FANDOM


O Usurpador do fundo do mar, enganando até os Deuses!

Enciclopédia Oficial.

Irmão gêmeo de Saga. Preocupado com a maldade de seu coração, Saga aprisiona-o no calabouço do despenhadeiro do Cabo Sunion. Por um acaso do destino, Kanon acaba libertando a alma de Poseidon, o Imperador dos Mares que havia sido selado por Atena. A partir disso, fez-se passar por General Marina de Dragão Marinho, comandando os outros Marinas com planos de dominar tanto a terra como o mar. Redime-se posteriormente e torna-se Cavaleiro de Ouro da Casa de Gêmeos, sucedendo o seu irmão Saga. Os seus poderes são tão fortes quanto os de seu irmão, o que permitiu que ele lutasse de igual para igual com os três grandes Juízes do Mundo dos Mortos.

Origem do Nome

Características

Aparência

Como irmão gêmeo de Saga, Kanon obviamente se parece muito com o mesmo, possuindo cabelos longos azuis, olhos verdes e uma estatura bem elevada. Quando está sem armadura é visível que Kanon utiliza roupas muito simples: uma camisa em tom de azul petróleo e uma calça bege clara.

Personalidade

Histórico

Passado

Kanon é o irmão gêmeo do Cavaleiro de Ouro, Saga de Gêmeos, que tinha o propósito de substituir seu irmão como Cavaleiro de Gêmeos, caso algo ocorresse com o mesmo (embora ninguém no Santuário sabia de sua existência). Apesar de serem gêmeos, Kanon e Saga eram muito diferentes, tendo Kanon, uma personalidade maléfica, o que decepcionava a face boa de Saga. Ao saber que o Grande Mestre havia escolhido Aiolos de Sagitário para sucedê-lo, Kanon tentou persuadir Saga, o sugerindo para que os dois se juntassem, e destruíssem o Santuário. Ao ver o quão mal era Kanon, Saga o aprisionou na Prisão do Cabo Sunion, um lugar onde ninguém conseguia sair sem a ajuda de um Deus.

Inexplicavelmente, Kanon sobreviveu por um bom tempo no local.

No local, Kanon descobre a Fortaleza Submarina de Poseidon e onde ele estava aprisionado, que era na Ânfora de Atena. Kanon acorda o Deus, e finge ser um aliado, se apresentando como o General Marina de Dragão Marinho. Poseidon dorme no corpo de Julian Solo, mas antes, pede para Kanon o acordar treze anos depois.

Saga de Poseidon

No entanto, Kanon não faz isso, a fim de manipular o poder de Poseidon adormecido no corpo do jovem Julian, alimentando assim o seu desejo maligno de se tornar um Deus e dominar a terra. Seu temperamento mudou após a batalha contra Ikki de Fênix, no Pilar do Atlântico Norte. Durante a luta, é revelado que foi Kanon quem induziu seu irmão gêmeo Saga para o lado do mal, mal que dormia em seu coração.

Quando Ikki atinge Kanon com o “Golpe Fantasma de Fênix”, as respostas sobre o renascer de Poseidon foram tiradas do cérebro do Marina. Após descobrir que Kanon tinha enganado Poseidon, Sorento de Sirene diz que não poderá deixá-lo viver. Kanon quase é derrotado por Sorento, mas Ikki o impede dizendo que precisava saber de mais uma coisa: o local onde se encontra a Ânfora que Atena precisaria para lacrar o espírito de Poseidon novamente. Kanon parece não gostar da pergunta e Ikki diz que Kanon teria a obrigação de dar a resposta, pois deve mais do que sua vida a Atena. Pressionado, Kanon acaba revelando que a Ânfora está junto com a própria Atena, dentro do Pilar Principal.

Ikki faz Kanon reconhecer que foi o cosmo de Atena que o fez sobreviver tanto tempo no Cabo Sunion. No início, Kanon não dá ouvidos ao Cavaleiro de Bronze, mas no final da luta contra Poseidon, Kanon se arrepende de seus crimes, e protege Atena de receber o Tridente do Deus dos Mares.

Saga de Hades

Desde o término da batalha contra Poseidon, muitos pensavam que Kanon havia morrido. No entanto, ele sobreviveu a destruição do Templo Submarino, foi ao Santuário e teve o perdão de Atena, substituindo Saga como Cavaleiro de Gêmeos. Kanon, disposto a proteger a Casa, enfrenta o "Trio das Lamentações" composto por Shura, Camus e seu irmão Saga a longa distância com sua habilidade "Armadura Remota" e com o "Labirinto de Gêmeos".
Kanon chorando.png

Kanon chora após receber o perdão de Milo.

Após ser, aparentemente, derrotado por seu irmão gêmeo, Kanon é confrontado por Milo de Escorpião que testou a sua fidelidade à Deusa Atena, dando quatorze "Agulhas Escarlates" no homem que já tentou dominar a humanidade, ajudando-o a cumprir a sua penitência. Após o confronto, Milo volta para a Casa de Escorpião com a certeza de que Kanon agora é um novo homem. Durante toda a invasão dos espectros, Kanon permaneceu no Salão do Mestre ao lado de Atena para protegê-la, e de lá, assistiu o choque de energia das duas "Exclamações de Atena, lançadas na Casa de Virgem. Inclusive, esteve presente no suicídio de Atena passando a Adaga Dourada para seu irmão Saga.

Após uma série de eventos, inclusive as supostas mortes de Atena e Shaka, Kanon veste a Armadura de Ouro de Gêmeos, desperta seu oitavo sentido e parte junto com Dohko de Libra do Santuário, com o propósito de invadir o Mundo dos Mortos. Ao chegar ao inferno, Kanon salva Shun e Seiya de serem derrotados pelo chicote de Lune de Balron. Lune fica atordoado com uma ilusão criada por Kanon e logo surge Radamanthys de Wyvern. Nesse momento, Kanon se revela e mata o espectro de Balron facilmente. Radamanthys então, tenta atacar Kanon, mas o mesmo consegue escapar se movendo na velocidade de luz. Kanon diz a Radamanthys que ele só está vivo ainda por causa da barreira de proteção do Castelo de Hades que reduziu o poder dos cinco Cavaleiros de Ouro, que Wyvern havia enfrentado até o momento, em 10% e completa dizendo que agora ele conhecerá a verdadeira força dos Cavaleiros de Ouro. Apesar disso, Radamanthys consegue atingir Kanon com a sua “Destruição Máxima” jogando o geminiano para longe. Radamanthys prepara-se para finalizá-lo, mas Kanon é mais rápido e o atinge com o “Satã Imperial” deixando o espectro atordoado, mas o cavaleiro acaba desfazendo a técnica pois é cercado por seis espectros, subordinados de Radamanthys. Após isso, Radamanthys se retira da luta (a mando de Pandora, que exigia a sua presença em Giudecca) e diz que acertará as contas com o geminiano mais tarde. Kanon derrota todos os subordinados de Radamanthys com sua “Explosão Galáctica” e segue em frente.

Posteriormente, Kanon é visto derrotando vários Espectros junto com Shiryu de Dragão e Hyoga de Cisne, inclusive Rock de Golem e Iwan de Troll na terceira prisão e depois Flégias de Lycaon na quarta prisão. Na Quinta Prisão, Kanon volta a enfrentar Radamanthys e pede para Shiryu e Hyoga seguirem em frente. Desta vez, o geminiano se defende facilmente da “Destruição Máxima” e contra-ataca com a sua “Explosão Galáctica” atingindo em cheio o juiz, quebrando inclusive seu elmo. Logo depois chegam Aiacos de Garuda e Minos de Grifon que salvam Radamanthys da derrota eminente e torturam Kanon, até este ser salvo por Ikki. A partir desse momento, Kanon passa a apenas observar a luta entre Ikki e Aiacos, que terminou com a vitória do Fênix.

Após algum tempo, Kanon aparece correndo em direção a Giudecca (aparentemente estava bem longe do local, pois ficou para trás para lutar com os Juízes do Inferno) até o momento em que as Armaduras de Ouro se reúnem para a destruição do Muro das Lamentações. A Armadura de Gêmeos que Kanon trajara entra em ressonância com as outras Armaduras de Ouro e nesse momento aparece novamente Radamanthys dizendo que não deixará Kanon ir a lugar nenhum. Kanon então envia a sua Armadura de Gêmeos para trajar o seu verdadeiro dono, Saga. Sem Armadura, o corpo de Kanon fica exposto aos ataques de Radamanthys, devido as feridas que possuía das "Agulhas Escarlates" de Milo e de outras batalhas. Mesmo podendo vencer Radamanthys, Kanon prefere se sacrificar, para se redimir de todos os seus erros do passado e diz que já cumpriu sua missão. Kanon usa um golpe suicida no Juiz do Inferno o elevando até o céu e resultando na morte de ambos. Kanon se despede de Atena e Saga, desaparecendo logo em seguida. Pouco tempo depois, após os Cavaleiros de Ouro mortos despertarem o seu oitavo sentido e surgirem no Inferno, Kanon une sua alma a de seu irmão, tornando-se um só para ajudar a destruir o Muro das Lamentações e abrir caminho para os Campos Elísios.

Outras Aparições

Filmes

Prólogo do Céu

No filme Prólogo do Céu, Kanon aparece ao lado de seu irmão Saga. Ele e todos os outros Cavaleiros de Ouro, que morreram no inferno, têm suas almas seladas, como castigo por terem se rebelado contra os deuses.

Séries

Ômega

Kanon e Saga.jpg

O Destino de Gêmeos retratado em Os Cavaleiros do Zodíaco Ômega.

Kanon e Saga são lembrados quando Integra e Paradox se preparam para utilizar a "Outra Dimensão" enquanto lutavam contra Gallia, explicando sobre o destino de Gêmeos, que segue todas as gerações dos Cavaleiros de Ouro regidos pelo signo.

Jogos

Kanon de Gêmeos também aparece em vários jogos da franquia como personagem jogável: Saint Seiya - The Hades, Saint Seiya Senki, Saint Seiya: Bravos Soldados e Saint Seiya: Alma dos Soldados. Aparece também como General de Dragão Marinho em Bravos Soldados e Alma dos Soldados.

Habilidades de Luta

Da mesma forma que o seu irmão gêmeo Saga, Kanon usa golpes que manipulam a mente das pessoas e o espaço atemporal. Também aprendeu truques para lançar o oponente para outra dimensão ou fazer com que as dimensões se curvem.

Além disso, Kanon possui a habilidade de controlar sua armadura à distância, usando seu cosmo e poder, ficando imperceptível ao inimigo, conhecida como "Armadura Remota". No entanto, é impossível para Kanon utilizar todo o seu poder com esta habilidade. Kanon também pode criar uma ilusão dentro da sua Casa Zodiacal, conhecida como o "Labirinto de Gêmeos". O inimigo fica preso a essa ilusão, correndo pela Casa de Gêmeos sem encontrar a saída, sendo capaz de funcionar até mesmo com Cavaleiros de Ouro.

Técnicas Especiais

Triângulo de Ouro.gif Triângulo de Ouro
(Golden Triangle)
Conforme ambos os braços de Kanon se erguem aos céus e sua energia cósmica é invocada, é formado através de feixes luminosos materializados através do cosmo, o Triângulo de Ouro. Tal técnica distorce o tempo e o espaço pressionando um imenso Cosmo sobre o espaço, isso abre um portal para uma outra dimensão, de onde é impossível o inimigo escapar.
 

Satã Imperial (Kanon).gif

Satã Imperial
(Genrou Maou Ken)
Com um rápido movimento de mãos, Kanon “corta” o ar, assim abrindo uma espécie de espaço na Atmosfera. Em seguida, Kanon atira um feixe de luz que avança contra o Cérebro do adversário através do vácuo criado, que ultrapassa a velocidade da luz devido à falta da resistência do ar. A versão mais fraca ataca o sistema nervoso do oponente, deixando-o imóvel e vulnerável a qualquer ataque. A versão mais forte faz com que Kanon ataque o cérebro do oponente, fazendo-lhe uma "lavagem cerebral", fazendo-o atacar mesmo seus entes queridos. Os efeitos só irão desaparecer se a pessoa vir sua vítima morrer. É praticamente idêntico a de seu irmão, Saga.
 

Explosão Galáctica (Kanon).gif

Explosão Galáctica
(Galaxian Explosion)
É a técnica máxima de Kanon, cujo dizem poder destruir até mesmo uma galáxia inteira. Queimando sua cosmo-energia intensamente, Kanon lança no alvo uma poderosa onda de choque explosiva, que assume a forma de diversos planetas. Quando a onda está prestes a explodir, os planetas se chocam violentamente, gerando uma força suficientemente forte para igualar-se ao interior de uma supernova, de forma que, se o impacto inicial acertar o alvo, irá pulverizá-lo por completo. Se a técnica errar o alvo, ou se for defendida ou má executada, as crescentes ondas de choque menores ainda possuem uma letalidade muito avançada. Durante a Saga de Hades, Kanon utiliza uma variação desse golpe contra o juiz do inferno, Radamanthys de Wyvern, agarrando-o e subindo rapidamente com o adversário, causando a morte imediata de ambos.

Curiosidades

  • Enquanto esteve aprisionado, a vida de Kanon foi salva inúmeras vezes pelo cosmo de Atena ainda bebê. Esse foi o motivo pelo qual ele redimiu-se depois.
  • Kanon é capaz de usar a “Explosão Galáctica”, mas essa técnica não é originalmente dele. Ele mesmo revela que “roubou” as técnicas do seu irmão Saga.
  • Apesar do seu poder, Ikki diz que Kanon não tem o mesmo poder que Saga, mas que quando Kanon ficou zangado ao saber do despertar de Poseidon, sua raiva aumentou tanto que seu poder ficou no mesmo nível de Saga quando este era maligno.
  • Kanon é um dos dois únicos humanos que conseguiram enganar um Deus.
  • Kanon não queria despertar Poseidon, e sim se aproveitar de seu poder para controlar os seus Marinas e assim dominar a Terra, além de derrotar Atena.
  • A técnica “Triangulo de Ouro” de Kanon é uma "homenagem" ao famoso Triângulo das Bermudas. Prova maior disso, é que o Ex-marina era defensor do Pilar do Atlântico Norte e este local, muito conhecido pelos inúmeros mistérios de desaparecimento de aviões e navios, situa-se na parte do norte do Oceano Atlântico.
  • Embora Kanon não possua a técnica “Outra Dimensão” de Saga, ele a usa em Saint Seiya - The Hades.

Trajes

Predefinição:Trajes Predefinição:Trajes

Navegação

Marinas de Poseidon
Deus Poseidon
Marinas Soldados Rasos
Comandantes Thetis de Sereia
Generais Bian de Cavalo MarinhoIo de ScyllaKrishna de ChrysaorKasa de LymnadesIsaak de KrakenSorento de Sirene (Ω) • Unity de Dragão MarinhoKanon de Dragão Marinho
Cavaleiros de Atena
Deus
Grandes Mestres
Cavaleiros e Amazonas de Ouro
Cavaleiros e Amazonas de Prata
Cavaleiros e Amazonas de Bronze
Cavaleiros e Amazonas de Patente Desconhecida
Cavaleiros e Amazonas de Aço
Cavaleiros e Amazonas sem Constelação
Soldados, Aprendizes e Subordinados

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória