temperatura para o um nível próximo ou equivalente ao Zero Absoluto. Seu cosmo majestoso possui propriedades de criocinese assim podendo criar, moldar e usufruir de todo tipo de poder congelante sendo capaz de aplicar rajadas de cosmo condensadas e vendavais congelantes. Suas habilidades são louváveis sendo um mestre no campo da estratégia e do gelo, um adversário terrível se lutar com todo seu poder, é o cavaleiro cuja personalidade é a mais fria do século XX.

Domínio do Cosmo: Sendo um Cavaleiro de Atena, Camus utiliza o cosmo como sua fonte de energia principal e por ter sido um Cavaleiro de Ouro, ele detinha um controle maior que a média. Em seu caso particular, a cosmo energia de Camus era muito forte ao ponto de com uma rajada de cosmo de seu dedo, ir da Grécia à Sibéria e destruir a grossa camada de gelo e afundar o navio onde a mãe de Hyoga estava; além de usa-lo para interferir na Outra Dimensão do cavaleiro de Gêmeos levando Hyoga para a casa de Libra.

Sétimo Sentido: Sendo um Cavaleiro de Ouro, Camus domina totalmente a essência do Cosmo e por isso possui completo controle sobre o Sétimo Sentido, que lhe dá força e habilidades superiores às dos Cavaleiros de Bronze e Prata. Camus pode permanecer consciente mesmo se por acaso vier a perder os outros seis sentidos, pois o poder deste sentido é capaz de superar a perda dos outros seis.

Velocidade da Luz: Camus se move na Velocidade da Luz, ou seja, pode atingir 300.000 km/s, rápido o bastante para dar sete voltas e meia na Terra em um segundo.

Arayashiki: Camus pode manter perfeitamente seu estado animado e racional após a morte, demonstrando poder sobre o oitavo sentido, que permite aos mortos se movimentarem livremente no Submundo.[30]

Inteligência: Camus é considerado um estrategista em batalhas, sendo capaz de entender as técnicas de seus inimigos e estudar qual melhor movimento irá surtir efeito contra seu oponente, aproveitando o melhor de suas habilidades e aplicando diversidades de medidas e contra medidas para abrir vantagem sobre o inimigo. Ademais Camus foi o único dentre os cavaleiros de ouro que, embora sem provas concretas sabia que aquele sob a mascara de grande mestre não era Shion; mantendo uma posição sigilosa e neutra.

Aptidão Física: Devido seu treinamento como Cavaleiro que domina o frio, Camus é tanto imune a seus efeitos quanto impermeável a ele. Camus possui uma resistência física considerável, resistindo na Saga de Hades, a perda de 4 seus 5 sentidos e ao veneno imposto a ele ao receber 14 agulhas escarlates de Milo e mesmo assim teve poder suficiente junto a Saga e Shura, Executar uma segunda exclamação de Atena e empatar com a mesma técnica utilizada por Mu, Milo e Aiolia que estavam nas melhores condições, sobrevivendo a propulsão de cosmo emanado por ela, a mantendo em perfeito equilíbrio e sobreviver ao desabamento do Templo de Virgem e ainda ter energia suficiente para com a ajuda de Mu, Milo e Aiolia, ir junto a Saga e Shura, confrontar Pandora no Castelo de Hades, ainda que a missão tenha fracassado. Ele também se mostrou um grande lutador em combate corporal executando um forte ganho em Mu logo após o último se teletransportar. Camus é também citado por Mu na Saga do Santuário e por Shaka e Shaina na Saga de Hades como um dos mais poderosos de sua geração

Camus prestes a criar um esquife de gelo

Camus prestes a criar um esquife de gelo

Domínio sobre Zero Absoluto: Como todos Cavaleiros que dominam o gelo, Camus possui a capacidade de controlar as temperaturas do ponto de congelamento dos átomos. No seu caso em particular, Camus é renomado como o único cavaleiro de sua geração que conhecia todos os fundamentos e tinha domínio completo sobre o Zero Absoluto, embora ele mencionasse que era apenas capaz de se aproximar do Zero Absoluto, na Saga de Hades ele demonstrou que tinha sim controle total sobe o Zero Absoluto, um exemplo disso é que com seu Pó de Diamante (Uma técnica básica de gelo) conseguiu a nível do Zero Absoluto congelar os joelhos da armadura de ouro de Shaka e, sua luta com ele. Em suas técnicas ele utiliza o Zero Absoluto seja em sua técnica máxima a Execução Aurora ou no Esquife de Gelo que nem mesmo os esforços de múltiplos cavaleiros de ouro seriam capazes de sequer fazer um arranhão no esquife.

Técnicas Secretas

86

Pó de Diamante

Esquife de gelo camus

Esquife de Gelo

84

Execução Aurora


Patentes

Cavaleiro de Ouro de Aquário
Antecessor
Mystoria
Sucessor
-


Frases

"Se o fizer, irá morrer… Você é muito sentimental. Mesmo assim, quer se tornar um Cavaleiro? Mas saiba que um dia, você morrerá… Olhe, Hyoga… Aquela é a grande muralha de gelo que possui uma força enorme, resistindo por milhares de anos igual a como você a está vendo agora… Hyoga… se você quer mesmo se tornar um Cavaleiro, então precisa ter a mesma força que aquela muralha de gelo para enfrentar dia após dia a luz do sol que ilumina os dias neste planeta… Você entendeu, Hyoga? Para ter a verdadeira força, você tem que ser como a eterna muralha de gelo da Sibéria…’’ (Camus ensinado a Hyoga como ele deve ser se quiser se tornar um cavaleiro).
"Estou aqui para impedi-lo de prosseguir… Desista e dê meia volta, ou me enfrente e morrerá lutando…’’ (Camus ao encontrar Hyoga em No Templo de Libra).
"Se quiser se tornar realmente um Cavaleiro, deve deixar essas emoções baratas e as memórias tristes do passado para trás…Só assim despertará o Cosmo final, o Sétimo Sentido…’’ (Camus ensinando a Hyoga como despertar o Sétimo Sentido).
"Mas o que é isso? O que ele está tentando fazer? Eu não posso acreditar aquela é a posição da Execução Aurora mas que bobagem! Agora que ele não tem nada com que me atacar vai utilizar o meu golpe final como ultimo recurso? Isso não vai adiantar a Execução Aurora é a técnica que utiliza a essência do Zero Absoluto ao máximo é impossível imita-la depois de ser atingido por ela uma ou duas vezes... Sentirá os efeitos de sua tolice’’. (Camus surpreso ao ver que Hyoga planeja utilizar a Execução Aurora).
"Essa, Hyoga, é a verdadeira essência da Execução Aurora’’. (Camus, antes de utilizar a Execução Aurora).
"Muito bem Hyoga, você enfrentou momentos dificeis sendo atingido pela Execução Aurora mas conseguiu aprender a técnica, você aprendeu tudo... Há Hyoga mesmo estando entre a vida e a morte, perdendo todos os sentidos e prestes a morrer congelado; alcançou o Zero Absoluto e superou amim, seu mestre... Você finalmente despertou o Sétimo Sentido... Você cresceu tanto porque aquilo em que acreditava realmente estava certo. Eu gostaria de poder deixá-lo viver para usar esse poder que adquiriu, mas eu não tenho mais forças para ajudá-lo. Perdoe-me”.  (Camus de Aquário para Hyoga, ao fim da luta na casa de Aquário).
"Saga... A exclamação de Atena é... É para covardes! Ainda que usemos essa técnica para vencer Shaka, nós... Nós perderemos toda honra de um dia termos sido cavaleiros de ouro e ainda depois da morte carregaremos o estigma da indignidade e seremos desprezados por toda eternidade... Você entende isso Saga? (Camus questionando a Saga sobre o que é usar a Exclamação de Atena).
"Não olhe para trás Hyoga, quando um homem decide fazer algo ele não deve se arrepender como você fez naquele momento, você não deve perder o controle, permaneça Hyoga sempre calmo". (Ultimas palavras de Camus à Hyoga antes de sua morte no Muro das Lamentações).

Curiosidades

  • No Mangá, os cabelos de Camus eram ruivos, mas foram adaptados para verde-azulado no anime e em Episode G.
  • Camus é o único mestre de Hyoga no mangá original, visto que o Cavaleiro de Cristal não existe na obra de Masami Kurumada.
  • Aparentemente, Camus foi o único dos cavaleiros de ouro mortos na Batalha das Doze Casas que não estava seguindo ás ordens do Grande Mestre, pois deixou Seiya e Shun passarem facilmente por sua casa zodiacal e só lutou contra seu discípulo Hyoga para fazê-lo despertar o seu sétimo sentido, renunciando sua própria vida para isso.
  • Camus possui uma grande amizade com Milo de Escorpião, desde a época de seus treinamentos (Camus e Milo já lutaram juntos contra um Giga no Episódio G). Devido a isso, Milo disse que não mataria Hyoga pelo grande respeito que tem a Camus. Inclusive, Camus contou somente para Milo que não gostaria de matar Hyoga na Casa de Libra, e sim, fazer um teste para ver o quanto o Cavaleiro de Cisne era determinado e qual é a sua capacidade como cavaleiro (se é capaz ou não de despertar o 7º sentido), mostrando ter uma grande confiança pelo Cavaleiro de Escorpião, pois essa atitude do Cavaleiro de Aquário era contrária as ordens do Grande Mestre, que exigia o extermínio dos Cavaleiros de Bronze, sem hesitação. A atitude de Camus em, aparentemente, se aliar a Hades fez com que o seu melhor amigo do passado quase o enforcasse até a sua morte, devido a estar decepcionado.
Hyoga Armadura de Aquario

Hyoga simboliza a Ânfora de Aquário, lembrando de seu mestre Camus

  • Em Saint Seiya Ômega, apesar de não aparecer fisicamente, Camus é lembrado durante a Saga de Pallas por Hyoga enquanto o mesmo lutava contra o Pallasito de Segunda Classe, Tokisada de Relógio da Morte (que chegou a vestir a Armadura de Aquário por um curto período). Tokisada exibe sua Chronotechtor e ofende a Armadura de Aquário, dizendo que ela não passava de um "lixo de ferro". Ao ver que Tokisada estava ofendendo a armadura que seu mestre vestiu, Hyoga se enfureceu e ao lembrar de Camus, derrotou o Pallasito com a técnica suprema de ambos, a Execução Aurora e em seguida o congelou vivo no Esquife de Gelo.
  • A técnica Execução Aurora foi criada especialmente para ele, pois foi o primeiro cavaleiro de Aquário a aparecer em Saint Seiya; a posição inicial do golpe se mostra com o cavaleiro com os braços levantados simbolizando a Torre Eiffel, isso se deve porque Camus é francês.
  • Como relatado por Hyoga, Camus como seu mestre, foi quem o ensinou todas as suas técnicas de modo que fica explicito que Camus tem conhecimento dos mecanismos necessários das técnicas: Circulo de Gelo, Trovão Aurora Ataque e Turbilhão de Gelo; ainda que ele nunca as utilizou na obra oficial (Utiliza o Circulo de gelo em Episodio G). No anime Hyoga herda as técnicas do Cavaleiro de Cristal

Navegação

Cavaleiros de Atena
Deus
Grandes Mestres
Cavaleiros e Amazonas de Ouro
Cavaleiros e Amazonas de Prata
Cavaleiros e Amazonas de Bronze
Cavaleiros e Amazonas de Patente Desconhecida
Cavaleiros e Amazonas de Aço
Cavaleiros e Amazonas sem Constelação
Soldados, Aprendizes e Subordinados