Fandom

Saint Seya Wiki

Créos de Galáxia

2 335 pages em
Este wiki
Adicione uma página
Comentários2 Compartilhar
Créos de Galáxia
Κρείος
Crios.png
Nome
Títulos Deus da Via Láctea

Deus das Constelações

Original 星漢のクレイオス
Romanização kureiosu
Outros Nomes Crio
Dados Gerais
Classificação Titã
Sohma Cimitarra
Armas Espada Cortadora de Estrelas (Aster Blade)
Divindade Cronos
Dados Pessoais
Gênero Masculino
Local de Nascimento Tártaro
Dados do Treinamento
Dados do Mangá/Anime
Estréia Episodio G: Capítulo 26

Créos da Galáxia (星漢のクレイオス , Seikan no Kureiosu) - seu título é também lido como Créos da Via Láctea, ou mesmo Créos dos Astros - é um dos últimos titãs libertados do Tártaro por Pontos. Seu nome pode ser lido como Crios, Krios ou Kreos.

Ele renasceu junto com Febe, Mnemôsine, Oceano, Réia, Téia, Têmis e Tétis. Sua personalidade é muito fria, muito sério e extremamente violento. É conhecido como o "Sem coração", porque ele age friamente e combate sem rodeios, também é considerado o mais cínico entre os Titãs. Ele é totalmente dedicado à espada e seus golpes são Laminas mortais, como os outros Titãs, seu objetivo é vingança da humilhação que sofreu dos deuses do Olimpo na era mitológica e é, aparentemente, e o Titã mais orgulhoso de sua linhagem divina .

Era Mitológica Editar

Créos (em grego: Ὠκεανός, o carneiro) é um Titã, filho de Gaia (Terra) e Urano (Céu). Intimamente relacionado com a constelação de Áries (carneiro), Créos era o deus primordial das constelações e sua função na cosmogonia grega era o de organizar os ciclos estelares. Sua esposa era Euríbia, deusa do domínio dos mares, nascida da união de Gaia e Pontos, e seus filhos foram Pallas (deus dos ofícios guerreiros), Perses (deus da destruição) e Astreu (deus dos astros e das estrelas). Este último, cujo nome significa amanhecer de estrelas, se uniu a Eos (deusa da aurora) e gerou as estrelas, os quatro ventos (Bóreas, Noto, Euro e Zephyr) e os planetas conhecidos na Antiguidade: Phainon (Saturno), Phaethon (Júpiter), Pyroeis (Marte), Stilbon (Mercúrio) e Eósforo-Héspero (Vênus). Créos tomou o partido de Cronos na Titanomaquia e foi atirado ao Tártaro após a sua derrota pelos deuses olímpicos.

Guerra Contra os Cavaleiros Dourados Editar

Crios.jpg

Após ser revivido por Pontos , ataca Shura de Capricórnio , na Grécia, após a derrota de Spate de Paios , o proprio Créos termina com a vida do gigante para não ser humilhado por ter sido derrotado por um humano. O Deus tem uma grande vantagem sobre Shura até que é atingido por Aiolia, mas o Shura de Capricórnio decide acabar com sua luta e executa uma Excalibur ,porém Creos facilmente a quebra com sua Aster  e facilmente derrota o cavaleiro de ouro. O Deus reconhece o valor dos santos e deixa para trás seu rastro a segui-lo. Mais tarde Oceano recupera a parte quebrada da espada de Shura e a devolve ao Cavaleiro.

Após a luta de Japeto e Aioria, Créos dá adeus à sua amada Euribia e vai para a batalha. Shura decide lutar sozinho contra ele. No final da luta, o santo de Capricórnio esta perto da morte, mas eleva seu cosmos e pode se mover na velocidade da luz através do corpo que cresceu com a Excalibur. Créos se surpreende e contra-ataque com sua espada, mas Shura faz uma Excalibur que corta o Titã pela metade. Com seus últimos momentos de vida, Ele levantou a espada e entregou ao cavaleiro dourado, e antes de sua morte ele lhe passa o que restou de sua Dunamis e seu sangue divino para que Shura sobrevivesse, reconhecendo no homem o orgulho e a coragem de se sacrificar para conseguir coisas que parecem impossíveis, enquanto em outro lugar, Euribia sente a morte seu amante. Note-se que esta técnica de Shura não poderia normalmente matar o Titan, mas a intervenção de Pontos, que detém fluxo de dunamis entre Créos e Gaia e assim o impede se se recuperar.

Técnicas Secretas Editar

Asterblade.png Espada Cortadora de Estrelas
(Aster Blade)
Trata-se de uma espada imensa formada pelo Cosmo de Créos. Possui a virtude de mover-se mudando de forma e pode atravessar qualquer coisa mesmo sem tocar (inclusive dimensões), se Créos assim desejar. Seu poder mais notável, no entanto, é a capacidade de ignorar qualquer tipo de defesa e proteção, podendo passar através das armaduras, como as de ouro, para retalhar o adversário por dentro, decepando a carne, o espírito e o cosmo. Devido ao fato de que a espada é imaterial, pode ser novamente conjurada se destruída.
Astercorreia.png Corte Circular das Estrelas
(Aster Correia)
Créos faz um movimento circular com sua espada, criando um redemoinho que suga o sangue e o cosmo do oponente, até que sobre apenas sua casca seca. Créos é capaz de absorver também a memória do adversário.
Astercyclo.jpg Anéis de Luz das Estrelas
(Aster Cyclo)
Créos usa o cosmo e poder absorvido pelo oponente através do Aster Correia, e lança esse poder contra o advérssário acrescentando o poderoso cosmo de Créos. Técnica impossível de ser reproduzida por humanos.
Aster Shield.jpg Escudo Estelar Esmagador
(Aster Shield)
Créos utiliza um de seus planetas para criar um Escudo de Oricalco e proteger todo o seu corpo, este escudo é tão resistente que conseguiu neutralizar vários ataques da Excalibur.
Oriharukon Blade.jpg Lâmina de Oricalco
(Oriharukon Blade)
Créos cria uma lâmina afiada de Oricalco, o metal divino supera todos os outros metais do mundo, a construção de uma espada com a lâmina tem uma resistência forte e imbatível. Como as armaduras de Ouros são feitas de Orichalcum, a Excalibur do Shura tem o mesmo poder da Oriharukon Blade.
SoshinKen.jpg Luz Divina Azul-Claro
(Soshin Jen)
Créos perfura seu corpo com a sua própria espada para formar uma lâmina de espada feita de Ikhor azul. Esta espada é reforçada, eo fato de ela ser composta de Ikhor garante que ela não pode ser permanentemente quebrada (o Ikhor proporcionando alta capacidade de regeneração). Créos também é possível utiliza o próprio corpo como uma cobertura para executar as técnicas de Battō. A velocidade da lâmina de impede que o adversário para antecipe seus ataques.
Divindades
Deuses Primordiais
(Episódio G)
Urano (o Céu) • Pontos (o Mar) • Érebo (a Escuridão) • Eros (o Amor) • Gaia (a Terra)
Deuses Olímpicos ZeusPoseidonHadesAtenaApoloÁrtemisAresHermesAfrodite
Clã dos Titãs
(Episódio G)
CronosHyperionCéosIapetoCréosOceanoRéiaTêmisMnemôsineTéiaTétisFebePrometeu
Clã dos Gigas
(Episódio G)
LyaxPhloxAnemosBronteSpateZugilosHoplismaDrakonThêr
Deuses dos Sonhos
(The Lost Canvas)
OneirosMorfeuFântasoÍceloFobetor
Panteão Egípcio
(Episódio G)
AnubisApófis
Panteão Celta
(The Lost Canvas)
LugBalorEthlinn
Panteão Asteca
(The Lost Canvas)
TezcalipocaQuetzalcóatl
Panteão Romano MarteSaturnoDianaVulcanoBacoRomuloCupidoPlutão
Panteão Nordico OdinLoki
Outras Divindades TártaroCaosChronosKairosHypnosPallasThanatosDeimosFobosTifãoAbelNikéÉrisDeusEuríbiaPerséfoneApsu
Semideuses e portadores de Ikhor KardiaTenmaDohkoRadamanthysEdenShura (G) • Sigurd
Pseudodeuses AriaCavaleiro de OfiúcoFeiyanSagaBalder

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Mais da comunidade Wikia

Wiki aleatória