FANDOM


Shunrei
Shunrei
春麗
PP081-Shunrei1
Nome
Dados Gerais
Dados Pessoais
Gênero Feminino
Idade 13 anos
17 anos (ND)
Aniversário 20 de abril
Signo Áries
Altura 1,54 m
Peso 42 kg
Tipo Sanguíneo A
Local de Nascimento China
Dados do Treinamento
Mestre Dohko
Dados do Mangá/Anime
Seiyū Yumiko Shibata (Série da TV)
Eriko Satō (OVA Hades - Santuário)
Ai Bandō (OVA Hades - Elíseos)
Dublador Luciana Baroli

Nascida para amar Shiryu! Uma singela flor que brota nos Cinco Picos Antigos de Rozan.

Enciclopédia Oficial.

Shunrei (春麗 Chun-Li) é uma órfã chinesa criada pelo Mestre Ancião após ter sido encontrada ainda bebê por ele numa aldeia nos Cinco Antigos Picos de Rozan. Ela é amiga de infância de Shiryu de Dragão, por quem é apaixonada. [1] [2]

Personalidade e Aparência

Shunrei é uma jovem magra, de pele branca, olhos azuis escuros e de cabelos longos, os quais ela costuma arrumar feito tranças.[3]

É uma jovem tranquila e sem muitas vaidades, visto que viveu desde pequena nos bosques dos Cinco Picos Antigos, onde passou a amar e a respeitar a natureza. Por estar apaixonada por Shiryu, ela prefere que ele passe mais tempo vivendo no campo, onde pode desfrutar de uma vida pacata e sem modéstias do que ficar lutando em outras terras. Ela se preocupa demais com seus entes queridos e sempre está rezando por eles, em especial Shiryu. Adora nadar nos rios em seu tempo livre, aparentemente sem medo das fortes correntezas. É tão frágil que precisou ser salva por Ohko, um rival de Shiryu e pelo Mestre Ancião.[4][5][6][7]

É uma mulher humilde, que não costuma mentir, exceto quando o Mestre Ancião, a quem ela vê como um pai, pede. Após a Guerra Galáctica, ela ficou envergonhada por Shiryu descobrir a mentira sobre o estado de saúde de seu mentor. Embora não concorde com o destino de luta de Shiryu, ela enxergou a mentira do mestre como uma forma de amadurecê-lo em tempos reais de dificuldade. Mesmo com o avanço das batalhas, foi difícil para ela ser mais tolerante com o destino de lutas de Shiryu.[5][8][9][10][11]

Shunrei também é muito determinada. Não hesitou em pedir ajuda a Seiya, até então, um desconhecido na Guerra Galáctica, para salvar a vida de Shiryu, que estava à beira da morte. Ao ver o sofrimento de Shiryu com a cegueira, ela também o encorajou a tomar os remédios que ele, à princípio evitava, lembrando-o sobre as possíveis reações de seus amigos, caso ele não se recuperasse completamente. Mesmo após ser atacada pelo Máscara da Morte enquanto rezava, a jovem não cessou suas orações, tanto que Shiryu tinha certeza de que ela ainda se preocupava com ele, durante o confronto contra os asseclas de Hades, o Imperador do Mundo dos Mortos. É uma mulher extremamente zelosa, tanto que evitava deixar o Mestre Ancião sozinho, e ainda mais com a saúde do bebê Shoryu, encontrado por ela abandonado nas montanhas de Rozan. Shunrei sempre soube que as lutas de seu amado Shiryu serviriam para garantir uma vida de paz e prosperidade para todos.[6][9][12][13][14]

Histórico

Infância

Shunrei foi encontrada e acolhida ainda bebê por Dohko de Libra, identidade atual do Mestre Ancião. Após nomeá-la, ele a criou como uma filha e seus laços se tornaram muito fortes. Enquanto Dohko cuidava de outros assuntos, a jovem Shunrei o auxiliava com os afazeres domésticos da pequena casa, onde viviam próximo à Cachoeira de Rozan. Eventualmente, a jovem conheceu Shiryu quando ele foi mandado pela Fundação Graad para os Cinco Picos Antigos, na China. A jovem descobriu que Shiryu também era órfão e o apoiou durante todas as etapas de seu treinamento. Anos mais tarde, ela teria seus esforços reconhecidos por ele, fortalecendo ainda mais o amor entre os dois.[4]

Shunrei 26

A pequena Shunrei.

Saga do Santuário

Guerra Galáctica

Apaixonada por Shiryu desde pequena, Shunrei não consegue deixar de pensar em seu bem estar por um instante. Apesar de relutante com a atuação de Shiryu no torneio da Guerra Galáctica, ela apareceu de surpresa para avisá-lo sobre o estado crítico do Mestre Ancião. A jovem sem querer o incentivou a continuar a luta contra Seiya de Pégaso, que recusava admitir a derrota. Shunrei se desespera ao ver Shiryu desmaiado e perdendo a vida pouco a pouco. Ela pede a Seiya, mesmo enfraquecido, que golpeie as costas de Shiryu para ajudar o coração dele voltar a bater. Como sinal de agradecimento pela atitude heroica de Seiya, ela o visita no hospital com Shiryu com uma cesta de frutas. Enquanto conversava com Mino, a amiga de infância de Seiya, ela se alegra ao ver que os meninos Makoto, Akira e Tatsuya estavam contentes com as guloseimas que ela havia trazido. Após saírem do quarto para deixar Seiya e Shiryu a sós, elas descobrem que eles haviam desaparecido. Shunrei já sabia que eles haviam retornado ao Coliseu e resolve encontrá-los lá acompanhada de Mino. Ela descobre que Ikki, o Cavaleiro de Fênix roubou o prêmio a ser entregue ao vencedor da Guerra Galáctica, a Armadura de Ouro de Sagitário. Ela se põe no caminho de Shiryu, dizendo a ele que não deveria agir sem sua Armadura de Dragão. Enquanto Seiya discute com Mino sobre a coisa certa a ser feita, Shunrei deseja boa sorte ao seu amado Shiryu, vendo-o partir junto de seus companheiros em busca da Armadura de Ouro roubada.[3][12][15]

Ikki e os Cavaleiros Negros

Shunrei 06

Shunrei e Mino preocupadas com a saúde de Shiryu e Seiya.

Shunrei ficou completamente envergonhada pela mentira que o Mestre Ancião pediu para ela contar a Shiryu. Porém, compreendeu que ele havia feito isso para testar o controle emocional do rapaz diante uma situação desesperadora. Embora já soubesse que Shiryu tinha um ponto fraco, ela estava aliviada por vê-lo são e salvo. Uma vez que estavam em Rozan, ela descobre que seu amado estava envolvido numa luta contra um ex-companheiro de Bronze, Ikki, que era auxiliado pelos renegados Cavaleiros Negros. Ela ficou assustada ao descobrir que Shiryu teria de viajar para Jamiel, uma região remota entre a China e a Índia para recuperar as Armaduras de Bronze danificadas durante a Guerra Galáctica.[5]

Batalhas Eventuais e Auxílio na Recuperação de Shiryu

Após Shiryu descobrir que o Santuário era administrador por Ares, um homem sinistro e misterioso, Shunrei exige saber porque ele não repousa em Rozan por mais alguns dias. Ela fica aliviada ao ver o Mestre Ancião aconselhar o rapaz a descansar mais alguns dias antes de começar a enfrentar os asseclas enviados pelo Santuário para matar Atena. Shunrei é elogiada pelo Mestre Ancião por suas refeições, ainda mais quando Shiryu está por perto. A jovem fica encabulada e contente por vê-los apreciarem a comida que preparou com tanto carinho.[16][17]

Shunrei 45

Shunrei preocupada com a cegueira de Shiryu.

As batalha de Shiryu continuaram e as preocupações de Shunrei apenas aumentaram à medida que ele se feria para proteger Atena e seus companheiros dos emissários do Santuário. Shunrei levou Shiryu de volta à China após ver que os médicos mais experientes da Fundação Graad o diagnosticaram com cegueira completa. O Cavaleiro de Dragão havia sacrificado os próprios olhos para derrotar Algol de Perseu, um Cavaleiro de Prata. Enquanto estava num dos hospitais da Fundação Graad, Shunrei tem uma leve impressão de que seu amado voltou a enxergar, pois ele havia pedido que não chorasse. Quando Kiki pergunta se Shiryu havia recuperado a visão, Shunrei fica desanimada com a resposta, mas não se deixa abater e prometer ficar ajudar Shiryu no que precisar quando retornarem a sua terra natal. Contudo, ela não poderia deixar de notar o quanto Saori e os demais Cavaleiros de Bronze se importavam com a saúde de Shiryu. [18]

Shunrei - Debut Okko anime

Shunrei é salva por Ohko, um rival de Shiryu (cena exclusiva do animê).

A jovem ficou muito triste com o ocorrido e passou a alimentar o forte desejo de viver ao lado de Shiryu para sempre numa cabana pacata, localizada próxima aos Cinco Picos Antigos. Shunrei passa a cuidar de Shiryu preparando infusões com ervas especiais somente encontradas naquela região. Após Shiryu ter um pesadelo, Shunrei se mostra disposta a confortá-lo. Ela troca as vendas nos olhos do rapaz e descobre que os ferimentos causados por Shiryu cicatrizaram, porém ele ainda não havia recuperado a visão. Shunrei percebe que Shiryu estava desanimado e pede a ele que não perca as esperanças, caso contrário, Seiya e os demais o censurariam por isso. Shunrei percebe que Shiryu reagiu ao ouvir o nome do amigo e insiste para que ele continue tomando o chá de ervas. Contudo, a mão de Shiryu escorrega e o copo se quebra no chão, fazendo com que o chá preparado com muito esforço seja perdido. Shunrei lamenta o ocorrido, porém resolve distrair Shiryu para que a tarde deles não seja entediante. No dia seguinte, Shunrei leva Shiryu para um passeio próximo às margens de um rio. Shiryu pede a ela que aproveite a ocasião para se refrescar, e assim ela resolve dar um mergulho no rio. Ela é arrastada pela forte correnteza, mas é salva na hora certa por Ohko, outrora um discípulo do Mestre Ancião e rival de Shiryu. A garota recobra a consciência na hora certa para revelar ao seu salvador que Shiryu não estava em condições de enfrentá-lo por estar cego. Shunrei percebe que sua atitude salvou Shiryu do golpe de Ohko, porém feriu profundamente seu orgulho como cavaleiro. Ela insiste para Shiryu abandonar tudo para viver junto com ela, porém recebe outra negativa. Shunrei foi aconselhada diversas vezes por Shiryu para não se preocupar tanto com ele. Ao ver o quanto Shiryu não queria que ela se sacrificasse com ele, Shunrei fica ainda mais motivada a ajudá-lo, mesmo que para isso tivesse de se intrometer na luta dele contra Ohko, que retornou após anos pelo direito de usar a Armadura de Bronze de Dragão. Shunrei se mostra relutante em aceitar os conselhos do Mestre Ancião sobre o destino de luta de Shiryu e resolve ir atrás dos dois para que não lutem. Embora ciente que Shiryu deveria lutar para provar o quanto era digno da armadura, Shunrei grita desesperadamente para eles interromperem o combate imediatamente, porém suas preces não são ouvidas. Para a felicidade de Shunrei, Shiryu consagrasse vencedor após eliminar Ohko em combate. [6] [19]

O Ataque de Câncer

Shunrei 17

Shunrei preocupada por Shiryu.

Em outro dia, Shunrei pede a Shiryu que interrompa seus trabalhos na lavoura para que almocem juntos. Embora estivesse animada por estar ao lado dele, a jovem não deixa de notar o quanto ele estava preocupado com o Mestre Ancião, que havia desaparecido misteriosamente. Embora conhecesse os hábitos dele em ficar ausente de Rozan por dias, Shunrei percebe que Shiryu queria encontrá-lo uma vez mais antes de retornar para o lado de Seiya e dos outros cavaleiros. [20]

Shiryu está preocupado com o paradeiro do Mestre Ancião e Shunrei lamenta o fato de não saber nada sobre ele, embora não fosse normal ele se ausentar durante meses. Shunrei fica contente pelos esforços de Seiya e de Kiki em entregar a Água da Vida para Shiryu. Ela descobre que o Cavaleiro de Pégaso arriscou a vida para obter tal bebida tida como muitos como milagrosa no Monte Jandara, um local de difícil acesso em Jamiel. Porém, ela fica triste ao descobrir que nem mesmo a Água da Vida surtiu efeito em Shiryu. De repente, o Mestre Ancião aparece, trazendo palavras de conforto, após ficar ausente por tanto tempo. Shunrei vê Shiryu recuperar o ânimo ao descobrir o quanto ele acreditava nas propriedades medicinais daquela água tão misteriosa. Shunrei percebe que Shiryu estava realmente agradecido não apenas pelas palavras do Mestre Ancião, mas também pelos esforços de todos em ajudá-lo a melhorar. Shunrei resolve passear com Kiki pelos bosques dos Cinco Picos Antigos enquanto o Mestre Ancião conversa a sós com Shiryu para passar últimas instruções antes do combate derradeiro. [21]

Shunrei 10

Shunrei cheia de esperanças.

Kiki informa Shunrei sobre uma presença maligna nas proximidades e ao chegarem na Cachoeira de Rozan, ela fica alarmada ao ver Shiryu sofrendo nas mãos do Máscara da Morte, um dos doze Cavaleiros de Ouro, enviado à China para matar o Cavaleiro de Ouro de Libra, senão outro, o próprio Mestre Ancião. Shunrei se desespera, pois Shiryu não era páreo para seu novo oponente, mesmo vestindo a Armadura de Bronze de Dragão. Ela só se acalma ao ver que um novo aliado surgiu para ajudar Shiryu, e esse é Mu, o Cavaleiro de Ouro de Áries. Shunrei vê o Máscara da Morte ir embora após concordar que seria inútil confrontar dois Cavaleiros de Ouro, porém ele jurou matar Shiryu caso este resolvesse aceitar uma revanche no Santuário, na Grécia. [21]

Batalha das Doze Casas

Enfim, chega o derradeiro momento para Shiryu e seus amigos no Santuário e Shunrei sabia que ele estava para enfrentar um dos mais difíceis combates de sua vida. A jovem passa a rezar todas as noites pela segurança de Shiryu. Porém, em uma noite fatídica, as orações dela perturbam o Máscara da Morte, que enfrentava Shiryu na quarta Casa Zodiacal. Ele estava irritado porque Shiryu conseguiu se salvar da morte graças às orações dela. Irritado, o Cavaleiro de Ouro demonstra habilidades com a telecinesia e a derruba no fundo da Cachoeira de Rozan. Shunrei é salva na hora certa por Dohko, que tranquiliza Shiryu após este eliminar seu adversário. [22] [4]

Shunrei 56

As lágrimas de Shunrei.

Shunrei recobra a consciência e continua suas orações, porém para evitar um perigo maior, ela permanece ao lado do Mestre Ancião, em sua casa. Os dois estão muito preocupados, pois Shiryu está enfrentando grandes problemas na décima Casa Zodiacal. A jovem não consegue mais dormir e após incessantes orações, ela percebe que seu maior pesadelo virou realidade, pois Shiryu havia se transformado em estrela ascendente para destruir Shura de Capricórnio. As lágrimas do Mestre Ancião confirmam a verdade que ela estava tentando negar para si mesma. [23]

Saga de Asgard

Shunrei está presente no dia em que Shiryu pediu informações ao Mestre Ancião sobre os novos inimigos de Atena, Hilda de Poláris e seus Guerreiros Deuses. Ela descobre que o Mestre Ancião já havia percebido a desgraça de Asgard e o quanto ele tinha esperanças na vitória de Shiryu e dos demais. A jovem, que havia desfrutado do milagroso retorno de Shiryu do Santuário, descobre que Shiryu deveria ir até o extremo norte da Europa para libertar Hilda da maldição do Anel de Nibelungo. Para isso, Shiryu deveria ajudar seus companheiros a obter as sete Safiras de Odin, protegidas pelos Guerreiros Deuses e assim invocar a arma sagrada, a Espada Balmung. [24]

Shunrei 57

Shunrei ao lado de Shiryu e do Mestre Ancião durante a Saga de Asgard e Poseidon (cenas exclusivas do animê).

Saga de Poseidon

Após o derradeiro combate em Asgard, Shunrei descobre que Shiryu e seus amigos estão envolvidos numa batalha contra Poseidon, o Imperador do Oceano. Ela nota a tristeza do Mestre Ancião em não poder ajudar seu discípulo, pois até mesmo ele desconhecia a entrada do Reino Submarino. Eis que Kiki aparece repentinamente para indicar o caminho a Shiryu, e assim com muito pesar, Shunrei é obrigada a se despedir dele, esperando que volte são e salvo de sua batalha. Após Shiryu e Kiki partirem de volta a Asgard, onde se encontrava a entrada para o Reino de Poseidon, Shunrei cai em prantos perto do Mestre Ancião, perguntando-se sobre o fatídico destino de Shiryu. O Mestre Ancião a informa que alguém precisava encarar aquela batalha, caso contrário, o mundo inteiro estaria em perigo. Shunrei sabia que Shiryu estava treinando desde pequeno para proteger Atena assim como o Mestre Ancião, porém lamentava profundamente em vê-lo lutar como se fosse uma máquina de guerra. [25]

Após a derrota de Poseidon, Shunrei aparece ao lado do Mestre Ancião, contemplando a luz do Sol, que voltara a brilhar como sinal de que o mundo estava em paz após tanto tempo. [13]

Saga de Hades

Durante os primórdios da batalha contra Hades, o Imperador do Mundo dos Mortos, Shunrei decide fazer uma visita ao Mestre Ancião e descobre que ele estava de partida. Ele pede a jovem que jamais se separe de Shiryu e então se despede dela. A jovem fica estarrecida com as palavras do Mestre Ancião, após este revelar que provavelmente eles jamais se veriam novamente. Shunrei exige explicações do Mestre Ancião, mas este simplesmente pede a ela que não deixe Shiryu sair dos Cinco Picos Antigos desta vez. Shunrei vê o Mestre Ancião desaparecer após ele saltar de uma considerável altura em direção ao fundo da Cachoeira de Rozan. Ela não consegue ver onde ele pousou por causa do forte nevoeiro. Logo depois, três misteriosos viajantes encapuzados aparecem e perguntam pelo paradeiro do Cavaleiro de Libra e de Shiryu de Dragão. Shunrei se nega a ajudá-los e é punida por desacatá-los, sendo agarrada por um deles. Os gritos de Shunrei chamam Shiryu até o local, que sofre nas mãos dos Cavaleiros de Prata ressuscitados por Hades. São eles, Algol de Perseu, Dante de Cérbero e Capela de Auriga (Cocheiro). Shunrei vê o Dragão derrotá-los com um só golpe, porém não consegue impedi-lo de ir atrás do Mestre Ancião, após este descobrir a verdade. Shunrei abraça Shiryu com todas as forças, após lamentar não saber para onde o pai adotivo deles havia ido. Shunrei, assim como Shiryu, realmente desconhece os motivos que levaram Dohko a sair da China daquela maneira tão repentina. A jovem cai em prantos novamente ao ver que seus entes queridos partiram após deixá-la sozinha em Rozan. Shunrei recobra as forças e percebe que não poderia ficar chorando para sempre e que deveria aguardar o retorno dos dois são e salvo. [26]

Shunrei 34

Shunrei volta a sorrir.

Durante o clímax do confronto contra o Exército de Hades, Shunrei é vista rezando nos Cinco Picos Antigos após Dohko lembrar Shiryu do quanto ela ainda o amava. [27] Ela rezava pelo retorno seguro de sua amada família. Completamente ignorante ao destino de Dohko, seu pai adotivo, ante ao Muro dos Elíseos no Mundo dos Mortos, Shunrei começa a se desesperar com o Grande Eclipse do deus Hades, que ameaçava a Terra cada vez mais. Após a destruição de Hades, Shunrei fica feliz em ver o sol brilhar novamente. [28]

Next Dimension

Shunrei encontrou um bebê abandonado em Rozan, o qual passou a criar como um filho ao lado de Shiryu, que havia retornado são e salvo da Guerra Santa contra Hades. O nome da criança é Shōryū. Shunrei tem a leve impressão de ter visto Hyoga conversando com Shiryu. Ela vive feliz ao lado de sua família, porém é obrigada novamente a aceitar a decisão de Shiryu em se juntar na nova missão dos Cavaleiros de Bronze. Shunrei vê Shiryu se despedir de Shōryū com alegria e determinação, com esperanças de que um dia ele cresça firme e forte para protegê-la. Shunrei está certa de que Shiryu deve cumprir seu objetivo de lutar por Atena para garantir o futuro de todos, inclusive o de sua família.[9]      

Informações Extras

Filmes

A Lenda dos Defensores de Atena

Shunrei - PACHINKO

Shunrei - Cenas extras da máquina Pachinko.

Shunrei aparece ao lado de Shiryu enquanto este pedia informações ao Mestre Ancião sobre Abel, o novo inimigo de Atena. Ela fica surpresa com as reações de seu amado diante da verdade e é obrigada a aceitar o fato dele ter de lutar no Templo da Coroa do Sol. No final do filme, ela está sentada ao lado do Mestre Ancião, contemplando o raiar de um novo dia, garantido pela vitória dos Cavaleiros de Bronze. [29]

Mangás

Episódio G

Shunrei é vista brevemente ao lado de Dohko, o Mestre Ancião. Ela testemunha o momento em que Shiryu inverte o fluxo da corrente da grande Cachoeira de Rozan.[14]             

Jogos

As cenas extras correspondem a série clássica de Os Cavaleiros do Zodíaco, reiterando enredos outrora pouco explorados e não abordados em detalhes no animê.

Pachinko

Pachinko é o nome dos jogos de azar da série Saint Seiya para máquinas caça-níqueis (slot machines) no Japão, dentre eles Hoshi no Unmei (Destino das Estrelas, numa tradução literal). Foram lançados a partir de 2011. Em comemoração ao sucesso dos jogos, a Sanyo Bussan distribuiu no Japão uma versão online do jogo assim como alguns kits oficiais para a imprensa, contendo material promocional e de divulgação. Shunrei aparece em algumas cenas. Em uma delas, ela é vista acompanhando Shiryu em seus afazeres no campo e contemplando o sol maravilhoso que estava fazendo. Em outra parte, ela acorda assustada após ter pesadelos terríveis enquanto Shiryu duelava contra Shura de Capricórnio. A jovem corre até o penhasco da Cachoeira de Rozan e fica em prantos, assim como o Mestre Ancião, ao descobrir que seu amado sacrificou a própria vida para derrotar o inimigo. [30] [31] [32] [33] [34]

Batalha do Santuário

Shunrei - Saint Seiya Senki

Shunrei - Participação no jogo Saint Seiya Senki.

Em Saint Seiya Senki, jogo desenvolvido pela Dimps e pela Bandai Namco, e lançado em 2011, Shunrei é uma coadjuvante que serve de inspiração para Shiryu manter-se vivo e continuar a lutar. Quando o jogador perde uma vida tendo Shiryu como protagonista do jogo, a imagem de Shunrei pode ser vista ao lado, orando incessantemente pela segurança de seu amado. Em outra cena, apenas o grito de desespero dela é ouvido quando o Máscara da Morte toma medidas para interromper as orações da jovem. Mesmo após o jogador concluir as batalhas de Shiryu contra o Cavaleiro de Câncer, e contra Shura, o Cavaleiro de Capricórnio, a voz da personagem não é mais mencionada no enredo do jogo. [35]

Bravos Soldados

Em Saint Seiya: Brave Soldiers, jogo desenvolvido pelas mesmas empresas supracitadas, e lançado em 2013 exclusivamente para o console PlayStation 3, Shunrei tem um remake apresentado com uma imagem rezando pelo bem estar de Shiryu. [36]

Curiosidades

  • Na primeira dublagem do filme A Lenda dos Defensores de Atena realizada pela Gota Mágica, lançado em DVD com o título A Batalha de Abel, Shunrei pede para Shiryu ter calma, após o Mestre Ancião revelar a identidade de Abel. Na segunda dublagem feita pelo estúdio paulista DuBrasil, ela apenas menciona o nome de seu amado Shiryu, impressionada com a reação dele após descobrir a identidade de Abel; [29]
    Shunrei Keshigomu080a - Boneco Bandai

    Shunrei (Boneco de borracha) lançado pela Bandai nos anos 80. Item de colecionador.

  • Tanto Shunrei (春麗 Chun-Li) quanto Shōryū (翔龍 Xianglong) são nomes oriundos do  pinyin, o método de romanização mais utilizado para o mandarim padrão, um dos dialetos oficiais da China. O sistema pinyin é usado na China continental, em Hong Kong, Macau, algumas regiões de Taiwan, Malásia e Cingapura para o ensino do mandarim comum. Os estrangeiros também são adeptos desses sistema, considerando-o relativamente útil para aprender um segundo idioma. O pinyin também é utilizado para grafar o nomes chineses em publicações estrangeiras e para inserir caracteres adequados (hanzi) em computadores e telefones celulares. Shunrei e Shōryū são as pronúncias japonesas e seus respectivos significados são beleza da primavera e asas do dragão. Na versão italiana de Saint Seiya conhecida como I Cavalieri dello zodiaco, Shunrei é conhecida como Fiori di Luna (Flor da Lua, em tradução literal). A dublagem italiana é conhecida por nomear os personagens em sua essência; [37] [38] [9] [39]
  • Shunrei foi a única mulher a aparecer nua na série clássica, e uma das poucas a ficar despida em toda a franquia da série. Também teve seu formato reproduzido numa antiga linha de brinquedos da Bandai. Devido ao sucesso da série, eles foram lançados nos anos 80, apelidados de (消しゴム - keshi gomu) e eram feitos de borracha pra evitar que estragassem rápido. Atualmente estão à venda em sites de leilões japoneses e são disputados por ávidos colecionadores. [6] [40]

Galeria

  • Shunrei em seus trajes habituais chineses (Clássico).
  • A expressão singela de Shunrei (OVA Hades - A Saga do Santuário).
  • Shunrei preocupada (OVA Hades - A Saga do Santuário).
  • Shunrei com o pequeno Shōryū em seus braços (Next Dimension).
  • As Lágrimas de Primavera (OVA Hades - A Saga do Santuário).
  • Shunrei (Clássico).
  • A Beleza de Shunrei (Clássico).
  • Shiryu presenteia Shunrei com uma flor (Clássico).
  • Shunrei e Shiryu (OVA Hades - A Saga do Santuário).
  • Shunrei leva Shiryu para passear (Clássico).
  • A expressão séria de Shunrei (Clássico).
  • Shunrei irritada (Clássico).
  • Shunrei sob a luz do Sol.
  • Shunrei e a Cachoeira de Rozan, na China (OVA Hades - A Saga do Santuário).
  • A fisionomia severa de Shunrei (OVA Hades - A Saga do Santuário).
  • Shunrei rezando (OVA Hades - A Saga do Inferno).
  • Shunrei confusa (OVA Hades - A Saga do Santuário).
  • Shunrei amedrontada (OVA Hades - A Saga do Santuário).
  • O olhar puro de Shunrei (Clássico).
  • Um olhar muito inocente (OVA Hades - A Saga do Santuário).
  • Shunrei - Imagem de Perfil (OVA Hades - A Saga do Santuário).
  • Shunrei em desespero (OVA Hades - A Saga do Santuário).
  • Shunrei e Shiryu em trapos (Clássico).
  • A infância de Shunrei e Shiryu (Clássico).
  • Shunrei nadando num rio (Clássico).
  • Shunrei em agonia (Clássico).
  • Um rosto puro e inocente (Clássico).
  • Shunrei ensopada (Clássico).
  • A família reunida à mesa (Clássico).
  • Shunrei doce e gentil (Clássico).
  • Uma triste expressão (Clássico).
  • Shunrei sendo confortada por Shiryu (OVA Hades - A Saga do Santuário).
  • Shunrei alarmada com a segurança de Shiryu (Mangá Clássico).
  • Shunrei reunida com seus amigos (Clássico).
  • Shunrei ao lado de Shiryu, Kiki e do Mestre Ancião sob a chuva (Clássico - A Saga de Poseidon).
  • Shunrei (Os Cavaleiros do Zodíaco: Bravos Soldados).
  • Shunrei e Shiryu (Filme: A Lenda dos Defensores de Atena).
  • Shunrei assustada com a reação de Shiryu (Filme: A Lenda dos Defensores de Atena).
  • Shunrei sofre por Shiryu (Mangá Clássico).
  • Shunrei e o Mestre Ancião veem o Dragão Shiryu ascender aos céus (Episódio G).

Referências Bibliográficas

  1. SHINDO, Noriko. Dicionário dos Nomes Japoneses. Editora JBC. São Paulo: 2006
  2. Os Cavaleiros do Zodíaco - Enciclopédia (Saint Seiya Daizen). Editora Conrad. São Paulo: 2004.
  3. 3,0 3,1 セイントセイヤ - 聖闘士星矢 (Seitōshi Seiya - Seinto Seiya).Os Cavaleiros do Zodíaco - mangá (cap.06); animê (ep. 04);
  4. 4,0 4,1 4,2 セイントセイヤ - 聖闘士星矢 (Seitōshi Seiya - Seinto Seiya).Os Cavaleiros do Zodíaco - mangá (cap. 32); animê (ep.49);
  5. 5,0 5,1 5,2 セイントセイヤ - 聖闘士星矢 (Seitōshi Seiya - Seinto Seiya).Os Cavaleiros do Zodíaco - mangá (cap. 12); animê (ep. 10);
  6. 6,0 6,1 6,2 6,3 セイントセイヤ - 聖闘士星矢 (Seitōshi Seiya - Seinto Seiya).Os Cavaleiros do Zodíaco - animê (ep.33)
  7. セイントセイヤ - 聖闘士星矢 (Seitōshi Seiya - Seinto Seiya).Os Cavaleiros do Zodíaco - mangá (cap. 32); animê (ep. 50);
  8. セイントセイヤ - 聖闘士星矢 (Seitōshi Seiya - Seinto Seiya).Os Cavaleiros do Zodíaco OVA Hades - A Saga do Santuário (ep. 02);
  9. 9,0 9,1 9,2 9,3 聖闘士星矢 NEXT DIMENSION 冥王神話 (Seinto Seiya: Nekusuto Dimenshon - Meiō Shinwa). Os Cavaleiros do Zodíaco - Next Dimension - mangá (cap. 48);
  10. セイントセイヤ - 聖闘士星矢 (Seitōshi Seiya - Seinto Seiya).Os Cavaleiros do Zodíaco - animê (ep. 77);
  11. セイントセイヤ - 聖闘士星矢 (Seitōshi Seiya - Seinto Seiya).Os Cavaleiros do Zodíaco - animê (ep. 101);
  12. 12,0 12,1 セイントセイヤ - 聖闘士星矢 (Seitōshi Seiya - Seinto Seiya).Os Cavaleiros do Zodíaco - mangá (cap.07); animê (ep.05);
  13. 13,0 13,1 セイントセイヤ - 聖闘士星矢 (Seitōshi Seiya - Seinto Seiya).Os Cavaleiros do Zodíaco - animê (ep. 114);
  14. 14,0 14,1 聖闘士星矢 EPISODE G (Seinto Seiya Episōdo Jī) - Saint Seiya: Episódio G - mangá (cap. 29);
  15. セイントセイヤ - 聖闘士星矢 (Seitōshi Seiya - Seinto Seiya).Os Cavaleiros do Zodíaco - animê (ep.08);
  16. セイントセイヤ - 聖闘士星矢 (Seitōshi Seiya - Seinto Seiya).Os Cavaleiros do Zodíaco - animê (ep.21);
  17. セイントセイヤ - 聖闘士星矢 (Seitōshi Seiya - Seinto Seiya).Os Cavaleiros do Zodíaco - animê (ep. 22)
  18. セイントセイヤ - 聖闘士星矢 (Seitōshi Seiya - Seinto Seiya).Os Cavaleiros do Zodíaco - mangá (cap. 26); animê (ep. 29);
  19. セイントセイヤ - 聖闘士星矢 (Seitōshi Seiya - Seinto Seiya).Os Cavaleiros do Zodíaco - animê (ep.34)
  20. セイントセイヤ - 聖闘士星矢 (Seitōshi Seiya - Seinto Seiya).Os Cavaleiros do Zodíaco - animê (ep. 35-36);
  21. 21,0 21,1 セイントセイヤ - 聖闘士星矢 (Seitōshi Seiya - Seinto Seiya).Os Cavaleiros do Zodíaco - mangá (cap. 28); animê (ep. 39);
  22. セイントセイヤ - 聖闘士星矢 (Seitōshi Seiya - Seinto Seiya).Os Cavaleiros do Zodíaco - mangá (cap. 32); animê (ep.48);
  23. セイントセイヤ - 聖闘士星矢 (Seitōshi Seiya - Seinto Seiya).Os Cavaleiros do Zodíaco - mangá (cap. 38-39); animê (ep. 65-66);
  24. セイントセイヤ - 聖闘士星矢 (Seitōshi Seiya - Seinto Seiya).Os Cavaleiros do Zodíaco - animê (ep. 77);
  25. セイントセイヤ - 聖闘士星矢 (Seitōshi Seiya - Seinto Seiya).Os Cavaleiros do Zodíaco - animê (ep. 101);
  26. セイントセイヤ - 聖闘士星矢 (Seitōshi Seiya - Seinto Seiya).Os Cavaleiros do Zodíaco OVA Hades - A Saga do Santuário (ep. 02);
  27. セイントセイヤ - 聖闘士星矢 (Seitōshi Seiya - Seinto Seiya).Os Cavaleiros do Zodíaco OVA Hades - A Saga do Inferno (ep. 06);
  28. セイントセイヤ - 聖闘士星矢 (Seitōshi Seiya - Seinto Seiya).Os Cavaleiros do Zodíaco - mangá (cap.103); OVA Hades - A Saga dos Elíseos (ep. 03);
  29. 29,0 29,1 Coleção Anime Classics, A Lenda dos Defensores de Atena, Ed. Conrad - Edição 01, Pg: 10-13.
  30. Pachinkos e Pachislots. Saint Seiya (Pachinko). Setembro de 2011;
  31. Pachinkos e Pachislots. Saint Seiya (Pachislots). 04 de setembro de 2012;
  32. Pachinkos e Pachislots. Saint Seiya (Pachinko): Hoshi no Unmei. 4 de outubro de 2013;
  33. Site Oficial Brasileiro. Itens raros - Kit Oficial Pachinko. Informação publicada em 16-08-2013;
  34. Site Oficial Brasileiro. Pachinko, a nova máquina Destino das Estrelas é anunciada. Informação publicada em 18-09-2013;
  35. 聖闘士星矢戦記 (Saint Seiya Senki) - Os Cavaleiros do Zodíaco: Batalha do Santuário. Lançado em 2011;
  36. (聖闘士星矢 ブレイブ・ソルジャーズ Seinto Seiya Bureibu Sorujāz) - Os Cavaleiros do Zodíaco: Bravos Soldados. Lançamento original em 17-10-2013;
  37. SNOWLING, Margaret J.; HULME, Charles. The science of reading: a handbook. (Volume 17, Blackwell handbooks of developmental psychology). [S.l.]: Wiley-Blackwell, 2005. pág. 320–322. ISBN 1405114886. - em inglês;
  38. YIN Binyong 尹斌庸; FELLEY, Mary (1990). Chinese Romanization. Pronunciation and Orthography (Hanyu pinyin he zhengcifa 汉语拼音和正词法). Pequim: Sinolingua. ISBN 7-80052-148-6 / ISBN 0-8351-1930-0. - em inglês.
  39. CLEMENTS, Jonathan; McCARTHY, Helen. The Anime Encyclopedia: A Guide to Japanese Animation Since 1917. Editora Stone Bridge. Berkeley, Califórnia: 2001. ISBN 1-880656-64-7, OCLC 47255331. - em inglês.
  40. Brinquedos e Itens para Colecionador: Bonecos (Keshi Gomu) Saint Seiya - Bandai. Estes bonecos foram lançados nos anos 80. Informação retirada do site de compras online Ebay e publicada em 23-11-2014.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória