FANDOM



O som que sai de sua flauta, são belos e tristes acordes da morte.

Enciclopédia Oficial.

Um dos Generais Marinas. A sua flauta priva o inimigo de suas forças e seu poder foi capaz de encurralar até mesmo Aldebaran. Ele protegia o Pilar do Oceano Atlântico Sul, mas acabou derrotado por Shun. Dono de um coração puro, acreditava que purificar a face terrestre era o caminho para que Poseidon pudesse criar a utopia na terra. Entretanto, quando conhece o amor de Atena, percebe que era um engano. No final, volta a ser apenas um ser humano e sai pelo mundo para ajudar as vítimas das chuvas junto com Julian, que tem a sua memória como Poseidon apagada.

Origem do Nome

Seu nome vem do italiano, nome de uma cidade e porto do sul da Itália, onde Homero, na Odisseia, diz ser a residência das Sirenes. Em Italiano e Português, por tradição, o nome da cidade é Sorrento.

Parece que o nome vem de Surrentum que provem do mito das Sereias, criaturas metade mulheres e metade pássaro, do mito grego das Seirínes (não confundir com sereias metade peixe, principalmente popular em lendas escandinavas), que enfeitiçavam os marinheiros com suas canções e levava-os à destruição. Na Odisseia, Ulisses escapou de seus encantos cobrindo os ouvidos de seus companheiros com tampas de cera e amarrando-os ao mastro principal do navio. Diz a lenda que as sereias, humilhadas por Ulisses, tornaram-se os penhascos chamados hoje Li Galli, que estão localizados na frente de Positano.

Características

Aparência

Sorento é um jovem de aparência suave e delicada, cabelos lilás e olhos grandes num tom rosa escuro.

No geral, Sorento sempre demonstra um porte elegante, tanto com escamas como com suas roupas civis. Trajando sua escama ou não, Sorento sempre tem com ele sua flauta.

Personalidade

Sorento é um servo fiel de Poseidon. Ele acreditava que o grande poder de Poseidon poderia purificar o mundo, para o bem da humanidade.

Shun disse que as belas melodias emitidas por Sorento ocorrem porque ele é uma pessoa com uma "mente brilhante", a que responde Sorento, assim poderíamos supor que existe alguma verdade nisso, afinal Sorento é um artista e, como todo artista, deve ser capaz de expressar através de sua música o que está dentro de sua mente e coração.

Mas, sobretudo, Sorento é um guerreiro feroz, que não hesita em atacar o seu adversário ou alguém que seja suspeito, mesmo que seja um dos seus companheiros, porque ele acredita que a confiança entre os seus companheiros guerreiros é importante.

Histórico

Saga de Poseidon

Existem diferenças entre o mangá e o anime sobre a primeira aparição de Sorento, na qual serão citadas abaixo.

No Mangá, Sorento surge pela primeira vez no hospital onde Seiya e os outros Cavaleiros de Bronze se recuperam da luta das Doze Casas. Aldebaran de Touro, que estava de guarda no hospital, entra em combate com ele. Entretanto, por já estar sob o efeito da música do Marina, Aldebaran é, aparentemente, derrotado. Quando já se preparava para matar os Cavaleiros de Bronze, Sorento é surpreendido por Aldebaran – que havia esquivado de seu golpe – e recebe o “Grande Chifre”. O golpe não surte efeito, todavia. Isso porque Sorento diminuiu o cosmo de Aldebaran em 1%. Sorento revida com a “Sinfonia Final da Morte” e quase mata o Touro. Aldebaran some, mas deixa sua armadura protegendo os cavaleiros. Sorento volta ao Templo de Poseidon acompanhado de Atena. Ele diz que não pôde impedi-la de vir, já que ficou atemorizado com o cosmo da deusa.

Já no Anime, Sorento aparece em Asgard para Hilda de Polaris durante a luta de Siegfried de Dubhe e Seiya. Ele revela que Hilda foi usada por Poseidon para enfraquecer o exército de Atena e, desta forma, fortalecer o domínio de Poseidon na Terra. Siegfried, diante disso, decide derrotar Sorento e salvar Hilda. Durante a luta, Sorento teve ampla vantagem, pois utilizou a "Sinfonia Final da Morte" e quase inutiliza Siegfried. O Guerreiro Deus, no entanto, faz um último esforço e decide levar Sorento consigo para o espaço – matando a ambos. Posteriormente, é mostrado que Sorento conseguiu escapar do golpe de Siegfried e voltar à Terra.

Sorento é visto novamente conversando com Kanon de Dragão Marinho sobre a situação da guerra contra Atena. Apesar de Kanon declarar que todos os cavaleiros haviam sido derrotados, Sorento estava desconfiado – já que achava que a luta entre os dois deuses seria proveitosa para uma terceira pessoa tomar o poder. Sorento então indaga a Kanon sobre seu passado, mas esse nada diz. Ambos então sentem cosmos se aproximando de seus respectivos pilares e retornam até eles.

No Pilar do Oceano Atlântico Sul, Sorento encontra-se com Shun de Andrômeda e eles iniciam um combate. Sorento demonstra vantagem durante todo o combate, mas, em um determinado momento, ouve-se a canção que Atena cantava dentro do Grande Pilar Principal – momentaneamente salvando Shun da flauta do Marina. Assim que a canção para, Sorento e Shun voltam a lutar. Sorento consegue causar danos gravíssimos em Shun com sua flauta. Todavia, quando estava perto de morrer, Shun eleva seu cosmo e usa a “Corrente Nebulosa” contra Sorento. Shun pede para que Sorento desista da luta, pois sabe que ele possui um bom coração. O marina se recusa e ataca o cavaleiro com sua flauta, mas é vencido pela “Tempestade Nebulosa”.

Sorento aparece posteriormente na luta de Ikki de Fênix contra Kanon, junto a Kiki. Ele explica que, sabendo que essa guerra não era da vontade de Poseidon, nada resta a não ser destruir o último pilar. Após o pilar ser destruído, Kanon ataca Ikki ferozmente. Sorento, neste momento, ataca Kanon com sua flauta, mas Ikki pede que não o mate, pois precisa saber onde ficava a Ânfora de Atena. Após Ikki ir embora, Sorento diz a Kanon que também não queria acreditar no amor que Atena tinha pela Terra, mas que depois, havia finalmente entendido a compaixão que ela possui pelas pessoas da Terra. Sorento diz que se Kanon não consegue entender isso, sequer é um oponente com o qual se vale a pena lutar.

Saga de Hades

Sorento é visto junto a Julian Solo em uma falésia. Ele sente que Poseidon mais uma vez reencarnou em Julian. Poseidon então explica a Sorento que o eclipse era uma obra de Hades para destruir a Terra e que por isso enviou as Armaduras de Ouro para os cavaleiros que estavam nos Campos Elísios. Poseidon volta a dormir e Julian chama Sorento para acompanhá-lo, já que muitos ainda querem ouvir a flauta dele. Sorento então deseja boa sorte aos cavaleiros.

Outras Aparições

Jogos

SORENTO DE SIRENE (Ω)

Aparência de Sorento sem a Escama de Sirene.

Sorento não aparece no anime Os Cavaleiros do Zodíaco Ômega, somente no jogo Saint Seiya Ω - Ultimate Cosmo, onde Poseidon volta à vida e o Marina o auxilia em seus planos. Poseidon dá a Sorento a missão de falar para os Cavaleiros de Bronze o único jeito de salvar Atena, e sua outra missão é lutar bravamente contra os Cavaleiros de Bronze. Também é um personagem jogável em Saint Seiya: Bravos Soldados e Saint Seiya: Alma dos Soldados.


Habilidades de Luta

Ele não usa nenhum tipo de técnica de luta ou arma. Apenas o som da sua flauta e o seu fenomenal talento musical são suficientes para atacar o inimigo. A melodia de sua flauta entra na mente do adversário, destruindo o seu cérebro.[1]

Seu cosmo se equivale ao dos Cavaleiros de Ouro. Ele consegue se mover e atacar na velocidade da luz. Com seu cosmo, Sorento é capaz de desferir com o braço rajadas energéticas de grande intensidade, no formato de pautas musicais. Este golpe assemelha-se em parte à "Excalibur" do Cavaleiro de Capricórnio, embora não seja tão concentrado. Sua maior arma, no entanto, é sua flauta, capaz de reduzir o cosmo do inimigo a percentagens ínfimas. Isso o torna um osso duro nos combates.

Com a flauta, Sorento é capaz de desenhar uma esfera de energia que repele e devolve os ataques inimigos, de forma parecida, mas não idêntica, à "Muralha de Cristal" do Cavaleiro de Áries. Sua música não só pode ser usada para reduzir o cosmo do inimigo, facilitando as manobras defensivas, mas também para atacar, destroçando sua alma e corpo.

Sorento também é capaz de criar mentalmente uma ilusão, distraindo o inimigo. Essa habilidade, embora não frequente, foi usada contra Siegfried, permitindo ao general marina assumir o controle de seu cosmo e escapar da morte certa. A alta resistência cósmica de Sorento se mostrou não só na batalha com Siegfried, mas também no reino de Poseidon, quando Sorento conseguiu sobreviver sem maiores danos à "Tempestade Nebulosa" de Shun.

Extremamente habilidoso em combate desarmado (sendo capaz de revidar com extrema eficiência um ataque de Shun e atacou, no anime, com ataques físicos fortes Seiya e Siegfried), pode utilizar sua flauta como um bastão para ataque, se necessário. Contudo, o som de sua flauta e o seu talento musical são suficientes para atacar o inimigo. A melodia de sua flauta priva o uso do cosmo e restringe todos os seus sentidos. Como ressoa dentro da mente, não adianta tapar o ouvido ou estourar os tímpanos, o som da flauta entra e destrói o cérebro do oponente instantaneamente.

Técnicas Especiais

Sinfonia Final da Morte

Sinfonia Final da Morte (Ômega)

Sinfonia Final da Morte
(Dead End Symphony)
Sorento com sua flauta produz uma bela melodia que parece inofensiva à primeira vista, mas esconde a morte. Ela enfraquece os cinco sentidos do adversário, reduzindo o cosmo de seu adversário a 1%, e afetando diretamente o cérebro e o espírito da vítima. A música vai direto para o cérebro do adversário, tornando desnecessário qualquer tentativa de bloquear o som. Não é possível evitar as notas da sinfonia cobrindo suas orelhas ou perfurando os tímpanos, as notas musicais hipnotizam o adversário e, em seguida, atacam diretamente o cérebro. Também não é possível evitar a criação de um vácuo no ar para evitar a propagação do som, já que não é um ataque físico. Sorento canaliza seu ataque através das notas de sua flauta. O som irresistível da flauta causa ao inimigo uma dolorosa tortura. Sorento explica que as pessoas de coração bom ouvem um som agradável, enquanto as más pessoas, ouvem sons terríveis. No anime, a parte final que finaliza a "Sinfonia Final da Morte" é essa mesma técnica, que acaba com o adversário. Sorento pode quebrar o corpo enfraquecido e a armadura de seus adversários ao tocar a flauta, que envia ondas sonoras poderosas. As notas infligem morte à vítima, após ter sido torturada. No Mangá, o final é conhecido como outra técnica chamada de "Clímax Final da Morte".
Climax Climax Final da Morte
(Dead End Climax)
No Mangá, esta é a parte final que conclui a "Sinfonia Final da Morte", que acaba com o adversário. Sorento pode quebrar o corpo enfraquecido e a armadura de seus adversários ao tocar a flauta, que envia ondas sonoras poderosas. As notas infligem morte à vítima, após ter sido torturada. A técnica é quase igual a Sinfonia, simplesmente diferem em que a primeira não é letal. Além disso, a vítima do Clímax é reduzida a pó.

Curiosidades

  • O país onde Sorento nasceu é o mesmo que o de Mozart, famoso compositor da peça "A Flauta Mágica".
  • Sorento é o único General Marinha que vem de um país sem litoral.
  • Apesar de sua Escama mostrar claramente a imagem de uma sereia da mitologia clássica, sua aura se assemelha mais à imagem de uma fada.
  • Sorento é um dos exemplos mais claros de que em Os Cavaleiros do Zodíaco, os inimigos dos protagonistas nem sempre são personagens malvados.
  • Para muitos, é um mistério (e até mesmo incoerência) que às vezes apareça com capa, já que as asas de sua Escama (assim como a Armadura de Sagitário) são dobradas para trás.
  • Sorento permanece fiel à Julian mesmo ele não sendo mais o Imperador Poseidon.
  • No anime Rin ni Kakero (outro trabalho de Masami Kurumada), há um personagem que tem uma aparência similar à de Sorento, com cabelos ondulados e lilás. Além disso, esse personagem possui um instrumento musical, porém não é uma flauta e sim, uma lira.
  • Quando Os Cavaleiros do Zodíaco (Saint Seiya) foi adaptado para a língua italiana, Sorento foi rebatizado de Sirya.
  • No jogo Saint Seiya Ômega Ultimate Cosmo, Sorento utiliza uma nova Escama de Sirene cuja aparência foi totalmente remodelada, sendo transportada pelos Cristais Aqua Drops.

Referências

  1. Enciclopédia Cavaleiros do Zodíaco

Navegação

Marinas de Poseidon
Deus Poseidon
Marinas Soldados Rasos
Comandantes Thetis de Sereia
Generais Bian de Cavalo MarinhoIo de ScyllaKrishna de ChrysaorKasa de LymnadesIsaak de KrakenSorento de Sirene (Ω) • Unity de Dragão MarinhoKanon de Dragão Marinho

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória