FANDOM


Mu é o Cavaleiro de Ouro de Áries, que protege a Casa de Áries no Santuário.

Histórico

Armadura de Cavalo Menor

Mu se recusa a restaurar a Armadura de Cavalo Menor

Mu se recusa a restaurar a Armadura de Cavalo Menor

Shinato e Mirai vão ao encontro Mu, em Jamiel, para que ele restaure a Armadura de Cavalo Menor. Ao chegarem lá, Mu se recusa a restaurá-la, pois ela pertence a Shoko, aquela que nasceu sob a estrela da deusa do mal, cuja existência ameaça a vida de Atena.[1] Shinato diz que Shoko tem uma forte vontade e força para combater seu destino amaldiçoado e que está certo de que sua presença será a chave para a luta de Atena. Em seguida, Shinato implora para Mu restaurar a Armadura de Cavalo Menor para que Shoko possa usá-la uma vez mais.[1]

Mu decide restaurar a Armadura, entretanto, a destruição nela é tão grande que ela está em um “estado morto”. Mu diz que para revivê-la, é necessária uma grande quantidade de sangue, de alguém que desperta o cosmo, em outras palavras, um Cavaleiro. No entanto, para reviver a Armadura de uma Saintia, Mu precisa do sangue de uma mulher e diz que entre Shinato e Mirai, a única que pode oferecer seu sangue, é Shinato, revelando seu verdadeiro sexo para Mirai, que não sabia que Shinato é uma mulher.[2] Depois de reviver e restaurar a Armadura de Cavalo Menor, Mu a entrega para os dois discípulos de Mayura de Pavão.[2]

Após a Batalha das Doze Casas

Mu e e os outro Cavaleiros

Mu e os outros Cavaleiros

Após a batalha das Doze Casas do Zodíaco, Mu aparece dizendo para Saori que a vitória é dos Cavaleiros de Bronze, que acreditaram nela. Ele e os outro Cavaleiros juram que lutarão para protegê-la, a paz e a justiça na terra também.[3] Posteriormente, Mu aparece no Templo de Atena, dizendo para Saori que Saga, aquele que se apoderou do Santuário como o Grande Mestre, sofria de dupla personalidade, que ao que parece, o conflito entre o bem e o mal era algo muito forte para Saga.[3] Também diz que sem dúvidas, a luz do Escudo de Atena expulsou a grande maldade do interior de Saga e que no final, é possível que Saga fosse quem mais sofreu durante a batalha, oscilando entre o bem e o mal.[3]

Posteriormente, Mu pergunta a Saori onde ela está indo. Ele diz que logo amanhecerá e que se nota que ela está exausta tanto fisicamente como emocionalmente. Mu pergunta se ela não prefere descansar um pouco mais em seu templo.[4] Saori responde que não pode fazer isso, pois no leste da terra, apareceu um cosmo maligno e que além disso, a Estrela Repulse, que supostamente havia desaparecido, brilha novamente. Mu pergunta se ela irá se dirigir para este local e Saori responde que sim, pois as Saintias estão lutando lá.[4]

Milo aparece e diz que seria ainda pior se Atena fosse para o território inimigo e que é provável que estejam esperando-a com algum tipo de armadilha mortal. Saori alega que como Atena lhe falta experiência, que está ali graças as Saintias e que não pode simplesmente ignorá-las.[4] Mu pede para que Saori não os interprete mal, pois eles não estão contra ela e que é exatamente por esse espírito nobre e valente que os Cavaleiros de Bronze acreditaram e lutaram por ela.[4]

Aiolia aparece dizendo que os sentimentos de Saori têm sido transmitidos a todos os Cavaleiros de Ouro e que por isso, estando cientes do perigo, eles pretendem acompanhá-la.[4] Mu diz a Saori que ela passou muito tempo vivendo como dona de uma grande empresa e que pode ser que demore um pouco a se familiarizar com o ambiente do Santuário, mas que não tem porque ela lutar sozinha. Mu pede que, assim como ela fez com os Cavaleiros de Bronze e as Saintias, ela confie e conte com eles.[4]

Templo de Éris

Mu e Kiki SS SS

Mu e Kiki

Mu aparece ao lado de seu discípulo, Kiki, observando o Templo de Éris. A barreira ao redor do Templo, criada por Atena, começa a desaparecer e Kiki pergunta a Mu se ele acha que algo aconteceu com ela.[1] Mu pede para Kiki não se aproximar mais do Templo de Éris e que retorne a Jamiel, pois ele não gostaria de atacar seu discípulo caso se torne alvo das sementes da discórdia. Kiki vai embora, mas antes, pede para que Mu tenha cuidado.[1]

Após Shoko vencer Mania de Loucura, Atë de Ruína ataca ela e Saori, que está desmaiada. Quando estavam prestes a serem atingidas pelo ataque de Atë, Mu aparece e as defende com sua Muralha de Cristal, dizendo que não se impressiona nenhum pouco com Shoko abaixando sua guarda só porque venceu um inimigo e que ela não está apta para ser a escolta de Atena.[1]

Ao ver os poderes telecinéticos de Mu, Atë comenta que esse é um poder apropriado para a aparência serena do Ariano.[5] Em seguida, Atë ataca Mu com longos e grossos espinhos, que são parados facilmente pela telecinesia de Mu, que pergunta a dríade o que Éris fez com Atena. Atë responde que não sabe o que ela fez, mas que o poder atual de Éris está aumentando em quantidades impressionantes e que remover a alma de Atena e selá-la deverá ser um tanto fácil.[5]

Mu envolve o corpo de Atë

Mu envolve o corpo falso de Atë com os espinhos que ela lançara nele

Mu diz que não pode continuar perdendo tempo com um boneco de madeira e, usando sua telecinesia, envolve o corpo falso de Atë (o verdadeiro está dentro do Templo de Éris) com os espinhos que a dríade lançara contra ele.[5] Atë diz que não esperava menos de um Cavaleiros de Ouro e que todos eles têm uma boca insolente. Ela diz que assim como Éris, o seu poder e o das outras dríades está diferente de antes. Logo depois, o corpo falso de Atë desaparece. Em seguida, Shoko agradece a Mu, mas este diz que ela não precisa agradecê-lo e comenta que ouviu dizer que o usuário da Armadura de Cavalo Menor tem o poder de se contrapor a deusa do mal, mas que esse fardo parece ser muito pesado para Shoko.[5]

Após conversar com Shoko, Mu teletransporta a Saintia para a entrada do Templo de Éris e permanece ao lado de Saori para protegê-la.[5] Logo depois, Mayura, através da Telepatia, agradece a Mu por ele ter ajudado sua discípula, mas o Cavaleiro de Áries diz que ela não precisa agradecê-lo, pois ele pode ter acelerado a morte dela. Mayura diz que estar no limiar sempre foi o caminho dos Cavaleiros, assim como os Cavaleiros de Bronze que se opuseram a Saga.[5]

Pouco tempo depois, Mu, que permanece ao lado de Saori, percebe que a dispersão das sementes parou e questiona se Aiolia e Milo conseguiram. Em seguida, o Cavaleiro de Áries se pergunta o que irá acontecer com a energia acumulada pela Árvore do Templo de Éris e tem um mal pressentimento.[6]

Mu se questiona

Mu se questiona se o objetivo de Éris está completo

Posteriormente, Mu e Mii, que estão com Saori, aparecem observando Saga, que aparece com um novo traje.[7] Em seguida, os cosmos de Éris e Saga ascendem ao céu juntamente com os espíritos maus, fazendo Mu se questionar se o objetivo de Éris está completo. Ao ver Mii preocupada com Saori, Mu pede para que ela fique calma e diz que a alma de Atena ainda está viva e que ela continua se opondo ao poder de Éris, mas que o poder de Éris é muito superior ao de Atena. Mii pergunta a Mu o que eles devem fazer e Mu responde que tudo que podem fazer é acreditar no poder de Atena e dar o máximo de si para protegerem a terra com todo o seu poder.[8]

Templo da Lua

Na Casa de Áries, Katya pede a permissão de Mu para ir a Star Hill. O Cavaleiro de Áries diz que Star Hill é a área mais restrita do Santuário, que apenas o Grande Mestre vai lá e pergunta a Saintia o que ela quer em Star Hill. Katya responde que eles não têm meios de parar Éris já que Atena não está acordando e que pode haver uma pista em Star Hill.[8] Mu entende o que Katya disse, mas a questiona sobre a evidência sólida que a fez acreditar nisso. Katya então diz que foi a palavra de Saga.[8]

Mu permite a ida das Saintias

Mu permite a ida das Saintias a Star Hill

A Saintia revela que em certo momento, ela serviu Saga e que antes de sair do Santuário, ele lhe disse para dizer a Atena para ela visitar Star Hill, pois tudo está lá, seu grande pecado e algo que deve devolver a Atena. Katya diz que acredita nas palavras de Saga e que tem certeza de que há algo essencial para Atena em Star Hill.[8] Mu pergunta para Katya se ela tem certeza de que quer ir a Star Hill, já que é dito que chegar lá é difícil até mesmo para os Cavaleiros de Ouro, e ela responde que sim. Pouco depois, aparece a Saintia Erda de Cassiopéia, que diz que irá acompanhar Katya. Mu então permite a ida das duas Saintias a Star Hill, avisando-as de que a punição por quebrarem a regra será dada por Atena, não por ele.[8]

Posteriormente, Aldebaran comenta com Mu que as Saintias estão se mobilizando e pergunta ao Ariano se isso não tem problema, pois se elas perderem suas vidas inutilmente, Atena ficará triste. Mu diz para Aldebaran que ele é gentil e responde que para eles, basta se preocuparem com poder para lutar, pois eles não têm o direito de impedirem as Saintias, já que elas estão tentando proteger Atena à sua própria maneira.[9]

Ataque ao Santuário

O Santuário é ameaçado pelos fragmentos do Cometa Repulse. Um deles é destruído pelo Cavaleiro de Virgem.[10]

Mu conversando telepaticamente com os Cavaleiros de Ouro

Mu conversando telepaticamente com os Cavaleiros de Ouro

Preocupado com o repentino desaparecimento do Cosmo de Atena, Aiolia questiona o que pode ter acontecido. Telepaticamente, Mu revela aos Cavaleiros de Ouro que Atena foi capturada no território inimigo. Como as circunstâncias atuais são um pouco complicadas, Mu pede para os Cavaleiros de Ouro continuarem protegendo a Terra dos meteoritos advindos do Cometa Repulse. Aiolia questiona o porquê das circunstâncias serem tão complicadas e Shaka explica que é por causa do local onde Atena se encontra. A base do inimigo está em outra dimensão protegida por uma poderosa barreira, que impede até os Cavaleiros de Ouro de a atravessarem. Mu e Shaka procuram uma solução enquanto Aiolia, Aldebaran e Milo protegem a terra.[11]

Yomotsu Hirasaka

Mu aparece no Yomotsu Hirasaka

Mu aparece no Yomotsu Hirasaka

Posteriormente, Mu aparece no Yomotsu Hirasaka onde Erda de Cassiopéia luta contra Máscara da Morte de Câncer, que agora veste um traje vermelho como as Folhas de Éris.[12] Erda pergunta o porquê de Mu estar ali. Ele responde que o Sekishiki é a entrada para o Mundo dos Mortos e que está conectada à Terra. Mesmo quem não pode ir e vir livremente como Máscara da Morte consegue entrar lá. Como Máscara da Morte reviveu, Mu foi constatar se havia algum tipo de atividade dele no Mundo dos Mortos. O Cavaleiro de Câncer pergunta à Mu se ele veio ficar em seu caminho. Erda percebe que o traje de Máscara da Morte mudou de cor, tornando-se vermelho escuro como sangue, e pergunta a Mu o que está acontecendo. Áries responde que ele está despertando como um novo Dríade. Erda fica confusa porque ele surgiu do corpo dela.[13]

Mu explicando sobre a situação atual de MDM

Mu explicando sobre a situação atual de Máscara da Morte

Mu explica que, pensava-se que ele era apenas uma falsa imagem produzida pelo coração dela, mas Éris é uma deusa com o poder de interferir em seres incorpóreos (espíritos), ou seja, almas daqueles que guardaram ressentimentos. Ela apanha essas almas que estão vagando à beira da morte na entrada do Mundo dos Mortos, que são implantadas junto com as sementes malignas para se tornarem os corpos dos Dríades. Basicamente, elas são usadas como “núcleos” para controlá-los como marionetes. Máscara da Morte ri e diz que não está sendo controlado, ele age por conta própria. Ele diz também que essa vestimenta tingida de vermelho como sangue é a melhor para ele, que provoca o ódio nos humanos. A transformação da Folha está completa, agora ele se declara como Máscara da Morte de Punição.[13]

A colisão das técnicas de Mu e Máscara da Morte

A colisão das técnicas de Mu e Máscara da Morte

Mu dá um passo adiante e pede que Erda se afaste. O Cavaleiro de Áries eleva seu Cosmo e ataca Máscara da Morte com sua Extinção Estelar. Máscara da Morte contra-ataca com as Ondas do Inferno. As técnicas colidem, deixando Erda impressionada por eles estarem em pé de igualdade. De repente, os mortos começam a agarrar o corpo de Mu. Máscara da Morte ri e diz que seu poder de manipular “almas” atingiu seu auge, todos os mortos estão sob seu controle. Com a nova técnica de Máscara da Morte, Ondas de Destruição do Inferno, o Yomotsu Hirasaka começa a ruir, abrindo ainda mais a entrada que leva ao Mundo dos Mortos, sugando tudo como um buraco negro. Erda e as outras Saintias estão sendo sugadas, mas são salvas pela Muralha de Cristal do Cavaleiro de Áries, que ficou do lado de fora, exposto ao efeito do golpe de Máscara da Morte. Máscara da Morte ri da situação de Mu e diz gostar da ideia de ver o quanto Mu aguenta, já que seu golpe cria um vórtice que não vai parar até sugar todos para o Inferno. Então, para a surpresa dos dois, Erda rompe a Muralha de Cristal e avança.[13]

A explosão do Cosmo de Cassiopéia

A explosão do Cosmo de Cassiopéia

Erda grita para que Mu cuide de Shoko e suas amigas e avança contra Máscara da Morte, que ri e pergunta se ela quer morrer se atirando diretamente contra o tornado das Ondas de Destruição do Inferno. Porém, Erda não para, surpreendendo Máscara da Morte ao ir com tudo para o tornado. Erda diz que vai acabar com ele e ataca com seu novo golpe Chuva de Lava Ardente. Máscara da Morte fica surpreso pelas chamas dela ficarem mais forte devido ao tornado do golpe dele. Erda eleva seu cosmo querendo alcançar o cosmo final. As chamas cobrem Máscara da Morte completamente e Mu fica surpreso com a explosão em grande escala do Cosmo de Cassiopéia.[14]

Durante a batalha, Erda consegue cravar na testa de Máscara da Morte o enfeite de cabelo entregue por Ártemis, liberando uma luz forte que lança Erda para longe. Ela percebe que o corpo de Máscara da Morte foi tomado por uma luz e fica se perguntando se foi por causa do poder do enfeite, que acabou ficando ainda em sua mão. Ao abrir os olhos, ela vê que o corpo de Máscara da Morte sumiu e uma sombra está no lugar do corpo dele, usando seu traje. Erda pergunta quem é ele. A criatura diz ser Poine de Vingança, uma Dríade criada por Éris na era mitológica. Erda então percebe que o corpo dele foi destruído e se pergunta se a alma de Máscara da Morte desapareceu. Poine diz que não precisa mais do núcleo escolhido por Éris, a mãe dele, pois ele percebeu que Erda também tem qualidades muito boas. Ele diz sentir o cheiro de uma flor que ele gosta e resolve tomar a alma dela. Erda é presa por plantas e Poine diz que ela vai ganhar uma nova vida como serva de Éris. Erda não consegue se soltar. De repente, a Armadura de Ouro de Câncer surge para salvá-la.[14]

Mu deixando o Yomotsu Hirasaka

Mu deixando o Yomotsu Hirasaka

A Armadura se desmonta e cobre o "corpo" de Máscara da Morte, que derrota Poine de Vingança com as Ondas do Inferno. Após a derrota da Dríade, as almas das Saintias voltam para seus corpos. Mu se aproxima de Máscara da Morte e agradece, pois graças a ele, foi possível tomar algumas contramedidas contra o exército de Éris. Mu fala que Máscara da Morte pode ser um mau-caráter, mas tem seu lado mais suave quando quer. Máscara da Morte pergunta como se não tivesse entendido bem, mas Mu diz que não é nada e que sem sombra dúvidas a Armadura de Câncer lhe veste muito bem. Logo depois, Mu deixa o Yomotsu Hirasaka.[15]

Habilidades de Luta

Mu utilizando suas habilidades psíquicas

Mu utilizando suas habilidades psíquicas

Um poderoso Cavaleiro que luta utilizando habilidades psíquicas.[5] É um dos doze Cavaleiros mais poderosos do Exército de Atena.

Utilização do Cosmo: Mu utiliza o Cosmo como sua fonte de energia.

Sétimo Sentido: Como um Cavaleiro de Ouro, Mu domina totalmente a essência do Cosmo.

Capacidades Físicas Sobre-humanas: Como um Cavaleiro, Mu possui velocidade, agilidade, resistência e força sobre-humana.

Mu para os espinhos de Atë com sua Telecinesia

Mu para os espinhos de Atë com sua Telecinesia

Telecinesia: Mu possui poderes telecinéticos, ele pode facilmente parar ataques inimigos e levitar, manipular ou paralisar objetos e pessoas com sua telecinesia.[5]

Teletransporte: Mu pode se teletransportar e teletransportar outros indivíduos evolvendo-os com a sua luz.[12][5]

Telepatia: Mu pode receber e transmitir informações mentalmente.[11]

Restauração de Armaduras: Mu é capaz de restaurar as Armaduras.[1] No entanto, para reviver uma Armadura, ele precisa do sangue de um Cavaleiro ou de alguém que desperta o Cosmo.[2] Para reviver a Armadura de um Saintia, é essencial o sangue de uma mulher.[2]

Técnicas Secretas

Muralha de Cristal (Saintia Sho)

Muralha de Cristal

Extinção Estelar (Saintia Shô)

Extinção Estelar

Referências

  1. 1,0 1,1 1,2 1,3 1,4 1,5 Mangá Os Cavaleiros do Zodíaco: Saintia Shô - Volume 7, Capítulo 28
  2. 2,0 2,1 2,2 2,3 Mangá Os Cavaleiros do Zodíaco: Saintia Shô - Volume 7, Capítulo 30.5
  3. 3,0 3,1 3,2 Mangá Os Cavaleiros do Zodíaco: Saintia Shô - Volume 5, Capítulo 21
  4. 4,0 4,1 4,2 4,3 4,4 4,5 Mangá Os Cavaleiros do Zodíaco: Saintia Shô - Volume 6, Capítulo 22
  5. 5,0 5,1 5,2 5,3 5,4 5,5 5,6 5,7 5,8 Mangá Os Cavaleiros do Zodíaco: Saintia Shô - Volume 7, Capítulo 29
  6. Mangá Os Cavaleiros do Zodíaco: Saintia Shô - Volume 8, Capítulo 31
  7. Mangá Os Cavaleiros do Zodíaco: Saintia Shô - Volume 8, Capítulo 32
  8. 8,0 8,1 8,2 8,3 8,4 Mangá Os Cavaleiros do Zodíaco: Saintia Shô - Volume 8, Capítulo 33
  9. Mangá Os Cavaleiros do Zodíaco: Saintia Shô - Volume 8, Capítulo 34
  10. Mangá Os Cavaleiros do Zodíaco: Saintia Shô - Volume 10, Capítulo 42
  11. 11,0 11,1 Mangá Os Cavaleiros do Zodíaco: Saintia Shô - Volume 10, Capítulo 44
  12. 12,0 12,1 Mangá Os Cavaleiros do Zodíaco: Saintia Shô - Volume 11, Capítulo 49
  13. 13,0 13,1 13,2 Mangá Os Cavaleiros do Zodíaco: Saintia Shô - Volume 11, Capítulo 50
  14. 14,0 14,1 Mangá Os Cavaleiros do Zodíaco: Saintia Shô - Volume 11, Capítulo 51
  15. Mangá Os Cavaleiros do Zodíaco: Saintia Shô - Volume 11, Capítulo 52

Navegação