FANDOM



O Lendário Cavaleiro sobre os cinco Picos de Rozan!!!

Enciclopédia Oficial.

Um Lendário Cavaleiro que há 243 anos lutou na Guerra Santa ao lado de Shion, o então Grande Mestre. Era respeitado por todos os outros cavaleiros. Já havia percebido a troca de identidade do Grande Mestre e nunca mais atendeu a nenhuma convocação do Santuário. Ao mesmo tempo que guardava a Torre dos Espectros nos Cinco Picos Antigos de Rozan, onde o exército de Hades foi aprisionado, atuou como mestre de Shiryu. Quando o Senhor das Trevas voltou a atacar, ele retomou a sua antiga forma e lutou na linha de frente. O seu golpe "Cólera do Dragão" é muito mais poderoso que o do seu discípulo. Tem ajudado Seiya e os Cavaleiros de Bronze em todas as ocasiões.

Origem do Nome

Do Japonês e Chinês, pequeno tigre. Muitos acham que seu nome não corresponde a nada mais que isso, porém, existe uma lenda por trás disso.

Características

Aparência

Dohko possui cabelos pretos (castanhos no Anime), olhos carmesins (azuis no Anime) e pele parda. Como Mestre Ancião, Dohko era um pequeno velho careca de pele roxa, com barba, bigode e sobrancelha brancas.

Personalidade

Histórico

Treinamento

Dohkochorandopelosleoes2

Dohko chora por ter sido o responsável pela morte da mãe dos leões

Em sua juventude, Dohko treinou junto de Shion e Suikyo no intuito de se tornar Cavaleiro de Atena. Durante uma prova para conseguir sua Armadura de Bronze, Dohko estava muito atrás de seus companheiros e é atacado por uma leoa, e quando estava prestes a ser devorado, seus companheiros chegam e Suikyo mata a leoa com um só golpe. Dohko agradece, mas Suikyo o golpeia e o chama de idiota. Shion então diz que o motivo da leoa ter atacado Dohko é porque ela tinha acabado de dar à luz a dois filhotes. Dohko se comove e tenta se desculpar com os filhotes e chora. Kaiser pega os leões das mãos de Dohko e afirma que eles não são leões normais, e diz que vai cria-los para serem leões de guarda, o macho se chamaria Goldie e a fêmea que possuía uma estrela se chamaria Blondie, e então Kaiser ordena para os jovens a continuarem seus treinamentos. Dohko e Shion obtiveram Armaduras de Bronze, enquanto Suikyo se tornou o Cavaleiro de Taça, da patente de Prata.

Next Dimension

DOHKO É PROMOVIDO A CAVALEIRO DE OURO

Dohko é promovido a Cavaleiro de Ouro

Convocados pelo Grande Mestre, Dohko e Shion recebem as Armaduras de Ouro de Libra e Áries, sendo informados que a alma de Hades desceria a Terra e logo uma nova Guerra Santa teria início.

De acordo com um dos Soldados do Santuário, Hades estaria numa região próxima e Dohko resolve procurá-lo, mas é impedido por Shion, que diz precisar da permissão do Grande Mestre para executar a missão. Os Cavaleiros de Ouro se enfrentam, mas Shion percebe que estão perdendo tempo e decide acompanhá-lo.

Diante do Castelo de Hades, eles encontram um garoto com um imenso cosmo e Shion o reconhece como o novo hospedeiro de Hades e tenta decapitá-lo, mas é impedido por Tenma que os ataca com seu “Meteoro de Pégaso”. Tenma veste a sua Armadura de Bronze para enfrentar os Cavaleiros de Ouro, que é quando lhe explicam seu dever como Cavaleiro de Atena. Dohko diz que estavam ali para buscar Alone, mas infelizmente, Pandora já o havia levado para o interior do castelo. Aproximando-se da entrada da construção, são atacados por um grupo de esqueletos, que são facilmente vencidos pelos dourados.

Vermeer detem Shion e Dohko

Vermerr detém Dohko e Shion

Os dourados, porém, são surpreendidos por Vermeer de Griffon, um dos Juízes do Inferno, que aproveita a barreira de Hades para derrubar os cavaleiros enfraquecidos. Prestes a receberem o golpe final, Dohko e os outros reconhecem a voz de Suikyo, agora convertido em espectro de Garuda. Prestes a matar os três cavaleiros, surge um esqueleto mensageiro informando sobre Hades que convocava Vermeer e Suikyo. Os dois juízes se retiram, deixando o esqueleto mensageiro que decide eliminar os três cavaleiros, porém é atrapalhado e derrotado por Pégaso, o cavalo de Tenma.

Ao acordar, Dohko, Shion e Tenma deparam-se com a Armadura de Taça, conhecida pelas propriedades curativas de quem de sua água beber, bem como a capacidade de refletir o futuro. Dohko imagina se seria um grande homem, mas se desgosta ao ver-se envelhecido.

De volta ao Santuário, Dohko, Shion e Tenma recebem duras criticas por parte de Ox de Touro, pela irresponsabilidade de pretenderem eliminar Hades. Prestes a castigá-los, Izo de Capricórnio surge e com sua Excalibur, parte o chão sob Dohko e os demais, lançando-os no fundo do penhasco. Dohko reconhece a força de Ox e Izo e o quanto precisam aprimorar seu poder. Pouco tempo depois, Dohko sente um imenso cosmo surgir no Templo de Atena, ao que ele liga imediatamente a vinda de Atena.

Mais tarde, Dohko vê algo despencar dos céus, bem a entrada da Casa de Libra. Ao aproximar-se dá-se conta de tratar-se de um Cavaleiro de Bronze (Shiryu de Dragão), e pergunta como ele havia chegado até ali. Dohko não entende o motivo da felicidade do Cavaleiro em vê-lo e tratá-lo por "mestre", e manda-o embora. Mais calmo, Shiryu diz vir do futuro para encontrar Atena. Dohko desconfia da história, mas pede a Shiryu que prove o que diz, dizendo como seria Dohko no futuro. Shiryu dá uma descrição completa de seu mentor, como um ancião sentado a beira da cachoeira de rozan, o que condiz com a própria imagem que Dohko teve ao se ver refletido na água da Armadura de Taça.

ND 12314

Dohko diz a Shiryu que ele é o herdeiro da Armadura de Libra.

Mesmo acreditando, Dohko quer testar a força de Shiryu. O Cavaleiro de Dragão evita ao máximo reagir, o que faz Dohko usar seu Cólera do Dragão. Shiryu repele o ataque, dizendo que o mesmo golpe não funciona duas vezes contra o mesmo cavaleiro, e que Dohko lhe ensinara a técnica no futuro. Com isso Shiryu tira sua armadura, revelando o dragão ascendente em suas costas. Dohko reconhece a imagem como um sinal de quando o cosmo eleva-se ao máximo. Dohko também remove sua armadura, revelando a imagem de um tigre em suas costas, e diz a Shiryu que ele deveria mostrar-lhe o que alegava ter aprendido. Os dois elevam seus cosmos e lançam o Cólera do Dragão. A força igualada das técnicas se anulam, fazendo ambos serem atirados longe. Para Dohko é prova mais que necessária das palavras de Shiryu, reconhecendo-o como aquele que herdará a Armadura de Libra.

Pouco tempo depois, Suikyo de Gaurda chega a Casa de Libra. Dohko manda Shiryu prosseguir, deixando-o encarregado de proteger de Atena. Recepcionando Suikyo com cordialidade, ele o chama pelo seu título de Cavaleiro de Taça. Suikyo reitera ser um espectro que jurou lealdade a Hades, ao que Dohko não dá importância, dizendo considerá-lo um amigo, mas que não o deixaria passar. Suikyo usa suas Lanças de Gelo de Lótus Brancas, porém o ataque nada faz em Dohko que diz sentir-se triste pela tentativa patética de Suikyo de esconder a verdade. Dohko tenta obter de Suikyo a verdade por trás daquelas ações, mas Suikyo não cede aos apelos, voltando a referir-se como um espectro a mando de Hades com a intenção de decapitar Atena. Dohko diz que Suikyo está no limite de suas forças e que a mesma técnica não surtiria efeito. Suikyo diz que usaria seu técnica máxima e lança sua Tempestade Giratória das Cem Garras de Lanças de Gelo. Dohko usa a Cólera dos Cem Dragões, gerando um impasse que culmina com ambos lançados ao chão. Tenma e Shun chegam a Casa de Libra, ouvindo Dohko terminar de citat um poema chinês em homenagem ao falecido Suikyo.

Dohko pede a Tenma que vista Suikyo com sua Armadura de Taça. Dizendo ter ouvido a voz do coração de Suikyo, Dohko diz que trairá Atena. Dohko retira sua Armadura de Libra, chamando a atenção para a balança da justiça cujo lado da força ganhou peso, gerando desequilíbrio. Tenma tenta dialogar, mas Dohko é firme em sua decisão. Prestes a eliminá-lo, é contido pelas Correntes de Andrômeda de Shun, que se apresenta como um cavaleiro vindo do futuro. Dohko acredita nas palavras de Shun, mas isso não muda sua opinião de trair Atena. Tenma e Shun unem forças, sendo incapazes de prejudicar Dohko. Quando esse se cansa da luta e decide eliminar os dois, surge uma cobra emissária de Odisseu. Dohko a destrói, perguntando-se desesperado o que devia fazer.

Dohko abandona Tenma e Shun, seguindo ao encontro de Atena. Tremores sacodem o Santuário, indicando a iminente ressurreição de Odisseu de Ofiúco. Os tremores abrem o caminho a frente de Dohko, impedindo-o de chegar a Casa de Escorpião. Pouco depois Dohko sente o corpo pesar, caindo em sono profundo.

O Misopethamenos e a Torre dos Espectros

Após a Guerra Santa de 1743, Shion se tornou Grande Mestre do Santuário e Dohko ficou com o encargo de vigiar o selo que aprisionava Hades e seus 108 espectros. Para esse fim, Atena concedeu a Dohko a técnica do envelhecimento retardado, o Misopethamenos (Do grego, Μισοπεθαμενος, μισός = entre; πεθαμένος = morto, significando literalmente "entre a morte" ou "quase morto"), que permitiu que o coração dele batesse apenas 100.000 vezes por ano (100.000 é o número médio de batimentos diários do coração), assim, em 243 anos, Dohko envelheceu o equivalente a apenas 243 dias. Desde então, manteve-se fixo e em vigília nos Cinco Picos Antigos de Rozan, na China. Possivelmente para evitar que o selo que lacrava a alma de Hades fosse violado.

O Treinamento de Shiryu

Shiryu e dohko1

Dohko treina Shiryu

Mestre Ancião, como Dohko era conhecido, foi responsável pelo treinamento do jovem candidato a Cavaleiro de Atena, Shiryu, durante seis anos. Quando Shiryu finalmente consegue reverter o fluxo das águas da cachoeira, o treinamento se encerra e o rapaz recebe a Armadura de Dragão, que repousava no fundo da cachoeira.

Saga do Santuário

Dohko mdm

Dohko fica surpreso ao ver que o Cólera do Dragão de Shiryu foi capaz de jogar Máscara da Morte longe

Após as batalhas de Shiryu contra os Cavaleiros Negros e os Cavaleiros de Prata e antes da Batalha das Doze Casas começar, Dohko é atacado por Máscara da Morte de Câncer nos Cinco Picos. Shiryu, ao tentar proteger seu mestre, o enfrenta, e mesmo sabendo que seu inimigo era infinitamente superior, ataca Máscara da Morte com o "Cólera do Dragão", que joga o Cavaleiro de Câncer para longe. Antes de Máscara da Morte conseguir revidar, Mu de Áries aparece e protege Shiryu, fazendo o Cavaleiro de Câncer desistir e ir embora. Dohko diz que não fez nada para defender o Dragão, porque só estava testando-o para ver se o mesmo estava pronto para enfrentar os Cavaleiros de Ouro e se surpreende ao ver que seu discípulo conseguiu desenvolver um golpe tão poderoso. Naquele momento é revelado que Dohko é o verdadeiro Cavaleiro de Libra. Dohko diz que daquele momento em diante, a relação entre ele e Shiryu não é mais como a de professor e aluno, e sim, a de dois companheiros que lutam em nome de Atena.

Durante a rebelião de Saga, Dohko, assim como Mu, negou-se a comparecer ao Santuário, pois já havia percebido que Shion fora morto e alguém entre os Cavaleiros de Ouro assumira a identidade de Grande Mestre, tal atitude foi interpretada por alguns cavaleiros como um ato de traição.

Durante a Batalha das Doze Casas, Dohko salva Shunrei, que havia sido lançada para dentro da Cachoeira de Rozan pela telecinesia de Máscara da Morte. Após Shiryu despertar seu sétimo sentido pela primeira vez e derrotar Máscara da Morte, Dohko lhe comunica através do seu cosmo, que Shunrei está viva e que o Dragão voltou a enxergar graças ao despertar de seu sétimo sentido.

Ele envia a sua Armadura de Libra para Shiryu tirar Hyoga de Cisne do "Esquife de Gelo".
Dohkoep66

Dohko se emociona ao ver o sacrifício de Shiryu.

Dohko aparece, e se emociona, ao ver o sacrifício de Shiryu para derrotar Shura de Capricórnio, usando o "Último Dragão", uma técnica suicida que foi proibida por ele. Apesar disso, Dohko já sabia que um dia Shiryu iria usar tal técnica. Graças ao sacrifício de Shura, Shiryu consegue sobreviver. Passadas as doze horas, Atena é salva por Seiya, quando o mesmo mira o Escudo de Atena em direção do seu coração.
Dohko e golds

Dohko fala com Shaka, Aldebaran, Aiolia, Mu e Milo

Dohko decide que é hora de contar aos Cavaleiros de Ouro remanescentes (Mu, Aiolia, Milo, Shaka e Aldebaran) a verdade sobre a acusação injusta de traição que levou a morte de Aiolos de Sagitário e sobre a morte do verdadeiro Grande Mestre pelas mãos de Saga. Ele orienta os Cavaleiros de Ouro a se reunirem com Atena. Após a derrota de Saga, Dohko restaura a Armadura de Dragão de Shiryu com o seu sangue (isto ocorre somente no mangá, no anime quem restaura a Armadura de Dragão é Mu).

Saga de Asgard

Dohko orienta seu discípulo Shiryu, assim como faz em alguns filmes, contando histórias antigas.

Saga de Poseidon

Após Saga morrer, Dohko se tornou o novo Grande Mestre do Santuário, comandando da cachoeira. Durante a Guerra Santa contra Poseidon, Dohko proibiu que os Cavaleiros de Ouro deixassem o Santuário, mesmo com as dificuldades que Atena e os Cavaleiros de Bronze passavam no Templo Submarino. Isto porque, Dohko já sabia que a batalha contra Hades estava próxima, pois ele sentiu que o selo, onde estavam lacradas as almas dos 108 espectros, estava enfraquecido. O mesmo enviou, através de Shaina, a sua Armadura de Libra para ajudar os Cavaleiros a derrubarem os sete Pilares do Templo Submarino com as Armas de Libra e para seu discípulo, Shiryu, trajá-la na batalha contra Poseidon.

Saga de Hades

Após o rompimento do selo de Hades, Dohko deixa seu posto e parte para o Santuário e acende o Relógio de Fogo dando início a uma nova Guerra Santa. Lá, diante de Shion ressuscitado, o Mestre Ancião se mostra triste por ter que enfrentar o seu velho amigo e companheiro de batalhas, mas é obrigado a fazê-lo. A princípio, Shion demostra ter grande vantagem na luta, pois seu corpo estava em plena forma, como na época em que sobreviveu a última Guerra Santa. No entanto, Dohko recupera sua juventude ao desfazer o Misopethamenos e volta a vestir a Armadura de Libra. A batalha entre Shion e Dohko se equilibra e acaba desencadeando uma "Guerra de Mil Dias", mas seus cosmos desaparecem logo em seguida. Shion explica a Dohko que os Cavaleiros Renegados queriam apenas alertar Atena de que somente com a sua Armadura poderá vencer Hades.

Quando Shion estava prestes a morrer, Dohko se despede de seu velho amigo, dizendo que logo eles voltarão a se ver e parte para o inferno logo em seguida, acompanhado de Kanon. A última aparição do Cavaleiro de Ouro de Libra na série cronológica é no Muro das Lamentações, onde, juntamente com os outros onze Cavaleiros de Ouro, se sacrifica para destruir o Muro e permitir que os Cavaleiros de Bronze chegassem até Atena e destruíssem o verdadeiro corpo de Hades, o que, segundo Dohko, faria Hades desistir de invadir a Terra e as Guerras Santas cessarem. Antes de morrer, Dohko se despede de seu discípulo Shiryu e pede para que o mesmo siga aos Campos Elísios e diz que Shunrei está a sua espera nos Cinco Picos Antigos de Rozan. Mais tarde, Dohko empresta sua armadura para Shiryu, durante o confronto contra o Deus da morte, Thanatos.

Outras Aparições

Filmes

A Lenda dos Defensores de Atena

DOHKO - A LENDA DOS DEFENSORES DE ATENA

Dohko fala sobre Abel

Em A Lenda dos Defensores de Atena, Mestre Ancião é quem conta a Shiryu de Dragão sobre o passado sombrio de Febo Abel cujo poder e ambição desmedidos despertaram a atenção dos demais deuses do olimpo, tais como Zeus e Apolo que temerosos optaram por eliminá-lo.


Prólogo do Céu

Dohko prologo

Dohko tem a sua alma selada pelos deuses

Em Prólogo do Céu, Dohko, assim como Shion e os demais cavaleiros de ouro (do Século XX), tem sua alma selada pelos deuses como castigo por ter se rebelado contra os deuses.

Séries

Episódio G

Artigo principal: Dohko de Libra (Episode G)

No Episódio G, Dohko salva Aiolia, enviando para ele o escudo de libra e também aparece no capitulo Guerra Santa no lado de seu melhor amigo, Shion.

The Lost Canvas

Artigo principal: Dohko de Libra (The Lost Canvas)

Ômega

Dohko é lembrado em vários flash back do seu discípulo Genbu, antigo Cavaleiro de Libra. Dohko treinou Shiryu para ser Cavaleiro de Dragão e Genbu para sucedê-lo como Cavaleiro de Libra, porém este ultimo não levava a sério o treinamento e acabou abandonando. Um dos principais ensinamentos de Dohko é que sempre a próxima geração de guerreiros será mais forte que a anterior.

Soul of Gold

Artigo principal: Dohko de Libra (Soul of Gold)

Habilidades de Luta

Depois de sobreviver à última Guerra Santa, ele mantém-se vivo através da técnica de envelhecimento retardado (Misophetamenos), ensinada pela encarnação anterior de Atena. Sua existência estava se tornando uma lenda, mas, com a batalha contra o Senhor das Trevas, teve chance de voltar à sua forma original e mostrar toda a sua capacidade.[1]

Quando Saga convoca os Cavaleiros de Ouro para exterminar os Cavaleiros de Bronze, diz que o Mestre Ancião, mesmo possuindo uma idade bem avançada, é um dos mais poderosos dos Cavaleiros Dourados, embora fosse um "traidor" de Atena. Uma prova de seu imenso poder é que mesmo na forma de Mestre Ancião, Dohko conseguiu destruir a "Muralha de Cristal" de Shion, que estava com seu corpo rejuvenescido (graças ao poder de Hades), com a sua técnica suprema, "Cólera dos Cem Dragões. Dohko é um dos Cavaleiros de Atena com maior longevidade, com 261 anos, sendo superado apenas por Krest de Aquário e Ionia de Capricórnio, ambos com mais de 500 anos de idade.

Técnicas Especiais

Cólera do Dragão (Dohko) Cólera do Dragão
(Rozan Sho Ryu Ha)
Basicamente um soco direto, emanado com cosmo parecido com uma rajada de um dragão que, se acertar, leva o oponente pelos ares, enquanto o poder do golpe varia pelo cosmo que Dohko mostra no momento de sua execução. Diferente das técnicas favoritas dos outros cavaleiros, o "Cólera do Dragão" tem um ponto fraco, enquanto ataca, seu coração fica vulnerável para um ataque durante um milésimo de segundo. Dohko fala desse ponto fraco para seu pupilo Shiryu.
Cólera dos Cem Dragões (Dohko) Cólera dos Cem Dragões
(Rozan Hyaku Ryu Ha)
A técnica suprema de Dohko, praticamente idêntica a de Shiryu, mas a um nível superior. Ao queimar o seu Cosmo ao máximo, Dohko com os braços estendidos libera toda a sua energia liberando uma onda de choque devastadora que avança, destruindo tudo em seu caminho. A onda formada por puro cosmo toma a forma de centenas de dragões. A potência é muito forte, é capaz de resistir a ataques devastadores, anulando seu efeito e consumindo o adversário, podendo ainda destruir as Sobrepelizes de Espectros de um nível elevado.

Curiosidades

  • Todos Cavaleiros de Ouro o obedeciam muito mais do que o Grande Mestre, e todos o respeitavam como respeitariam a própria Atena.
  • A Casa de Libra era inabitável pelo fato do Mestre Ancião estar nos Cinco Picos Antigos de Rozan, mas todos que chegavam ao menos perto de lá, sentiam o absurdo cosmo do Mestre Ancião.

Trajes

Predefinição:Trajes

Outras Versões

Dohko (Episódio G)
Episode G
Dohko (Soul of Gold)
Soul of Gold
Dohko (The Lost Canvas)
The Lost Canvas

Referências

  1. Enciclopédia Cavaleiros do Zodíaco

Navegação

Cavaleiros de Atena
Deus
Grandes Mestres
Cavaleiros e Amazonas de Ouro
Cavaleiros e Amazonas de Prata
Cavaleiros e Amazonas de Bronze
Cavaleiros e Amazonas de Patente Desconhecida
Cavaleiros e Amazonas de Aço
Cavaleiros e Amazonas sem Constelação
Soldados, Aprendizes e Subordinados

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.