FANDOM



Seus dedos não deixam escapar nenhum tipo de mal!

Enciclopédia Oficial

Milo de Escorpião (蠍座のミロ Sukōpion no Miro) foi, no século XX, o Cavaleiro de Ouro de Escorpião que protegia a Casa de Escorpião no Santuário. Prezava muito a amizade, por isso passou a zelar por Hyoga depois da morte de seu amigo Camus. Tinha grande orgulho em ser um Cavaleiro de Ouro e tornou-se implacável diante dos inimigos. O Grande Mestre convocou-o para exterminar os Cavaleiros de Bronze e ele lutou contra Hyoga no Santuário. Durante a invasão do exército de Hades, lutou na linha de frente.

Origem do Nome

Do grego, significa Maçã. Alusão a Ilha de Milos, local onde esse Cavaleiro treinou. Algumas fontes (incluindo a nova dublagem brasileira), erradamente indicam "Miro", mas esta é na verdade a pronúncia japonesa.

Características

Aparência

Milo é um homem de estatura alta e de pele clara. Possui longos cabelos loiros (azuis escuro no Anime) levemente ondulados e olhos azuis esverdeado claro.

Personalidade

Milo é sempre seguro de si, é mais tranquilo do que a maioria dos outros Cavaleiros de Ouro. Ele tem uma natureza violenta e apaixonada, mas sempre preserva o próprio controle. Milo nunca mostra suas emoções e sempre se esconde atrás de uma máscara de imutabilidade e calma absoluta. É esta mesma calma que o torna um adversário formidável durante o combate. Milo nunca mostra dúvida e hesitação. Seus pensamentos e ações são harmonizadas perfeitamente. Está sincronia é particularmente evidente durante o combate. O combate é um dos raros momentos em que todas as suas paixões muitas vezes deixam-se aparecer e agir quando a situação realmente exige.

É muito visível quando você ele usa sua Agulha Escarlate: Seu rosto mostra uma mistura de alegria, emoção , raiva e fúria . Mas, além disso , Milo sempre permanece calmo e absoluto desprendimento aparece. poderia se dizer que tem o coração de um ator de teatro. Ele pode explorar as emoções dos outros perfeitamente e usa palavras como armas , com ironia e sentido de uma distribuição devastadora , tentando trazer o inimigo ao chão. Embora tem uma predileção para a ação,

Milo tem um carinho especial pela arte das palavras , como sempre usando-as para desativar seus adversários e fazê-los atacar de forma desconsiderável. E não são só as palavras que usa: A atitude inteira de Milo é sempre cuidadosamente calculada de acordo com o objetivo que quer atingir ou alcançar.

Histórico

Saga do Santuário

Miro derrubando Seiya com o ataque de um dedo na testa.

Milo derruba Seiya com o ataque de um dedo na testa.

Quando os Cavaleiros de Bronze foram ao Santuário enfrentar o Grande Mestre, e, por conseguinte os Cavaleiros de Ouro, Milo enfrentou Shiryu de Dragão e Seiya de Pégaso, os quais o Cavaleiro de Escorpião conseguiu derrotar com facilidade, bloqueando facilmente o “Cólera do Dragão” de Shiryu e saindo com apenas um arranhão em seu rosto após ser atingido pelos “Meteoros de Pégaso” de Seiya. Milo aplica sua “Restrição” e contra-ataca com a sua técnica “Agulha Escarlate”, que faz com que Pégaso e Dragão fiquem agonizando de dor no chão. Em seguida, surge aquele que seria o seu principal oponente, Hyoga de Cisne, que havia sido "revitalizado" por Shun de Andrômeda na Casa de Libra. Hyoga consegue imobilizar Milo por alguns segundos com o "Círculo de Gelo", o que permite que Seiya e Shiryu carreguem Shun e sigam em frente. Milo se livra da técnica do Cavaleiro de Cisne e começa a atacá-lo.

Mirohyoga

Milo salva a vida de Hyoga.

Durante a luta, Milo mostra sua bondade dando ao Cavaleiro de Bronze a decisão de continuar a luta ou fugir, porém o Cavaleiro de Cisne permanece irredutível, sendo assim, Milo aplica a “Restrição” no Cavaleiro de Cisne e depois inicia o doloroso processo das “Agulhas Escarlates”, falando da precisão do ataque. Depois de receber as 14 agulhadas e a “Antares”, Hyoga resistia bravamente e rastejava até a saída da Casa de Escorpião. Foi nesse momento que Milo percebeu a determinação do Cavaleiro, e reconheceu que um Cavaleiro que age dessa forma não pode ser inimigo e aplicou um golpe que parou a hemorragia do Cisne, permitindo que este pudesse prosseguir até a sala do Grande Mestre.

Miro atena

Milo ajoelha-se ao receber Atena em sua casa.

Quando Atena, salva por Seiya, chegou à Casa de Escorpião, Milo, de joelhos, pediu perdão por ter tentado impedir o avanço dos Cavaleiros de Bronze, mesmo tendo feito o que julgava certo, mostrando seu senso de justiça. Após a derrota de Saga de Gêmeos e o fim da Batalha das Doze Casas, os cinco Cavaleiros de Ouro remanescentes doaram seu sangue para restaurar as Armaduras destruídas dos Cavaleiros de Bronze, em sinal de gratidão pelos mesmos terem salvado Atena. Milo doou seu sangue para a Armadura de Bronze de Cisne do Hyoga.

Saga de Poseidon

Milo, Mu de Áries, Aldebaran de Touro, Aiolia de Leão e Shaka de Virgem não puderam sair do Santuário em hipótese alguma, isso porque o Mestre Ancião sabia que a batalha contra Hades e os Espectros estava próxima e ordenou aos Cavaleiros de Ouro que ficassem no Santuário, mesmo durante as violentas batalhas contra Poseidon e seus Marinas. Milo aparece em uma reunião na Casa de Áries junto com os outros Cavaleiros de Ouro.

Saga de Hades

Screenshot 83

Milo ataca Kanon

Na Saga de Hades, Milo aparece enfrentando Kanon na sala do Mestre, acreditando que Kanon era um assassino, indigno do perdão de Atena (que estava presente no local da luta) e de ser um Cavaleiro. Milo aplica as 14 "Agulhas Escarlates no antigo General Marina e este resiste com muito esforço. Atena interfere dizendo que Kanon estava arrependido de seus pecados. Ao perceber que Kanon permaneceria resistindo a todos os ataques, reconheceu que ele havia se regenerado e estava recebendo uma justa punição, Milo (aparentemente), desfere a "Antares", a agulhada final, mas na verdade ele cura o sangramento do irmão de Saga e reconhece que a pessoa que ali está não é um inimigo e sim um companheiro: Kanon de Gêmeos. Logo após o fim da batalha, Milo volta para a Casa de Escorpião, sem medo de deixar Atena a sós com um homem que já tentou dominar a humanidade, o que faz Atena e Kanon ficarem emocionados. Na saída, Milo fica surpreso, pois não acreditava que os seres humanos pudessem reconstruir suas vidas completamente, mas admite que mesmo com essa reviravolta, é bem provável que tanto ele, quanto Kanon, encontrem a morte durante a guerra santa contra Hades e que o que ele fez pode ter apenas prolongado a vida de Kanon por mais algum tempo.

Após a morte de Shaka, Milo vai até a Casa de Virgem para derrotar Saga, Shura e Camus por terem matado Shaka.

Miro após ser atingido pela Explosão Galáctica de Saga de Gêmeos

Milo após ser atingido pela Explosão Galáctica de Saga

Milo começa a atacá-los, dizendo que não adianta eles se renderem, pois o destino dos três já está traçado, mas acaba sendo atacado por Saga, enquanto falava, com a “Explosão Galáctica” antes de desferir a “Antares”. Se não tivesse escutado a voz de Seiya, teria recebido o golpe em cheio. Após isso, se junta a Aiolia e Mu contra o "Trio das Lamentações" na formação da “Exclamação de Atena”, uma técnica poderosíssima formada por três Cavaleiros de Ouro e proibida por Atena.

O choque das duas Exclamações de Atena abala todo o Santuário.
Mirovscamus

Milo enforca Camus...

Miro Chorando

...E chora ao fazer isso.

Se não fosse detida, o choque das duas Exclamações de Atena destruiria não só a Casa de Virgem como o Santuário inteiro, mas quando isso estava prestes a ocorrer, Seiya, Shiryu, Shun e Hyoga interceptam as duas Exclamações de Atena e as redirecionam em direção ao céu, encerrando o confronto. Porém, Saga, Camus e Shura conseguem sobreviver. Milo se irrita com a resistência de Saga e prepara-se para matá-lo de vez, quando de repente uma voz ecoa do céu. Tratava-se da deusa Atena, que do seu templo ordena que Milo, Mu e Aiolia levassem os três até sua presença. O plano de Atena era despertar o 8º sentido, que também é chamado de Arayashiki, para poder conseguir chegar ao Mundo dos Mortos com vida e juntar-se a Shaka para combater Hades pessoalmente. Saga, Camus e Shura estão muito debilitados e mal conseguem andar e por isso acabam sendo carregados por Mu, Milo e Aiolia da Casa de Virgem até o Templo de Atena. Milo carrega Camus, enquanto lamenta pela traição de seus antigos amigos. Ao chegarem no templo, Atena dá a Saga a Adaga Dourada, que ele usou para tentar matá-la há treze anos, e assim ela coloca a Adaga no seu próprio pescoço e tira sua vida. A comoção toma conta de todos e em um ato de raiva misturado com dor e tristeza, Milo quase mata seu velho amigo, Camus. Após descobrirem o verdadeiro plano de Atena, as duas tríades fazem, aparentemente, as pazes e saem do Santuário.

Após a morte de Atena, Milo, Mu e Aiolia, partem para o Castelo de Hades com intenção de chegarem no Mundo dos Mortos, mas são impedidos por Radamanthys de Wyvern, um dos três Juízes do Inferno, que os provoca, dizendo que sente pena dos Cavaleiros de Atena por serem tão fracos. Irritados, os Cavaleiros de Ouro resolvem enfrentá-lo, porém, seus golpes “Agulha Escarlate”, “Relâmpago de Plasma” e “Extinção Estelar” não surtem nenhum efeito em Radamanthys, devido a barreira de proteção do castelo que limita o poder dos Cavaleiros de Ouro a 10%. Radamanthys revida derrubando-os facilmente com rajadas de cosmo e destruindo suas Armaduras de Ouro. Seiya, Shiryu e Hyoga também chegam a interferir na batalha, mas mesmo podendo usar todos os seus poderes (devido ao sangue de Atena em suas armaduras) os jovens Cavaleiros de Bronze não são páreos para Radamanthys. Milo diz que os Cavaleiros de Bronze não deveriam interferir na luta deles, e sim, seguir em frente para ajudar Saga, Camus e Shura, que se encontravam na parte de dentro do Castelo. Após um poderoso ataque de Radamanthys, que atinge em cheio os guerreiros de Atena ali presentes, os Cavaleiros de Bronze resolvem seguir em frente e despedem-se dos Cavaleiros de Ouro, entrando no Castelo em seguida. Radamanthys então, derrota definitivamente Milo, Mu e Aiolia com a sua "Destruição Máxima" e os envia para o inferno de gelo, Cocyto, lugar para onde vão todos aqueles que se rebelam contra os deuses.

Agulha escarlate

Milo derrota um espectro de Hades com uma única Agulha Escarlate.

Miro arma de libra

Milo com uma Arma de Libra

Após a ocorrência de uma série de eventos, Milo, Mu e Aiolia retornam à vida após sentirem o cosmo de Atena. Com suas forças renovadas, Milo derrota facilmente um espectro no Cocyto e parte para poder ajudar Shaka e Dohko a destruírem o Muro das Lamentações com as Armas da Armadura de Libra, porém as mesmas ficam estraçalhadas pois só a luz do sol seria capaz de derrubar tal muro e o único jeito de se fazer isso é com o poder das 12 Armaduras de Ouro. Nesse momento todos os Cavaleiros de Ouro mortos despertam seu oitavo sentido e aparecem no Mundo dos Mortos para ajudar a derrubar o Muro com a Flecha de Aiolos de Sagitário. Milo une seu cosmo com todos os outros onze Cavaleiros de Ouro, sacrificando sua própria vida para criar a luz do sol e destruir o Muro das Lamentações. Antes de morrer, Milo se despede de seu antigo adversário, Hyoga, dizendo para que o mesmo siga para os Campos Elíseos.

Outras Aparições

Filmes

Os Guerreiros do Armagedon

No filme Os Guerreiros do Armagedon, Milo é derrotado facilmente pelos Anjos da Morte enquanto estava na sua Casa Zodiacal. Ele reaparece no final, doando seu cosmo para Seiya salvar Atena.

Prólogo do Céu

No filme Prólogo do Céu, Milo tem sua alma selada, junto com os outros Cavaleiros de Ouro, por se rebelar contra os deuses, podendo somente observar a batalha dos Cavaleiros de Bronze contra Ártemis e Apolo.

Legend of Sancturay

Artigo principal: Milo de Escorpião (Legend of Sanctuary)

Milo está presente no filme Saint Seiya: Legend of Sanctuary. No filme, Milo é uma Amazona de Ouro, destacando os detalhes vermelhos por toda a sua armadura. O Fato do Milo ser uma Amazona no filme deve estar ligado à Amazona de Ouro em Os Cavaleiros do Zodíaco Ômega, Sonia de Escorpião.

Séries

Episódio G

Artigo principal: Milo de Escorpião (Episode G)

O Escorpião é designado como guarda-costas de Aiolia, enquanto este se recuperava. A missão não agradou a Milo, que a todo instante entrava em conflito com o leonino.

Saintia Sho

Artigo principal: Milo de Escorpião (Saintia Sho)

Milo também aparece em Saint Seiya: Saintia Sho. O Cavaleiro de Escorpião aparece diante das irmãs Saintias, Kyoko e Shoko e após se apresentar, diz que veio tentar impedir a ressurreição de uma deusa do mal.

Soul of Gold

Artigo principal: Milo de Escorpião (Soul of Gold)

Jogos

Milo aparece em vários jogos da franquia como personagem jogável: Saint Seiya - The Sanctuary, Saint Seiya - The Hades, Saint Seiya Senki, Saint Seiya: Bravos Soldados e Saint Seiya: Alma dos Soldados.

Habilidades de Luta

A precisão de seus golpes é impressionante – Milo pode perfurar com o dedo o corpo do oponente, no lugar onde escolher. A agulha cor de escarlate, se for enfiada diretamente no nervo central do inimigo, irá causar-lhe dor semelhante à picada de um escorpião.[1]

Milo possui também uma agilidade fora do comum, que usando a velocidade da luz, consegue dar trabalho à maioria dos inimigos, o que o faz por vezes desviar de golpes sem que o inimigo perceba.

No anime, Milo usa uma técnica para devastar a Ilha de Andrômeda. Trata-se da manifestação física do seu cosmo, onde cria um grande tornado, capaz de arremessar seus oponentes, como mostrado quando Milo arremessou para o ar os Cavaleiros da Ilha de Andrômeda. A técnica pode ser gerada a partir de leves movimentos do Cavaleiro de Ouro.

Técnicas Especiais

Agulha Escarlate Agulha Escarlate
(Scarlet Needle)
Milo concentra o seu cosmo em seu dedo indicador e, em seguida, ele dispara um raio de energia vermelho ou avança sobre seu oponente numa super velocidade para "ferroá-lo" com seu dedo. A "Agulha Escarlate" causa uma ferida superficial pequena e imperceptível, mas a dor interna vai além da imaginação de qualquer criatura viva. É como se o veneno mortífero do Escorpião estivesse correndo por todo o corpo. Aquele que é vítima da "Agulha Escarlate" só pode esperar um dos dois destinos: a morte física ou a morte mental. Devido à hemorragia causada pela "Agulha Escarlate", a vítima irá lentamente perder a consciência e todos os seus cinco sentidos. Milo dispara um número de até 14 "Agulha Escarlate", uma de cada vez ou todas de uma vez só.
Agulha Escarlate de Antares Agulha Escarlate de Antares
(Scarlet Needle Antares)
Representa o Coração da Constelação de Escorpião. Se por ventura o adversário não tiver morrido ou entrado em coma profundo durante os ataques da “Agulha Escarlate”, ele encontrará no lendário golpe a Morte tida como dor insuportável. Esse golpe por um lado possui um ponto fraco, em que quando Milo dispara o "Antares", ele deixa os seus outros pontos vitais visíveis e fáceis de acertar. Na batalha das doze casas, quando Milo dá este golpe em Hyoga, ele coloca dois dedos inteiros como golpe.
Restrição Restrição
(Restriction)
Golpe em que o Milo se concentra, liberando ondas de energia que, como o veneno do escorpião, atingem o sistema nervoso central e endócrino do inimigo, anestesiando-o temporariamente, paralisando assim todas as suas funções, liberando o hormônio adrenalina devido ao medo, fazendo as reações de tensão no corpo. O oponente fica paralisado com o golpe, fazendo que a pessoa se sinta uma preza do Escorpião, que se encolhe paralisada com medo de morrer. O golpe não funcionou em Hyoga porque o seu ar frio neutralizou as ondas de Milo.

Curiosidades

Hyoga-miro

Milo aparece na Casa de Libra após Hyoga ser mandado para Outra Dimensão na Casa de Gêmeos. A única mudança feita nesta cena foi a introdução de Camus no lugar de Milo.

  • Inicialmente, Masami Kurumada pretendia fazer de Milo o mestre de Hyoga, inclusive o autor chegou a escrever e ilustrar algumas páginas de seu Mangá, em que Hyoga e Milo interagiam como mestre e discípulo. Kurumada resolveu reescrever e redesenhar as páginas, após definir Camus de Aquário como mestre do Cavaleiro de Cisne. A mudança teria ocorrido porque o autor percebeu que poderia haver uma relação entre as constelações de Aquário e Cisne, isto porque ambos utilizam técnicas baseadas em gelo. As páginas não publicadas do Mangá com Milo como mestre de Hyoga podem ser encontradas na internet e em algumas publicações especiais sobre Saint Seiya.
  • Como revelado por Masami Kurumada no Volume 12 do Mangá, Milo se tornou Cavaleiro de Ouro bastante jovem. Ele recebeu o status de Cavaleiro de Ouro e a Armadura de Escorpião aos sete anos.
  • A luta entre Milo e Albiore de Cefeu ocorre apenas no Anime, no Mangá quem derrota Cefeu e devasta a Ilha de Andrômeda é Afrodite de Peixes.
  • Aparentemente, o Mestre Ares enviaria Milo para recuperar a Armadura de Sagitário e matar a jovem Saori Kido e os Cavaleiros de Bronze, porém, quando Aiolia de Leão se ofereceu, o Mestre Ares resolveu enviá-lo na missão ao invés de Milo, pois queria descobrir se o Cavaleiro de Leão realmente estava do seu lado.
  • Como dito na Saga de Poseidon, Milo acredita que, se ele unisse suas forças com Aiolia, ambos poderiam derrotar todos os sete Generais Marinas de Poseidon com facilidade.
  • A técnica "Agulha Escarlate" de Milo pode ser desferida lentamente, agulha por agulha, quando o mesmo deseja torturar o oponente por mais tempo (como visto nas lutas contra Hyoga e Kanon) ou pode ser desferida todas as 14 agulhas de uma só vez na intenção de derrotar o inimigo logo de princípio, sendo essa segunda variação utilizada somente na luta contra o Juiz do Inferno Radamanthys de Wyvern, na Saga de Hades. Milo também é capaz de derrotar inimigos "mais fracos" com apenas poucas "Agulhas Escarlate" (como o espectro no Cocyto), como ele relatava no seu combate contra Hyoga.
  • Milo possui uma grande amizade com Camus, desde a época de seus treinamentos (Milo e Camus já lutaram juntos contra um Giga no Episódio G). Devido a isso, Milo disse que não mataria Hyoga pelo grande respeito que tem a Camus. Inclusive, Camus contou somente para Milo que não gostaria de matar Hyoga na Casa de Libra, e sim, fazer um teste para ver o quanto o Cavaleiro de Cisne era determinado e qual é a sua capacidade como Cavaleiro (se é capaz ou não de despertar o 7º sentido), mostrando ter uma grande confiança pelo Cavaleiro de Escorpião, pois essa atitude do Cavaleiro de Aquário era contrária as ordens do Grande Mestre, que exigia o extermínio dos Cavaleiros de Bronze, sem hesitação. A decepção que Milo teve ao ver seu melhor amigo do passado aparentemente aliado a Hades, fez com que o Escorpião o enforcasse quase até a morte, embora tenha entrado em prantos ao fazer isso.

Trajes

Predefinição:Trajes

Outras Versões

Milo (Episódio G)
Episode G
Milo (Legend of Sanctuary)
Legend of Sanctuary
Milo (Saintia Sho)
Saintia Sho
Milo (Soul of Gold)
Soul of Gold

Referências

  1. Enciclopédia Cavaleiros do Zodíaco

Navegação

Cavaleiros de Atena
Deus
Grandes Mestres
Cavaleiros e Amazonas de Ouro
Cavaleiros e Amazonas de Prata
Cavaleiros e Amazonas de Bronze
Cavaleiros e Amazonas de Patente Desconhecida
Cavaleiros e Amazonas de Aço
Cavaleiros e Amazonas sem Constelação
Soldados, Aprendizes e Subordinados

Iniciar uma Discussão Discussões sobre Milo de Escorpião

  • Qual o potencial destrutivo do Milo de Escorpião?

    4 mensagens
    • Uno Gomes escreveu: Eu acredito que todos os Cavaleiros de Ouro possuem o "nível básico" de "potencial destrutivo&quo...
    • Eu não acho que chegue a nível planetário/ estelar, pois se nem a Exclamação de Atena (poder de três Cavaleiros de Ouro juntos) chega a e...

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.