FANDOM


Shiryu de Libra (Ω)
Shiryu de Libra
天秤座の紫龍
LibraShiryuperfil--fair--
Nome
Romanização Laibura no Shiryū
Outros Nomes O Cavaleiro Lendário Shiryu
Dados Gerais
Classificação Cavaleiro de Bronze (anteriormente)
Cavaleiro de Ouro
Mestre dos Cinco Picos Antigos
Armadura Armadura de Dragão (anteriormente)
Armadura de Libra
Constelação Libra
Divindade Atena
Dados Pessoais
Raça Humano
Gênero Masculino
Idade 39 anos
Signo Libra
Peso 53 kg
Tipo Sanguíneo A
Local de Nascimento Japão
Séculos Ativo(a) Século XX
Século XXI
Dados do Treinamento
Local de Treinamento Cinco Picos Antigos, China
Mestre Mestre Ancião
Aprendizes Ryuho de Dragão
Dados do Mangá/Anime
Estréia Anime (Ω): Episódio 19
Seiyū Ken Narita
Dublador Élcio Sodré

Antigo Cavaleiro de Bronze da constelação de Dragão e pai de Ryuho. O lendário Cavaleiro que lutou junto com Seiya. Teve seu corpo prejudicado pela luta contra Marte, mas recuperou-se após a batalha final de Kouga e os outros no planeta Marte. Ao prever a vinda de oponentes malignos, impôs um rígido treinamento a Ryuho que havia perdido sua vontade de lutar ao voltar para seu lar em paz. Devolveu a Armadura de Dragão para Ryuho, que recusava-se a se tornar novamente Cavaleiro de Dragão. Manteve a posição de encorajar o crescimento de seu filho, retirando-se da linha de frente da batalha, mas seu cosmo está em boas condições. Ele luta contra Pallas através do uso da Armadura de Ouro de Libra.

Descrição do personagem no site da Toei

[1]

Shiryu de Libra (天秤座の紫龍, Laibura no Shiryū), mas também referido por seu antigo título, Shiryu de Dragão (龍星座の紫龍, Ryū no Shiryū), é o atual Cavaleiro de Libra que, por seus feitos como Cavaleiro de Bronze no século XX, atingiu o status de Cavaleiro Lendário. Já no século XXI, após a primeira Guerra Santa contra Marte, Shiryu sucedeu seu mestre como Cavaleiro de Ouro, mas após a segunda guerra contra o Deus da Guerra, Shiryu teve que se aposentar como Cavaleiro devido as Marcas das Trevas terem lhe acometidos seus sentidos, sendo substituído por seu colega Genbu. Neste período, Shiryu se tornou mestre dos Cinco Picos Antigos e se casou com Shunrei, tendo com ela um filho chamado Ryuho, que veria ser seu sucessor como Cavaleiro de Dragão. Após a guerra final contra o Deus da Guerra e a morte de Genbu durante a Guerra Santa contra a deusa Pallas, Shiryu retomou seu posto como Cavaleiro de Libra.

Origem do Nome

"Shiryu" é escrito com os 2 kanji: 紫 (Shi, roxo ou violeta) e 龍 (Ryuu, dragão), que significa "Dragão Roxo" ou "Dragão Púrpura". Tal nome enfatiza a atribuição à sua antiga constelação: Dragão.

O fato de que em Ômega ele ter enfim ter se tornado um Cavaleiro de Libra também esta relacionado com seu nome, pois a cor violeta pode representar as flores de lavanda da paisagem de Rozan e tal cor também representa o símbolo entre a frieza do azul e o calor do vermelho, demonstrando por sua vez o equilíbrio entre essas cores. Esse equilíbrio, como tal, também pode ser comparável a balança que o signo de Libra representa.

Características

Aparência

Shiryu14

Shiryu sem sua armadura em Ômega

Shiryu é um homem alto, de pele branca e olhos azuis esverdeado, com longos cabelos escuros cuja as pontas batem em suas pernas e que fazem uma grande franja sobre sua testa. Enquanto não esta usando sua armadura, Shiryu usa um sobretudo com calças chineses lilas claro com as mangas roxas puxadas e sapatos chineses escuros. Em seus antebraços, ele utiliza ataduras da cor branca e em suas costas, quando Shiryu eleva o seu cosmo ao máximo, aparece uma grande imagem de um dragão verde e branco, semelhante a uma tatuagem. Quando sua vida está em perigo, ela começa a sumir, sendo o sinal de que o cosmo de Shiryu está muito próximo da morte. No geral a aparência dele não mudou muito após 25 anos das Guerras Santas do século XX, no entanto tal como seus demais antigos amigos, ele adquiriu uma aparência mais madura, mas essencialmente igual a da série clássica.

Shiryu3

Shiryu em seu estado invalido

Após a segunda guerra santa contra Marte, Shiryu adquiriu as marcações das trevas em seu corpo e na região dos olhos, ficando novamente cego e passou a usar ataduras brancas para cobri-los. Após algum tempo, ele também passou a ter o habito de ficar sentado em posição de meditação semelhante a seu antigo mestre nos picos a frente das cachoeira de Rozan. Uma vez que Apsu foi derrotado, as marcações das trevas se dissiparam, devolvendo a visão para Shiryu.

Durante sua juventude em treinamento com o Mestre Ancião, Shiryu foi visto usando ataduras brancas em seus pulsos e não estava usando camisa.

Personalidade

Shiryu0101

Shiryu sendo comparado ao Mestre Ancião

Shiryu ainda é visto como o mais calmo e reservado dos Cavaleiros Lendários. Ele demonstra ter se tornado muito mais sábio que antes, adquirindo por sua vez mais um traço de seu antigo mestre, a qual ocasionalmente é comparado devido sua nobreza, lealdade para com seus amigos e a deusa Atena, sua vigilância nos Cinco Picos Antigos, seus deveres e imenso poder como Cavaleiro a qual os leva até ao ponto de lutar mais pela justiça do que para si mesmo, não se importando em sair seriamente ferido ou mesmo morto desde que seu objetivo seja cumprido. Tais atitudes o fizeram chegar quase ao mesmo patamar de Seiya na Palaestra como um dos mais guerreiros mais leais que Atena já teve.

Shunrei Omega 09

Shiryu com sua família

Por ter constituído família com Shunrei (sua admiradora de longa data desde a série clássica) e seu filho, Ryuho, Shiryu ser tornou um marido e pai amoroso para com seus entes queridos. Entretanto ele ainda valoriza e prioriza suas obrigações como Cavaleiro até que sua total invalidez o impedissem de cumprir suas obrigações. Neste estado, Shiryu passou a se dedicar a treinar e ensinar seu filho ainda mais afim de sucede-lo como Cavaleiro de Dragão afim de proteger Saori. Shiryu também estava disposto a sacrificar seu titulo e honra como um Cavaleiro ao utilizar a Exclamação de Atena, junto a Fudou de Virgem e Kiki de Áries, desde que pudessem barrar e vencer Hyperion, tudo para que seus amigos conseguissem ir em frente para vencer a guerra contra Pallas e salvar o mundo da ameaça de Saturno, demonstrando novamente seu dever com a justiça.


Shiryueparadox--DP--

Paradox com Shiryu

Shiryu também criou uma ligação com Paradox após salva-la do acidente fatal que ela sua família sofreram. Essa ligação se estendeu ao ponto de ensinar sua técnica principal para ela no Santuário de Atena, no entanto, desconhecido para ele era que Paradox adquiriu uma paixão obsessiva por ele, que por sua vez iria se estender para seu filho. Uma vez que a mesma traiu o Santuário e passou para o lado inimigo, Shiryu lamentou que ela tenha se tornado uma inimiga de Atena.

Entre ele e Genbu havia um alto grau de respeito mutuo, mas não só pelo fato de ambos terem tido o mesmo mestre, mas também por ambos se considerarem como irmãos de treino, a qual Shiryu é o mais velho e Genbu o mais novo. O respeito que Genbu tinha por Shiryu é tamanho que se sentia honrado por ser sucessor de seu "irmão mais velho" como Cavaleiro de Ouro de Libra e mais tarde, durante a Ruína da Água, só de sentir o Cosmo potente de Shiryu foi o suficiente para faze-lo partir sem atacar Ryuho e seus amigos que estavam protegendo a foragida Aria. Essa ligação foi tão grande que Shiryu também lamentou quando Genbu morreu e em honra ao seu nome, retornou ao posto de Cavaleiro de Libra. Ainda sobre perdas, tal como seus demais companheiros, Shiryu também chorou com a "morte" de Ikki.

Shiryu77

Shiryu cercado por pallasites rasos

Em batalha, Shiryu é descrito como muito disciplinado e controlado para com seus inimigos, como jamais ataca antes que seus oponentes demonstrem claramente que não exitaram em ataca-lo bem como também não cair em suas provocações. Ele também demonstrou ser muito destemido e confiante se suas habilidades, como não se importou em lutar sozinho contra dois dos Quatro Reis Celestiais de Marte ou sem sua armadura contra inúmeros pallasites rasos, bem como enfrentar dois dos grandes servos da deusa Pallas sem demonstrar nenhum temor.

Histórico

Passado
Artigo principal: Shiryu de Dragão
Vlcsnap-2013-12-23-14h23m31s116

Shiryu aprendendo com Mestre Ancião

Órfão, Shiryu foi recrutado ainda menino pela Fundação Graad para treinar com o objetivo de conquistar uma Armadura de Bronze. Após ser enviado à China, ele viria a treinar com Mestre Ancião e retornaria ao Japão com a Armadura de Dragão.

Junto dos outros órfãos que também se tornaram Cavaleiros, eles descobriram a verdadeira identidade de Saori Kido como a deusa Atena e ao lado de Seiya, Hyoga, Shun e Ikki lutaram contra o corrompido Santuário de Atena, vencendo os poderosos Cavaleiros de Ouro e despertando o Sétimo Sentido bem como salvando o Santuário. Durante as batalhas nas Doze Casas, Shiryu matou Mascara da Morte de Câncer e recebeu a lendária Excalibur de Shura de Capricórnio após vence-lo.

Posteriormente, Shiryu e seus companheiros lutaram nas Guerras Santas contra Poseidon e Hades, sobrevivendo a ambas e conquistando o título de Cavaleiros Lendários no inicio do século XXI.

Século XXI

Vinte e cinco anos depois das Guerras Santas do século XX, a Terra vivia um período de paz. Shiryu e seus amigos são altamente reconhecidos por seus feitos nas lutas anteriores e por sua devoção a Atena, sendo referidos como Cavaleiros Lendários.

Omega31 0621

Shiryu salvando os pais de Paradox

Em um ponto desconhecido do tempo, Shiryu salvou Paradox e seus pais quando a mesma ainda era criança de uma batida de carro e por te-la a salvo, ela passou a ter grande admiração por ele e resolveu ir para o Santuário a fim se tornar uma Amazona.

Em algum momento do tempo depois disso, Shiryu se casou com Shunrei e passou a ser o mestre guardião dos Cinco Picos Antigos de Rozan.

Primeira Guerra Santa contra Marte

Shiryu primeira guerra contra marte

Shiryu na primeira guerra contra Marte

Treze anos antes dos eventos da série, quando o deus da guerra romano, Marte, e seu exército de guerreiros chamados de Marcianos invadiram a Terra pela primeira vez, eles lutaram contra os Cavaleiros de Atena. Sendo que Shiryu e seus companheiros se levantam para defender o mundo mais uma vez.

Na batalha final, Shiryu enfrentou inicialmente Baco, um dos Quatro Reis Celestiais de Marte, enquanto Seiya de Sagitário enfrentava Rômulo, o líder dos Reis Celestiais. Entretanto, numa etapa posterior, quando Seiya enfrenta o próprio deus Marte, Shiryu enfrentou Rômulo. A luta ficou num impasse, até que a própria Atena entra no campo de batalha repentinamente e derrota todos os Reis Celestiais. Durante o que deveria ser o fim da guerra, um meteoro de cosmo, invocado pela feiticeira Medea, cai no campo de batalha. Atena usou seu poder para bloquear o meteoro, que trouxe consigo um misterioso poder que se fundiu com as Armaduras de Atena quando reagiu com o cosmo da própria deusa. As Armaduras Sagradas agora eram capazes de controlar um dos sete Elemento e eram armazenadas em pequenas gemas chamadas de Cloth Stones, iniciando uma nova era para os Cavaleiros. Porém, o meteoro também concedeu poder a Marte e seu exército. Após chegar aos Cinco Picos Antigos de Rozan, ele tem um filho com a Shunrei, e o chamaram de Ryuho.

Segunda Guerra Santa contra Marte

Shiryu006

Shiryu na segunda invasão de Marte

Com novas Galáxias e capazes de controlar o Elemento das Trevas, Marte e seus guerreiros retornam para enfrentar Atena mais uma vez, desta vez atacando-a diretamente em seu Santuário. Nesta batalha, Shiryu e grande parte dos Cavaleiros sofreram as consequências da Marca das Trevas causada por Marte, ao proteger os ataques de escuridão com seus próprios corpos, que no caso de Shiryu, o deixou sem os sentidos. Em ultima analise, novamente os Cavaleiros de Atena saíram vitoriosos.
Shiryu com Marcas das Trevas

Shiryu com marca das trevas

Em algum momento após a guerra, Shiryu foi promovido a Cavaleiro de Ouro de Libra, mas ele decidiu permanecer em Rozan, se recuperando aos cuidados de Shunrei, ao mesmo tempo que ele passou a guardar a Armadura de Libra. Shiryu então passou a treinar Ryuho através de seu cosmo até ele herdar sua Armadura de Dragão.


Saga de Marte

Terceira Guerra Santa contra Marte

SHIRYUOMEGA

Shiryu em Rozan

Quando Ryuho parte para a Ruína da Água em uma cachoeira oculta em Rozan, Shiryu decide enviar a Armadura de Ouro para ajudar seu filho, mas Genbu, um outro discípulo de Dohko de Libra, surpreende os jovens e decide pegar a Armadura de Ouro na ausência de Shiryu que não podia mas utiliza-la. Após ver que Aria estava lá, Genbu decide enfrentar os Cavaleiros de Bronze, mas o poderoso Cosmo de Shiryu o detém e ele vai embora, levando consigo apenas a Armadura.

Mais tarde durante o confronto de Ryuho contra Paradox de Gêmeos nas Novas Doze Casas na Torre de Babel, Shiryu alerta Shunrei com um olhar que seu filho estava em perigo.

Saga de Pallas

Shunrei Omega 23423

Shiryu com Shunrei e Ryuho

Com a derrota definitiva de Marte e Apsu, as marcações das trevas no corpo de Shiryu desaparecem, lhe devolvendo seus sentidos. Entretanto, ele ainda se manteria em Rozan, passando a treinar seu filho rigorosamente. Ele então impõe o desafio de mudar o fluxo da cachoeira de Rozan a Ryuho, como prova legítima de que ele é digno de portar a Armadura de Dragão e em seguida, Shiryu vê seu filho lutando contra o Palasito terciário Halimede, mas não decide ajudá-lo a fim de superar as suas dúvidas.

Mais tarde, ao lado de Shunrei, ele tem o prazer de ver que Ryuho poderia derrotar seu inimigo e cumprir o seu desafio.

Quando Genbu caiu em batalha, Shiryu sente o cosmo do mesmo se extinguindo.

Pallasbelta

1157475 424914840961280 2129968683 n

Shiryu, Hyoga e Shun em Pallasbelta

Shiryu é visto um tempo depois chegando em Pallasbelta acompanhado de seus companheiros de batalha Shun e Hyoga, para também batalhar em nome de Atena mais uma vez.

No campo de batalha, ele sente o cosmo de Saori chegando ao loocal, enquanto ajudava a cuidar dos Cavaleiros feridos. Mais tarde ele sente o cosmo de Ikki chegando em Pallasbelta e depois chega para enfrentar os Pallasitos que estão diante a fortaleza de Pallas. Ryuho então lhe joga a Cloth Stone de Libra e Shiryu a ativa, ganhando um novo formato enquanto o mesmo volta a ser o Cavaleiro de Libra. Ele então vence todos os soldados com muita facilidade.

Shiryu é visto novamente emprestando seu Cosmo para Kouga de Pégaso conseguir destruir o Portal do Tempo

Castelo de Pallas

Após a quebra do Portal do Tempo, Shiryu e seus amigos entram na fortaleza de Pallas e os outros cavaleiros entram no castelo, se encontrando com Europa. Este os avisa que existem quatro caminhos a se seguir e somente um levará a Pallas. Shiryu e Ryuho entram então no terceiro caminho. 

Caminho de Dvelberg

Lamento de Libra

Shiryu chora pela "morte" de Ikki

Após o termino da luta de Ikki contra Aegaeon, Shiryu chora pela suposta morte de seu amigo. Mais a frente no caminho, Shiryu e Ryuho vencem vários Pallasitos e entram em uma arena. Ali se encontrava o Pallasito de Segunda Classe Rhea, este começa a atacar o Cavaleiro de Libra e até invoca sua arma, mas Shiryu as vence facilmente.
Rhea0590

Shiryu e Rhea travam uma batalha

Rhea e Shiryu se enfrentam utilizando suas armas sagradas que se localização em seus braços afim de ver qual é a mais forte e consegue ferir Rhea. Ele então explica para o pallasito que nenhum Cavaleiro de Libra sacou uma arma antes do inimigo, mas sem perceber, Shiryu acaba sendo atingindo por Rhea, após o mesmo utilizar sua técnica secreta. É então que Ryuho luta contra Rhea enquanto libriano permanece inconsciente. Quando finalmente desperta, ele olha seu filho queimar seu cosmo além do limite e destruir todos o fantoches de Rhea. Aproveitando esta brecha, Shiryu mata o pallasito utilizando sua técnica Cólera do Dragão e tanto ele quanto seu filho continuam caminhando pelo terceiro caminho.

Enquanto prosseguiam, eles se deparam com uma esfera e nela vêem a luta de Gallia contra os outros Cavaleiros de Ouro. Logo ele é tragado pelo ataque de uma Paradox redimida e sua irmã, Integra de Gêmeos. Nisso, eles chegam ao quarto caminho.

Caminho de Vanaheim

Omega86 4

Kouga e Ryuho tomam a frente da batalha

Os Cavaleiros de Bronze decidem lutar contra Gallia sozinhos, enquanto Seiya, Harbinger, Kiki, Fudou e Shiryu conduziriam Atena em segurança até Pallas. Kouga e Ryuho cobrem a saída dos Cavaleiros de Ouro do pátio, o qual a Pallasite os havia levado para a batalha e, de dentro do Castelo presenciam a derrota de Gallia e a evolução das Armaduras dos Jovens Cavaleiros, que despertaram uma parte do Ômega. Quando estavam próximos de chegar aos aposentos de Pallas, o Pallasite Primário Hyperion surge e se coloca no caminho, fazendo os Cavaleiros de Ouro resolverem enfrentá-lo.

Hyperion

1512721 601372269935168 649112827 n

Exclamação de Atena

Após Harbinger ser derrubado pela Espada da Destruição de Hyperion, Shiryu se apresenta para vingar a morte de Genbu, se pondo na frente de Seiya e desafiando o ex-Pallasite, apenas para ser derrubado com um golpe do pallasito. Shiryu então pede para que Seiya e Harbinger acompanhem Saori até Pallas, se colocando ao lado de Fudou e Kiki para enfrentar Hyperion.
Hyperion morre

Shiryu some na explosão da Exclamação de Atena

Ao ver que todas as técnicas são inúteis contra Hyperion, eles decidem usar a Exclamação de Atena, mesmo sabendo que deixaria seu título como Cavaleiro e da desonra de utilizar a técnica proibida pela deusa, porém sendo a única chance de parar seu oponente, ele se junta a Kiki e Fudou. Despertando uma parte do Cosmo Final, o Ômega, executam a técnica suprema dos Cavaleiros de Ouro que destrói a Espada da Destruição, varrendo o pallasito e os usuários da técnica devido ao poderoso cosmo emanado dela. Porém, Hyperion sobrevive graças a proteção de sua Chronotechtor.

Ressurreição de Saturno

3 Vivos

Fudou, Kiki e Shiryu reaparecem vivos e enviam seus cosmos para Kouga

Passado uma série de eventos, inclusive a derrota de Hyperion e o despertar de Saturno, Kiki, Shiryu e Fudou se levantam diante dos escombros de sua última luta, revelando que tinham sobrevivido a onda de impacto da Exclamação de Atena. Eles sentem que o cosmo de Yuna de Águia, Souma de Leão Menor, Ryuho e Haruto de Lobo desapareceram, mas não perdem as esperanças. Após terem seus tempos roubados, Shiryu e os demais cavaleiros atendem ao chamado de Atena e emprestam seu cosmo para Kouga.

Após uma longa e dura batalha contra Kouga, Saturno decide retornar aos Confins do Tempo e, Shiryu e todos os habitantes da Terra tem seus tempos recuperados.

Fim da Batalha

Com o fim da Guerra Santa contra Pallas, e posteriormente, Saturno, Shiryu provavelmente retornou aos Cinco Picos Antigos de Rozan para Shunrei.

Habilidades de luta

Hyperon vs ShiryuLibra

Shiryu enfrentando Hyperion

Shiryu é aclamado como um dos mais poderosos Cavaleiros de Atena que já existiu, bem como um dos mais poderosos Cavaleiros de Ouro de sua época. Sendo muito respeitado por seu poder, que de tão grande lhe rendeu o titulo de "Cavaleiro Lendário" por seus feitos no final do século XX. Mesmo seu colega e sucessor, Genbu, admitiu abertamente sua inferioridade se comparado com Shiryu e chegou a aludir que o poder de seu amigo chegou ao mesmo patamar que do Mestre Ancião.

Um testamento ao poder de Shiryu no século XXI era sua capacidade de enfrentar os Reis Celestiais de Marte, Baco e, posteriormente, Rômulo, sozinho. Já durante a Guerra Santa contra Pallas, com seus sentidos recuperados, ele fora capaz de vencer centenas de pallasites rasos sem utilizar uma armadura com facilidade e ao trajar sua Armadura de Libra novamente, Shiryu conseguiu enfrentar de frente o Pallasito Secundário Rhea e mata-lo ao lutar com seu poder total, bem como mais tarde oprimiu temporariamente Hyperion, tido como o segundo mais forte dos Pallasitos Primários, novamente sozinho.

Capacidades

  • Omega-Shiryu

    Shiryu se comunica através de seu Cosmo

    Utilização do Cosmo: Sendo um Cavaleiro de Atena, Shiryu utiliza o cosmo como sua fonte de energia e por ter se tornado um Cavaleiro de Ouro, ele tem um controle ainda mais refinado que os demais. Segundo seu filho, Shiryu possui a maior maestria da manipulação do Cosmo dentre os Cavaleiros Lendários, como o libriano foi capaz de recuperar sua visão diversas vezes na historia ao elevar seu Cosmo aos extremos. Mesmo em seu estado de invalidez causado pelas Marcas das Trevas, Shiryu fora capaz se comunicar só através de seu cosmo e o incitar do mesmo foi o suficiente para deter Genbu de atacar os Cavaleiros de Bronze em Rozan, mesmo apesar da distancia entre eles. Tal como seu mestre, ele poderia também enviar sua Armadura de Ouro diretamente para seu filho apenas usando seu cosmo e durante a guerra contra Pallas, o cosmo de Shiryu foi capaz de fazer sua armadura evoluir e se tornar ainda mais poderosa. Ao realizar a Exclamação de Atena com Kiki e Fudou, Shiryu conseguiu despertar uma parte do Cosmo Final, o "Ômega".
  • Cólera do Dragão de Shiryu Omega

    Shiryu empregando o Elemento Água em seu Cólera do Dragão

    Domínio dos Elementos: Assim como Ryuho, Shiryu é capaz de manipular magistralmente o Elemento Água mesmo sem uma armadura e é visto utilizando o poder desse Elemento durante a Primeira Guerra contra Marte, antes mesmo da queda do meteoro de Apsu. Entretanto, quando retorna as linhas de frente como Cavaleiro de Libra na Guerra contra Pallas, Shiryu não utilizou seu elemento em combate.
  • Domínio do Sétimo Sentido: Como Cavaleiro de Ouro, Shiryu possui o domínio completo do Cosmo, dando-lhe força sobre-humana e habilidades superiores às dos Cavaleiros de Prata, bem como permanecer consciente mesmo se por acaso vier a perder os outros seis sentidos. Graças a sua maestria com a manipulação do Cosmo, Shiryu foi capaz de utilizar o impulso do mesmo com seu Sétimo Sentido para restabelecer seus outros sentidos quando os mesmos são incapacitados.
  • Resistência e Cinestesia: Por sempre se envolver em lutas que superam os seus limites, não é raro vermos Shiryu gravemente ferido, perdendo a visão ou tendo grandes hemorragias. Seu Cosmo amplia-se cada vez mais graças a essas situações, tornando-o capaz de derrotar poderosos inimigos, o que prova o porque de Shiryu ser reverenciado como Cavaleiro Lendário. Devido a perda de sua visão no passado, Shiryu desenvolveu seus outros sentidos ao ponto que ele é capaz de captar tudo ao seu redor, bem com ser imune a ataques ilusórios.
  • Estilo de Luta: Como Cavaleiro de Ouro, Shiryu tem a capacidade de se mover e desferir golpes na velocidade da luz. Sendo detentor das armas de Libra, Shiryu pode utiliza-las em combate de diversas formas a fim de dificultar uma investida de seu inimigo. Ele também foi capaz de trabalhar em conjunto com outros Cavaleiros de Ouro em lutas contra inimigos extremamente fortes, sendo que durante sua luta contra Hyperion, Shiryu junto a Fudou e Kiki, foram capazes de criar uma Exclamação de Atena que de tão forte destruiu de vez a Espada da Destruição (antes só rachada por Genbu) e quase matou o Pallasito.

Equipamentos

Excalibur

ShiryuomegaExcalibur

A Excalibur

Shiryu recebeu a técnica da "Espada Lendária" depois de vencer Shura de Capricórnio na Batalha das Doze Casas no passado. Com essa "arma", Shiryu tornou seus braços mais afiados que o aço, podendo cortar quase qualquer coisa com eles. Entretanto, apenas as armas mais poderosas são capazes de resistir a tal técnica, como evidenciado em sua luta contra Hyperion, cuja a espada do alto pallasito sequer arranhou com impacto da Excalibur sobre ela.

Armas de Libra

Libra omega

Armadura e armas de Libra em Omega

Como Cavaleiro de Libra, a balança que julga o bem e o mal, Shiryu tem permissão de Atena para utilizar armas em combate, no entanto, tal como seu precededor, ele só as utiliza em caso de extrema necessidade e por uma causa justa. Tais armas carregam a fama de poderem cortar as estrelas e são todas muito resistentes. Em Omega, Shiryu não foi visto utilizando nenhuma das Armas de Libra em combate.

Outras Habilidades

Shiryu revelou ser um professor muito competente, tendo ensinado Paradox a utilizar o Cólera do Dragão. Ele também fora capaz de ensinar Ryuho os conceitos sobre o Cosmo e dos Elementos, suas técnicas e o Sétimo Sentido mesmo em seu estado convalescido, usando apenas seu cosmo para se comunicar com seu filho.

Técnicas Especiais

Cólera do Dragão de Shiryu de Libra

Cólera do Dragão
(Rozan Sho Ryu Ha)
É uma forma aprimorada da antiga técnica, onde Shiryu ataca com um soco emanado com cosmo parecido com uma rajada de um dragão que, se acerta, esmaga o oponente com o seu terrível poder de destruição e leva o oponente pelos ares. Shiryu descreve essa versão da técnica como "O dragão dourado que faz tremer o céu e a terra".

Excalibur de Shiryu de Libra

Excalibur
(Excalibur)
Shiryu recebeu esta lendária técnica de Shura de Capricórnio. A Excalibur é um Cosmo mortal no braço direito de Shiryu que se comporta como uma afiada espada que pode cortar tudo. Além da capacidade ofensiva, Shiryu de Libra aprimorou a técnica para também usar o poder da lâmina para bloquear ataques com sua mão direita.
Cólera dos Cem Dragões de Shiryu Cólera dos Cem Dragões
(Rozan Hyaku Ryu Ha)
Técnica suprema dos Cavaleiros de Libra. Forma aprimorada da antiga técnica de Shiryu, herdada do seu mestre Dohko. Shiryu ao queimar o seu Cosmo máximo, com a mesma posição do Cólera do Dragão ele dar um soco emanado com cosmo parecido com várias rajadas em forma de dragões criando assim uma onda de choque devastadora que avança, destruindo tudo em seu caminho.

Frases

Tome isto! A técnica que herdei de meu mestre Dohko... Cólera dos Cem Dragões!

Shiryu de Libra contra Hyperion.

Em minha mão direita também reside a Excalibur. Uma herança que recebi de um Cavaleiro de Ouro que enfrentei no passado. Não há nada nesse mundo que ela não possa cortar! Corte Espada Sagrada Excalibur!

Shiryu de Libra para Rhea.

Curiosidades

  • Junto a Seiya e Integra, Shiryu é um dos Cavaleiros de Ouro que não possui um titulo em Omega.
  • A escolha do Elemento do Cosmo de Shiryu ser "Água" alude o fato dos dragões serem vistos em algumas culturas orientais como deidades que representam a água e a madeira.
    • Fora que a decorrer das séries e nos filmes, Shiryu é frequentemente visto lutando em locais com água em abundância.
  • Shiryu e Seiya foram os únicos Cavaleiros Lendários que foram promovidos a Cavaleiros de Ouro na série Ômega. Eles também foram os primeiros a evoluírem suas Armaduras de Ouro com seus cosmos.
    • Ambos também utilizaram as técnicas supremas de seus antecessores sem nunca a terem visto de verdade.
      • Fora que seus herdeiros também se engajaram em combate semelhante a eles enquanto eram Cavaleiros de Bronze.
  • É o único dos Cavaleiros Lendários a ter constituído família, bem como ter um filho que herdou sua armadura e faria parte da nova geração dos Cavaleiros de Bronze.
    • Embora Seiya e Saori tenham cuidado de Kouga juntos.

Imagens Oficiais

Galeria de Imagens

  • Shiryu vê a estrela cadente de Genbu
  • Shiryu a caminho de Pallasbelta
  • Shiryu percebe o cosmo de Ikki em Pallasbelta
  • Shiryu luta contra os Soldados Rasos
  • |Shiryu renasce a Cloth Stone de Libra voltando-a para o estilo Pandora Box
  • Shiryu antes de partir com Ryuho para o caminho escolhido
  • Shiryu responde a Seiya dizendo que é bom ficar um tempo com Ryuho e depois parte
  • Shiryu da a sua primeira investida contra os soldados rasos
  • Shiryu chorando pela morte de Ikki
  • Rozan Sho Ryu Ha falha

Referências Bibliográficas

  1. [1] Perfil do personagem - Site em japonês
  1. REDIRECIONAMENTO Predefinição:Cavaleiros de Atena
Cavaleiros de Atena
Deus
Grandes Mestres
Cavaleiros e Amazonas de Ouro
Cavaleiros e Amazonas de Prata
Cavaleiros e Amazonas de Bronze
Cavaleiros e Amazonas de Patente Desconhecida
Cavaleiros e Amazonas de Aço
Cavaleiros e Amazonas sem Constelação
Soldados, Aprendizes e Subordinados
Patentes conhecidas
Antecedido por
Dohko
Genbu*
Cavaleiro de Libra Sucedido por
Genbu

Iniciar uma Discussão Discussões sobre Shiryu de Libra (Ω)

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.