FANDOM


Clássico


As asas negras são um convite à morte. O dragão alado que comanda o mundo dos mortos.

Enciclopédia Oficial.

Estrela Celeste da Fúria, Radamanthys de Wyvern (天猛星ワイバーンのラダマンティス; Tenmōsei, Waibān no Ladamanthysu; Wyvern Rhadamanthys) é um dos três Juízes do Inferno na série Os Cavaleiros do Zodíaco, de Masami Kurumada.

Origem do Nome

Na mitologia grega, Radamanto é um juiz do inferno, assim como o personagem da série. Radamanto é responsável por julgar as almas vindas do continente asiático. Em grego, Radamanto se escreve como Radamanthys.

Características

Aparência

Masami Kurumada, o criador da série, baseou a aparência de Radamanthys na de Kraisto de Cruzeiro do Sul, um personagem criado para o filme O Santo Guerreiro. Ele é um homem loiro, de cabelos curtos arrepiados e possui uma estatura bem elevada. Outra característica sua que chama a atenção é que ele tem as sobrancelhas "emendadas", assim como Aldebaran de Touro.

Personalidade

Nascido na Inglaterra, Radamanthys (fosse qual fosse seu nome antes de virar servo de Hades) vivia como um ser humano normal até o despertar de sua 'estrela maléfica', quando foi convocado por Pandora e tornou-se um dos três Juízes do Inferno, os mais poderosos entre os 108 espectros. Ele protege a primeira esfera da 8ª Prisão do Submundo, chamada de Kaina.

O que lhe chama a atenção é que, entre os três juízes, e os demais Espectros, Radamanthys é sempre o único que reluta as ordens de Pandora, apesar de possuir um extremo respeito pela mesma.

Radamanthys também mostra muito desprezo ao poder dos Cavaleiros de Atena, mas também é capaz de reconhecer que eles poderiam se tornar um sério problema, se despertarem o oitavo sentido, principalmente os Cavaleiros de Bronze, já que eles possuíam Armaduras banhadas com o sangue de Atena, o que lhe daria acesso a passar pela Hiperdimensão e chegarem aos Campos Elíseos.

Histórico

Saga de Hades: Fase Santuário

Radamanthys se apresenta a Pandora

Radamanthys se apresenta a Pandora.

Radamanthys de Wyvern foi mandado de volta a Terra para

Radamanthys queima as Rosas Piranhas

Radamanthys destroe as Rosas Piranhas de Afrodite.

coordenar a invasão dos espectros ao Santuário de Atena. Inicialmente, sua missão era a de esperar doze horas e, caso os cavaleiros ressuscitados falhassem em matar Atena, seguir ao Santuário e terminar a tarefa. Ele duvida da capacidade dos renegados e pede a permissão de Pandora para ir ao Santuário. Ela recusa, dizendo que se deixassem como estava, em doze horas teriam a cabeça de Atena sem perder nenhum espectro. Mas Radamanthys não se convence e manda Zelos de Sapo enviar uma dezena de estrelas terrestres ao Santuário. Zelos o avisa sobre a fúria de Pandora, mas Radamanthys lhe diz que o mais importante é matarem logo Atena. Após isso, Radamanthys percebe que existem dois Cosmos se aproximando e decide ir até a parte de fora do Castelo para saber o que está acontecendo.

Radamanthys utilizando o Ondas do Inferno

Radamanthys utilizando o Ondas do Inferno.

Radamanthys derrota Afrodite e Máscara da Morte-0

Radamanthys derrota Afrodite e Máscara da Morte.

Após Afrodite e Máscara da Morte se defenderem da técnica Extinção Estelar de Mu de Áries (eles escodem suas presenças para que nem Mu ou Shion percebam, e saem do Santuário), os cavaleiros renegados foram em direção ao Castelo de Hades, objetivando mata-lo, quando são surpreendidos por Radamanthys, que os derrota com sua Destruição Máxima e os atira de volta. No OVA, o juiz utiliza o Ondas do Inferno e transfere a luta para a colina de Yomotsu Hirasaka. Eles lutaram usando 10% do seu poder graças a barreira de Hades. No mangá, primeiro ele derrota Máscara da Morte e Afrodite, depois ele conversa com Zeros e Pandora. Após derrotar Máscara da Morte e Afrodite, Radamanthys esnoba a força dos Cavaleiros de Ouro, dizendo que qualquer soldado de Hades poderia ser superior a eles.

Radamanthys castiga Aiolia de Leão

Radamanthys castiga Aiolia de Leão.

Após descobrir que todos os dezessete espectros morreram pelas mãos de cavaleiros, Pandora se enfurece e quase mata Radamanthys, mas acaba perdoando-o e resolve lhe dar mais uma chance.

Com Atena morta e passadas as doze horas, Aiolia de Leão, Mu de Áries e Milo de Escorpião invadem o Castelo de Hades, mas Radamanthys intercepta o caminho do trio e os castiga, que só podiam usar 10% de seu poder total devido à condição imposta pela barreira do Hades. Radamanthys demostra possuir um grande poder dentro da barreira, sendo nem sequer arranhado por nenhum dos 5 Cavaleiros de Ouro que havia enfrentado até o momento.

Radamanthys é cercado por Shiryu, Hyoga e Shun

Radamanthys é cercado por Shiryu, Hyoga e Shun;

Radamanthys é atingido pelo Cometa de Pégaso

Radamanthys é atingido pelo Cometa de Pégaso.

Seiya, Shun, Shiryu e Hyoga interferem na batalha, mas mesmo podendo usar todo seu poder não são páreo para Radamanthys, que demonstra surpresa em ver que os quatro mantinham sua força original (devido ao sangue de Atena em suas armaduras). Pandora percebe que Atena pretende atacar Hades no Submundo e ordena que todos os espectros recuem e saiam do castelo.

A batalha no Castelo tem desfechos diferentes no Anime e no Mangá:
No Mangá, Valentine de Harpia, Queen de Alraune, Gordon de Minotauro e Sylphid de Basilisco aparecem e atacam os Cavaleiros de Bronze, permitindo a Radamanthys que mergulhe no buraco que leva ao inferno, no final Seiya acaba caindo no buraco junto com Valentine. No Anime, Seiya agarra-se a Radamanthys, despertando o Oitavo Sentido, e caindo no abismo junto com ele.

Saga de Hades: Fase Inferno

Radamanthys e Lune

Radamanthys e Lune.

Kanon se encontra com Radamanthys e Lune

Kanon se encontra com Radamanthys e Lune.

No Inferno, Radamanthys encontra Kanon de Gêmeos que, após matar Lune de Balron, desafia o juiz. Radamanthys investe contra o geminiano, mas este se desvia dizendo que seu corpo estava mais leve pois não havia barreira lá. Kanon provoca Radamanthys dizendo que se não fosse pela barreira de proteção do Castelo, que diminuiu o poder de Mu, Miro e Aioria a 10%, eles jamais perderiam para alguém como ele. Logo em seguida, Radamanthys ataca Kanon com a Destruição Máxima, deixando-o atordoado. O juiz se prepara para finalizar a luta, mas Kanon é mais rápido e o paralisa dizendo que usará a lendária técnica Satã imperial para fazer Radamanthys matar Hades com suas próprias mãos. Quando Kanon prepara-se para usar sua técnica, vários servos de Radamanthys aparecem e lhe dizem que Pandora gostaria de vê-lo imediatamente. O juiz se retira da luta e segue a Giudecca, avisando aos espectros que não ataquem Kanon, pois estes não teriam chance contra ele. Mesmo assim, os espectros o atacam, sendo derrotados por sua Explosão Galáctica.

A batalha entre Kanon e Radamanthys é interrompida pelos espectros

A batalha entre Kanon e Radamanthys é interrompida pelos espectros.

A razão pela qual Pandora chamou Radamanthys era a de ouvir a um concerto de Orphée de Lira e enganar Hades, fingindo que não haviam invasores para manter a mente do deus focada no Grande Eclipse. Radamanthys é extremamente contra a ideia, mas acaba obedecendo. Com sua Serenata da Viagem da Morte, Orphée faz com que Pandora, Minos de Griffon, Aiacos de Garuda durmam profundamente, mas quando vai atacar o deus, Radamanthys atravessa seu peito com um soco, fatal para o lendário Cavaleiro de Prata.

Radamanthys e Orphée são atingidos pelos Meteoros de Pégaso

Radamanthys e Orphée são atingidos pelos Meteoros de Pégaso.

Seiya e Shun, que estavam escondidos, aparecem e Orphée segura Radamanthys com seu Acorde Perfeito para que Seiya pudesse atacá-lo com seu Meteoro de Pégaso. Orphée morre em decorrência dos golpes, mas Radamanthys se levanta e quase mata Seiya, mas é parado por Shun, que havia sido possuído por Hades. Seiya fica perplexo e tentando não acreditar que Shun se tornou Hades é atacado por Radamanthys, sendo o derrotado e mandado ao inferno de gelo do Cocyto.
Kanon usa a Explosão Galáctica num ataque suicida para matar Radamanthys

Kanon usa a Explosão Galáctica num ataque suicida para matar Radamanthys.

Radamanthys vs Kanon

Radamanthys vs Kanon.

Radamanthys joga Seiya em Cocyto, o rio congelado do Submundo, e retorna a Giudecca. Pouco tempo depois, encontra Kanon na Quinta Prisão e começa uma luta, mas leva desvantagem, precisando ser salvo por Minos de Griffon e Aiacos de Garuda. Os dois castigam Kanon com seus golpes, mas quando gêmeos está à beira da morte Ikki de Fênix aparece para salva-lo. Aiacos tenta atacar Ikki, mas é facilmente derrotado por Fênix, que é teleportado para a Giudecca por Pandora. Após perceber que Ikki estava enfrentando o seu próprio irmão Shun, que havia sido possuído pela alma de Hades, Kanon resolver ir embora deixando Minos e Radamanthys para trás. Após isso, Minos vai à caça de Seiya, Shiryu e Hyoga, deixando Kanon por conta de Radamanthys.

Passado algum tempo, Radamanthys e Kanon se encontram mais uma vez. O Espectro ataca Kanon com a sua Destruição Máxima, causando danos letais ao corpo mesmo quando ele manda a Armadura de Gêmeos para o renascido Saga de Gêmeos, o cavaleiro que já acreditava ter cumprido a sua missão, resolve aplicar uma versão suicida da Explosão Galáctica em Radamanthys, que acabou pulverizando os dois.


Aparições em Jogos

Radamanthys de Wyvern, faz aparições em vários jogos de Saint Seiya, inclusive no jogo da Saga de Hades, produzido para o console PlayStation 2, Saint Seiya: The Hades, mostrando suas técnicas de combate. Sua presença também é confirmada futuramente no jogo Brave Soldiers.

Habilidades de Luta

Radamanths destrói a Muralha de Cristal

Radamanthys destrói a Muralha de Cristal.

Durante a Fase do Santuário, Radamanthys mostrou-se inabalável dentro da barreira de proteção do Castelo de Hades, que reduz o poder dos Cavaleiros de Atena a 10% mesmo que estejam usando Sobrepelizes de Hades, como Máscara da Morte e Afrodite (Os únicos a não serem atingidos pela barreira foram os Cavaleiros de Bronze, pois estavam com as suas armaduras protegidas pelo sangue de Atena). Dentro da barreira, Radamanthys mostrou ter capacidade de voar, atacando com poderosas com Rajadas de Cosmo, tendo sido capaz de destroçar grande parte do Castelo. Além disso, conseguiu se defender da Tempestade Nebulosa de Shun, o Trovão Aurora Ataque de Hyoga e o Cólera do Dragão de Shiryu, ao mesmo tempo sem sofrer um arranhão sequer. Só foi atingindo em cheio por um golpe pela primeira vez, quando Seiya de Pégaso, que estava começando a despertar o seu Oitavo sentido, atingiu-o com o Cometa de Pégaso. Mesmo assim, sua Sobrepeliz de Wyvern pode se regenerar instantaneamente do dano.

Radamanthys resiste ao Acorde Perfeito de Orphée

Radamanthys resiste ao Acorde Perfeito de Orphée.

Já no Inferno e fora da barreira, mesmo não alcançando o mesmo nível de poder de antes, ele demostrou ser provido de muita força física, sendo sua Rajada de Cosmo poderosa suficiente para sobrepujar até uma Armadura de Prata (como a Armadura de Lira, de Orphée) e destruir parte da Armadura de Pégaso de Seiya, embora a mesma estivesse protegida pelo sangue de Atena. Além disso, Radamanthys mostrou ter uma resistência física notável, visto que conseguiu resistir ao Acorde Perfeito de Orphée, e aos Meteoro de Pégaso de Seiya e também sobreviveu a primeira Explosão Galáctica de Kanon, mesmo estando ferido de sua batalha anterior (contra Orphée e Seiya), só sucumbindo na segunda variação "suicida" do golpe que Kanon usou posteriormente, que acabou aniquilando ambos.


Técnicas Secretas

Destruição Máxima -(1 versão)

Destruição Máxima


Curiosidades

  • No anime, Radamanthys consegue utilizar a técnica Ondas do Inferno, uma propagação de ondas espirituais que atinge a alma do oponente enviando-o ao famoso "Yomotsu Hirasaka", a lendária colina que leva ao Submundo, utilizada contra Máscara da Morte de Câncer e Afrodite de Peixes, mas como esta técnica não está no mangá e não é reconhecida pela maioria dos fãs, mesmo aparecendo no anime, a técnica não estará listada na lista de técnicas especiais. Curiosamente, a técnica era praticamente idêntica a de Máscara da Morte de Câncer, que foi uma de suas vítimas.