FANDOM


Shura de Capricórnio
山羊座のシュラ
Shura de Capricórnio em Soul of Gold
Nome
Títulos O Cavaleiro mais Fiel a Atena
Romanização Kapurikōn no Shura
Dados Gerais
Classificação Cavaleiro de Ouro
Armadura Armadura de Capricórnio
Constelação Capricornus
Divindade Atena
Dados Pessoais
Raça Humano
Gênero masculino
Idade 23 anos (pois morreu 4 anos atrás e não envelheceu)
Aniversário 12 de Janeiro
Signo Capricórnio
Altura 1,86 m
Peso 83 kg
Tipo Sanguíneo B
Local de Nascimento Espanha
Dados do Treinamento
Local de Treinamento Montes Pirineus, Espanha
Dados do Mangá/Anime
Estréia Soul of Gold - Episódio 05
Seiyū Takeshi Kusao

Shura é um dos 12 cavaleiros de ouro ressuscitados em Soul of Gold. Ele é um dos protagonistas.

Origem do nome

Asura é o Deus indiano da guerra e da violência, tomado no idioma japonês somente como Shura. O nome também se refere à um grupo de guerreiros demônios divinos em sânscrito e a um conselho islâmico descrito no Alcorão Origem do nome

Características

Aparência

Shura possuí cabelos verdes, olhos com pupilas pequenas e pele clara.

Personalidade

Ele tem uma postura séria e calma, e como suas outras versões é extremamente fiel a sua Deusa Atena e a justiça, ao ponto de enfrentar seus antigos companheiros pelo que acredita ser o certo.

Histórico

SHURAL

Shura ouve do Grande Mestre a ordem para executar Aioros.

Passado

Bem antes dos eventos de Soul of Gold, treze anos atrás, o cavaleiro de sagitário é falsamente acusado de traição por haver tentado matar Atena. Shura de Capricórnio é então incumbido pelo Grande Mestre de matá-lo.

Soul of Gold

SHURA00

Shura intervém para salvar Aioria.

Shura faz sua estreia durante um momento bastante delicado para Aioria de Leão, em que este, prestes a perder a luta, é salvo pelo Santo de Capricórnio. Austero e de poucas palavras, Shura assume a luta contra sua cópia. Ridicularizando a espada que o adversário empunhava, Shura mostra o poder da verdadeira espada sagrada. Sua Excalibur é forte o bastante para dividir em dois o corpo do falso Shura, porém este logo se restaura. Sem se abalar, Shura usa a técnica Pedra Saltitante, arremessando o adversário aos céus, logo se agarrando a ele. Este grita para que Aioria aproveitasse a chance para matar o inimigo - pois havia ficado claro ao capricorniano que só quem evocou a imagem é quem poderia derrotá-lo.

SHURA111

Shura, em perseguição a Aioros, cruza com o pequeno Aioria.

Shura aceita de boa vontade, dar sua vida como maneira de se redimir por ter matado o irmão mais velho de Aioria, Aioros de Sagitário. Recusando-se, a princípio, o leonino finalmente faz o que é preciso. A cópia de Shura é definitivamente destruída, mas o verdadeiro consegue sair ileso. Shura ainda cumprimenta Aioria pelo mesmo ter concentrado o ataque apenas no inimigo.

Logo após vencerem os desafios do Inverno de Fimbul, Shura, Aioria e Lifya se deparam com uma das raízes de Yggdrasil que formava a barreira que impedia-se de alcançar a colossal árvore. Aioria se encarrega de destruir a raiz, fazendo queimar seu cosmo ao máximo, conseguindo despertar sua armadura divina.

O alvo é destruído com sucesso, e já se nota diferença. Yggdrasil não mais sugava seus cosmos. Shura e Lifya auxiliam Aioria que, esgotado, perdera sua armadura divina. A sensação de vitória logo se dissipa quando a dupla sente o cosmo de Miro de Escorpião sumir.

Seguindo o caminho dentro de Yggdrasil, Shura reencontra Mu, Dohko e Aldebaran. O capricorniano houve de Lifya a explicação de como acabar com Yggdrasil e o fruto amaldiçoado que nela crescia. Para tanto deviam destruir todas as sete estátuas, cada qual dentro de uma das Sete Câmaras espalhadas pela árvore. Sabendo isso, Shura parte, chegando a Câmara de Gelo, Jaheim. Lá encontra-se com um antigo companheiro; Camus de Aquário.
SHURA-0

Shura Vs Camus.

Longe de apresentar surpresa, Shura avisa que não irá se conter perante um antigo amigo, o que Camus concorda. Shura sente alívio de não precisar pegar leve, e usando sua Excalibur destrói o gelo com o qual o aquariano pretendia encerrá-lo, reduzindo-o a lascas.

A luta entre ambos se inicia com os dois colidindo seus punhos. Shura diz imaginar haver um motivo forte para Camus lutar ao lado dos guerreiros deuses e relembra quando os mesmos foram revividos por Hades, ocultando do imperador do inferno a intenção de auxiliar Atena. Mesmo agora, em lados opostos, o poder de seus cosmos era praticamente o mesmo. Shura avisa que não pegaria leve, Camus diz estar preparado.

A espada sagrada capaz de retalhar tudo ao mais leve toque se intensifica a medida que o capricorniano atinge o cosmo máximo. A Excalibur encontra o frio do zero absoluto da Execução Aurora, estabelecendo um longo impasse. Há decisão, mas ela não favorece Shura. Exausto, ele é o primeiro a tombar. Camus também não está bem, mas permanece consciente. Shura, de propósito, não havia mirado todo seu poder em Camus, mas na estátua da Câmara de Gelo, Jaheim, conseguindo destruí-la. Pouco depois, é atingido pela espada de Surtr e envolto pelas raízes de Yggdrasil.

Shura retorna mais tarde, ao lado de todos os cavaleiros de ouro, para enfrentar o falso-deus Loki.

SHURA ENVERGANDO A ARMADURA DIVINA DE CAPRICÓRNIO

Shura envergando a Armadura Divina de Capricórnio.

Sua espada sagrada faz parceria com as presas do leão, sem provocar resultados aparentes. Recebendo o apoio de Atena, Shura afia sua cosmo ao extremo, despertando seu traje divino. Batalhando no espaço, acompanha o fim do falso-deus, golpeado por Aiolia. De volta a Terra, nota que suas novas vidas estão para terminar. O capricorniano não teme a morte, unindo-se aos companheiros para o descanso eterno.

Técnicas Especiais

Excalibur (Soul of Gold)

Excalibur
(Excalibur)
O poder máximo de Capricórnio, no qual seus braços e pernas adquirem o mesmo poder de corte que a lendária espada Excalibur, cortando tudo que for tocado, sendo utilizado em batalhas corporais ou o propagando em forma de feixes luminosos. Shura ergue se braço ou perna, e concentrando o seu cosmo ele lança vários poderosos feixes na velocidade da luz, que corta o inimigo com o menor toque. E se o inimigo tentar escapar, há uma variação que o ar impulsionado pelo golpe também o corta. O poder de corte é tão gigantesco que abre fendas enormes.

Pedras Saltitantes (Soul of Gold)

Pedras Saltitantes
(Jumping Stone)
É um movimento de contra-ataque executado por Shura no momento em que seu adversário ataca. Quando Shura é acertado por um golpe do inimigo, ele concentra a energia do impulso do golpe junto com seu cosmo, a energia do impulso vai para as pernas de Shura. Em seguida, Shura imobiliza o inimigo, agarrando-o com suas pernas. Shura faz uma acrobacia, arremessando o inimigo para o alto, e na hora Shura desfere a energia do impulso do golpe para o mesmo, causando danos graves.

Galeria

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.