FANDOM


Este artigo é sobre a titânide da série Saint Seiya - Episode.G. Se você procura pela pallasita da série Omega, visite Rhea

Reia
SSReaG.png
Nome
Original レア
Romanização Rea
Dados Gerais
Classificação Titânide
Sohma Katar
Divindade Cronos
Dados Pessoais
Raça Deus
Gênero Feminino
Tipo Sanguíneo Ikhor
Dados do Treinamento
Dados do Mangá/Anime
Estréia Ep. G - Capítulo 26

Reia (レア, Rea) é uma das seis Titânides liberadas junto com Oceano e Créos de Galáxia durante o século XX. Ela é esposa de Cronos e mãe de diversos deuses do Olimpo.

Origem do nome

Reia (em grego: Ῥέα), significa "fluxo", é o nome do homólogo mitológico da personagem, que representava a fertilidade feminina, na forma de menstruação e do parto.

Na mitologia grega, antiga deusa de origem pré-helênica, associada à cultura cretense e aos ritos agrícolas, filha de Urano (céu) e de Gaia ou Géia, o casal primordial, céu e terra, sendo, por isso, uma das Titãs ou Titânides, mãe de todos deuses do Olimpo, conhecida como Mãe dos Deuses e a própria Terra. Foi irmã e esposa de Cronos e mãe da maior parte dos deuses de primeira grandeza como DeméterHades,HeraHestiaPoseidon e Zeus.

Características

Aparência

Rea é uma mulher bonita com um longo cabelo cor celeste ( branco em algumas ilustrações) em suas terminações têm extremidades de redemoinho, dando-lhe um aspecto "esponjoso " em seu cabelo similar a uma nuvem. Ela tem uma um rosto maduro e tranquilo, olhos vermelhos, embora muitos mais calmo do que seus irmãos, e pele escura. Reia quase sempre mantém os olhos fechados.

Personalidade

Rea é extremamente fria e séria, com um espírito calmo e hermético. Ela não é o tipo de mulher que se permite alterar em qualquer situação. Inteiramente leal a seu marido e rei, Cronos,

Reia nunca traiu ele nunca perdoaria quem o ofendesse. Apesar de sua

Rea.png

A serenidade de Reia

disposição estoica, ela ama de coração seu marido e sempre olha por ele .

Histórico

Não se sabe muito sobre Reia. Diferentemente do que é mostrado na mitologia, ela, as outras Titânides e Oceano lutaram contra os deuses do Olimpo na Titanomaquia, e por isso ela também foi selada no Tártaro.

Reia é a esposa de Cronos e, por conseguinte, a mãe de Zeus, Poseidon e Hades. Mesmo assim, ela parece ser uma Titânide misteriosa que permanece completamente leal ao seu esposo. E embora seja capaz de reconhecer a força de um ser humano, ainda não tolera um humano que tenta superar os deuses.

Depois que Cronos é liberado, ela aparece imediatamente na estátua de Atena para proteger o seu esposo, que está indefeso no momento. Depois disso, ela ataca Aiolia de Leão e Shura de Capricórnio com sua Ge Python. De volta ao Labirinto de Cronos, ela o ensina como usar seu Sohma. Durante a invasão dos Cavaleiros de Ouro, ela permanece no Labirinto, enfrentando Camus de Aquário com os monstros que invocou. Depois, ela aparece transformada em pedra. Não e soube o motivo de que ela ter se transformada em pedra

Habilidades de luta

Reia tem a capacidade de invocar através da criação seres diferentes de acordo com seu desejo. É uma capacidade única está intimamente ligada ao seu papel como " Deusa Mãe " ( Progenitora da vida ) mitologicamente falando. Ela aparece com um lagarto enorme totalmente coberto em chamas, quadrúpede e capaz de cuspir enormes bolas de fogo. A sua Sohma tem a forma de uma Katar.

Técnicas especiais

GePython.png Serpente Celeste
(Ge Python - 天地乃蛇 - ゲー ピュートーン, 'Tenchi no Hebi - GE Pyuutoon)
Réia é capaz de criar com o seu Cosmo enormes serpentes de pedra. Réia parece se importar pelo menos um pouco pelas cobras. Réia sente a presença das cobras, então percebe quando um dos monstros é derrotado e os torna mais fortes, ligando-as em um único ser com múltiplas cabeças assemelhando-se à mitológica Hidra de Lerna. O sangue da Python Ge é um veneno corrosivo, que queima ao entrar em contato. Cada cabeça cortada é imediatamente regenerada e o monstro só pode ser derrotado se a cabeça principal for destruída.
Salamandrafogo.jpg Salamandra de Fogo
(炎蜥蜴 - Honoo Tokage)
Réia enfeitiça um pequeno anfíbio que se transforma em uma enorme salamandra, capaz de lançar um jato de chamas. Esta criatura tem vários metros de comprimento e é muito maior do que um homem. A Salamandra pode cuspir enormes jatos de fogo que rivalizam com o poder da Execução Aurora de Camus.

Curiosidades

  • Reia aparece no Episódio G como mãe de Zeus e e mãe de Hades na série clássica, no entanto, não é mencionado como a mãe de Poseidon ainda na série , embora certamente também seja.
  • A Reia apresentada em Saint Seiya Episódio G é bem diferente de seu homólogo mitológico, principalmente a nível de personalidade. Reia mitológica é uma deusa mãe, uma divindade que coloca o seu amor materno acima de tudo, que sempre se inclinou para Zeus. Mas Reia do Episódio G não tem essas características - é uma mulher fria que com uma lealdade cega a seu marido, e aversão para os seus filhos e os Olimpianos .
  • Ela não odeia os seres humanos. Só não quer que esqueçam o seu lugar e que eles devem respeitar os Deuses. Além disso, ele não tem nenhuma hostilidade e até mesmo reconhece a sua força, mas não tolera a crença de que podem superar um Deus.
  • No Episódio G , é considerada como a mãe da vida , devido o fato de ser a mãe dos deuses do Olimpo.
  • No Tarot Oficial do Episódio G, Reia recebeu o título de " A imperatriz".
    Rhea01-1-.jpg

    A imperatriz

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória