FANDOM


A Grande Batalha dos Deuses é o segundo filme da série Os Cavaleiros do Zodíaco, foi lançado em 1988.

Foi dirigido por um novo diretor, Shigeyasu Yamauchi, mostrando que a TOEI queria um diretor diferente do da série nos filmes.

História

O filme começa nas gélidas planícies da Sibéria. Um soldado desertor de Odin é perseguido e selvagemente atacado. Prestes a morrer, é salvo por Hyoga de Cisne que derrota os agressores que fogem. Hyoga comenta nunca ter vistos guerreiros como aqueles. Hyoga se volta ao soldado ferido, mas este delira dizendo que a batalha dos deuses iria começar.

O Cavaleiro de Cisne é então enviado a Asgard, a terra dos deuses do extremo norte da Europa, para colher mais detalhes, porém ao chegar lá desaparece misteriosamente. É quando Saori Kido, acompanhada dos Cavaleiros de Bronze, decidem ir a Asgard tentar descobrir o paradeiro de Hyoga. O grupo é recebido por Durval, o Representante do deus Odin na Terra.

Colocado a par da questão, Durval pergunta a Loki, um Guerreiro Deus, porém esse diz não haver recebido informações relacionadas com a visita de nenhum Cavaleiro. Saori explica a situação que teria levado Hyoga a Asgard, mas tanto Durval quanto Loki negam qualquer conhecimento do caso. Seiya de Pégaso suspeita da atitude de Loki, chegando a questioná-lo. Loki por sua vez intimida o Cavaleiro de Pégaso, emanando um pouco de seu Cosmo extremamente agressivo. Com os ânimos acalorados, Saori toma a saída, no mesmo instante em que surge Frey, acompanhado de sua irmã Freya. Frey sente uma ligação profunda com Saori, levando-o a dizer-lhe que aquela não era a primeira vez que os dois se encontraram.

(Asgard) Os Guerreiros Deuses de Durval

Os Guerreiros Deuses de Durval.

Enquanto deixam o Palácio Valhalla, o grupo tem o caminho barrado por um grupo de Guerreiros Deuses; Ur, Rung e Midgard. Todos emanam uma presença tão hostil quanto Loki. Por intermédio de Frey, no entanto, conseguem passar sem maiores entraves. Após isso, Saori e seus cavaleiros se hospedam na casa de Frey, onde escutam de Freya que deviam deixar Asgard o mais depressa possível, sem revelar exatamente o motivo.

Enquanto isso, Frey vai a presença de Durval conversar sobre suas suspeitas de que Loki estaria planejando uma batalha entre Asgard contra o Santuário de Atena, e o receio de que tal confronto arrasasse a humanidade. Durval finge tomar providência contra tal ato, somente para atacar Frey desprevenido e trancá-lo numa masmorra.

(Asgard) Durval não consegue tocar Saori

Durval não consegue tocar Saori.

Nesse meio tempo, o soldado que Hyoga resgatou, surge na casa de Frey, trazendo consigo a tiara danificada da Armadura de Cisne. O temor pela vida do companheiro é forte o bastante para fazer com que Shiryu de Dragão e Seiya de Pégaso saiam para procurá-lo. Inicialmente juntos, os dois decidem se separar para cobrir uma maior área. Outros soldados asgardianos vão a casa, onde estão Saori, Freya e Shun de Andrômeda, e informam que Hyoga havia sido encontrado. Um ardil criado por Durval para atrair Saori (Atena) para a morte. Sem conseguir destruí-la, Durval opta prender Saori numa outra realidade. Usando seu Escudo de Odin, Durval sela a deusa na Estátua de Odin, onde de lá jamais poderia sair.

(Asgard) Shiryu vs Hyoga

Shiryu vs Hyoga.

Shun, que permanecera nos arredores do Palácio Valhalla, tenta chegar até onde Saori está, mas é interceptado pelo Guerreiro Deus Ur, cujo golpe de sua espada, Corte de Luz, destrói a Corrente de Andrômeda, bem como a Armadura de Andrômeda. Ao mesmo tempo, Shiryu de Dragão se encontra com o misterioso Midgard, que logo revela ser Hyoga. Mostrando-se amistoso, Hyoga congela o braço direito de Shiryu, passando a atacar o amigo. O mesmo explica ter decidido servir e ser fiel a Durval e Odin, intimando Shiryu a lutar ou morrer. Hyoga ataca impiedosamente o ex-amigo, chegando mesmo a arrebentar a Armadura de Dragão. Sem escolhas, Shiryu lança o Cólera do Dragão, Hyoga seu Trovão Aurora Ataque. O dragão prevalece e Hyoga é lançado contra a parede do penhasco. Ambos perdem a consciência depois disso.

(Asgard) Ikki vs Rung

Ikki vs Rung.

A luta entre Shun e Ur caminha para o desfecho favorável ao Guerreiro Deus, decepcionado com o fraco desempenho do Cavaleiro de Andrômeda, quando Ur é atingido e derrotado pelo Ave Fênix. O Cavaleiro de Bronze Ikki de Fênix se junta ao irmão instante antes de outro oponente surgir; o Guerreiro Deus Rung. Atacando com seus poderosos Bumerangue Mjölnir, Ikki utiliza seu Golpe Fantasma de Fênix, conseguindo uma vitória temporária. Ikki acode o irmão, mas é surpreendido por Rung e ferido. O gigante se desequilibra e cai, levando junto Ikki e Shun.

Seiya de Pégaso invade o Palácio Valhalla, chegando até a Estátua de Odin, onde Saori está. Loki o esperava. Os dois iniciam um combate equilibrado, tendo o Cavaleiro de Bronze e o Guerreiro Deus praticamente a mesma força. Seiya sofre com o Ataque de Lobos e Tempestade de Odin, mas consegue prevalecer com o Turbilhão de Pégaso e derrota Loki. Durval surge na sequência, lamentando a atuação dos Guerreiros Deuses e se proclamando o novo senhor do Santuário.

(Asgard) Durval tortura Hyoga

Durval tortura Hyoga.

A batalha final é difícil para Seiya, que não consegue acompanhar Durval, cuja velocidade se equipara a dos Cavaleiros de Ouro. Eventualmente Shun de Andrômeda, Hyoga de Cisne (liberto da lavagem cerebral) e Ikki de Fênix se unem a luta, mas são derrotas. Quando Durval etstá prestes a matar Seiya, surge a Armadura de Sagitário que se adere a seu corpo. Seiya dispara seus Meteoro de Pégaso, ferindo Durval pela primeira vez na luta. Durval, porém, ri com satisfação, dizendo que sua morte não desfaria o feitiço que mantinha Atena selada. Hesitando executar Durval, Seiya recebe apoio de Frey, que tendo escapado da masmorra, encontrava-se escalando a Estátua de Odin para desfazer o feitiço de Durval. O maligno representante de Odin opõem-se veemente, e tenta impedir. Seiya acredita nas palavras de Frey e dispara a flecha, varando o peito de Durval, ao mesmo tempo em que Frey sacrifica-se para libertar Saori. A estátua de Odin e Durval são destruídos simultaneamente.

Pouco depois, nasce a colossal árvore Yggdrasil. Ela substitui a personificação maléfica da estátua de Odin, dando início ao que todos creem serem bons tempos.

Personagens

Personagens Principais
(Asgard) Saori Kido
Saori Kido
(Asgard) Seiya de Pégaso
Seiya de Pégaso
(Asgard) Shiryu de Dragão
Shiryu de Dragão
(Asgard) Hyoga de Cisne
Hyoga de Cisne
(Asgard) Shun de Andrômeda
Shun de Andrômeda
(Asgard) Ikki de Fênix
Ikki de Fênix
Personagens do Filme
(Asgard) Odin
Odin
DURVAL - REPRESENTANTE DE ODIN
Durval
LOKI - GUERREIRO DEUS
Loki
MIDGARD - GUERREIRO DEUS
Midgard
RUNG - GUERREIRO DEUS
Rung
UR - GUERREIRO DEUS
Ur
Outros Personagens
FREY
Frey
FREYA (FILME)
Freya
(Asgard) Soldados de Asgard
Soldados de Asgard
(Asgard) Soldado Barba-Ruiva
Soldado Barba Ruiva

Local de Combate

Asgard

Asgard é a terra santa dos deuses do norte. É um local muito frio, com relevo cheio de montanhas e desfiladeiros, o que dificulta o acesso de pessoas estrangeiras. Nos altos montes de Asgard se situa o Palácio Valhala, templo de Odin, onde atualmente residem os seus representantes. Atrás do Palácio possui uma gigantesca estátua erigida em homenagem ao Senhor de Asgard, Odin.

Trilha Sonora

  •  Joshō : Hokuō no Shinwa / 序章:北欧の神話
  • Asgard no anishimai / アスガルドの兄妹
  • Odin, jaaku naru shinzoku / オーディーン,邪悪なる神族
  • Tachiki-reta Yūjô / 断ち切られた友情
  • Mjolnir no hammer / ミニョルの鉄槌
  • Megami wo sukue ! / 女神を救え!
  • God Warrior tai Saint / 神闘士 対 聖闘士
  • Gold Cloth, fururin ! / 黄金聖衣,降臨!
  • Frey ~ Ai to seigi no yūsha / フレイ~愛と正義の勇者
  • Kamigami no tasogare - Ragnarok / 神々の黄昏-ラグナロック
  • Shūshō : Sekai-ju no ki no shitade / 終章:世界樹の木の下で
  • (Mishū Rokuhen) 12-kyū no genei / (未収録編)12宮の幻影
  • (Mishū Rokuhen) Andromeda Shun, sono tatakai / (未収録編)アンドロメダ瞬、その戦い
  • (Mishū Rokuhen) Maki-kara no datsude / (未収録編)魔城からの脱出
  • (Mishū Rokuhen) Soshite seisen no jidai ga... / (未収録編)そして聖戦の時代が…

Curiosidades

  • A GRANDE BATALHA DOS DEUSES - COR ALTERADA DAS ROBES
    Durante o trailer, é possível notar que as Robes usadas por Loki, Ur e Midgard eram azul-escuro, vermelho e verde respectivamente.
  • Masami Kurumada desenhou o visual dos personagens Durval, Loki, Frey e Freya. O visual dos dois últimos foi reutilizado na história dos Guerreiros Azuis no mangá, nos personagens Alexer e Natássia.
  • Foi um dos filmes mais populares dos Cavaleiros do Zodíaco, que serviu de base para a criação da Saga de Asgard.
  • Talvez por causa do novo diretor, o filme é inspirado na mitologia nórdica, desfocando um pouco da grega,.
  • Inicialmente lançado em VHS no Brasil. Posteriormente foi redublado e lançado em DVD.
  • Midgard-ConvertImage
    Segundo a revista Jump Gold Collection, a ideia original para Midgard era que seria um personagem totalmente novo. O visual não foi descartado e seu rosto foI usado em Hagen de Merak na Saga de Asgard.


Navegação