Fandom

Saint Seya Wiki

Yuna de Águia

2 316 pages em
Este wiki
Adicione uma página
Comentários222 Share

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.



Amazona de Bronze de Constelação de Águia. Ela consegue manipular o vento. Decidiu seguir o caminho para se tornar uma amazona a fim de eliminar a sua experiência de infância que recebeu durante uma guerra. Ela acredita de que para se tornar um bom lutador é preciso ser mais forte do que qualquer outra pessoa. Ela estava de volta à sua cidade natal em reconstrução, depois da batalha decisiva em Marte, mas começou a agir por conta própria para saber a como entrar em uma nova luta, e para reparar a sua armadura, precisou procurar o reparador de armaduras. O medo de voltar para a luta, fez uso de sua armadura parecer temporário, mas ao superar o seu medo de lutar, pode enfrentar os pallasitos e despertar sua nova armadura.

Descrição do personagem no site da Toei

[1]


Yuna de Águia é uma Amazona de Bronze do século XXI e aprendiz na Palaestra.Apesar de desejar se tornar uma amazona poderosa, também pretende manter em paralelo uma vida comum, feito praticamente impossível para aqueles que escolhem servir Atena.

CaracterísticasEditar

AparênciaEditar

Dona de longos cabelos loiros e olhos de tom lavanda, Yuna mantém uma aparência comum e ao mesmo tempo madura. Vezes é vista com um vestido amarelo de mangas longas com um cinto marrom em sua cintura e botas da mesma cor. Outras é vista com uma blusa branca de detalhes em vinho, junto de uma saia branca e botas da mesma cor além de meias sete oitavos que também possuem a coloração vinho. Sua armadura contém tons de branco, vinho claro e verde desbotado.

PersonalidadeEditar

Muito independente, mas também muito amorosa. Ela não se preocupa com as tradições das Amazonas, de modo que ela se recusa a usar uma máscara. É muito inteligente e sua atenta observação de estrelas lhe permite ver os mistérios desconhecidos do cosmo. Ela tem uma tendência a lutar com Kouga e ainda o derrotou da primeira vez que se encontraram. Quando conhece Aria, é inicialmente hostil com a menina, mas depois vem a compreendê-la e conhecê-la, e, como resultado, elas se tornam amigas. Com isso, ela desenvolve um instinto protetor com Aria, de pensar nela como uma querida amiga e irmã.

Histórico Editar

Infância e treinamentoEditar

Yuna quando criança.jpg

Yuna quando criança

Órfã após uma guerra, Yuna vivia sozinha em um vilarejo, tendo que roubar comida para sobreviver. Um dia, ela encontra Pavlin de Pavão, que a protege enquanto roubava pães e faz o padeiro desistir de castigar a menina. Pavlin a leva consigo e a treina para ser uma Amazona de Atena. Durante seu treinamento, sua mestra descobre que Yuna tem a habilidade de ler as estrelas.Após concluir seu treinamento, Pavlin lhe entrega sua máscara e a envia à Palaestra. Lá, ela jura se tornar uma guerreira poderosa, apesar de não concordar com a ideia de ocultar seu rosto para o mundo.

PalaestraEditar

Fim do uso da máscara  Editar

Omega3 114.jpg

Primeira aparição de Yuna

Quando Yuna aparece pela primeira vez é para confrontar Kouga de Pégaso às portas da Palaestra, sob as ordens de Geki, para verificar se o rapaz merece ingressar na Escola. Yuna em um breve combate demonstra um pouco de suas habilidades como amazona, deixando Kouga sem conseguir nem reagir, Kouga veste a armadura de Pégaso e Geki, ao ver, interrompe a luta, e pede obrigado a Yuna pela ajuda, e Kouga é recebido na Palaestra. É vista novamente por Kouga quando ela estava lendo as estrelas.

Lá, a Amazona é questionada por Spear de Peixe-espada a respeito das habilidades do Cavaleiro de Pégaso ouve provocações a respeito de sua máscara. Os dois só não entram em combate por intervenção do instrutor Geki.

Quando ela revela sua habilidade de ler as estrelas para Kouga, ele pede para que a Amazona tente descobrir se Atena estava correndo perigo. Após a confirmação de suas suspeitas, Yuna também informa-o a respeito da lei da máscara. Enquanto Kouga pergunta por qual motivo ela se submete à tal regra apesar de odiá-la, a dupla se depara com Spear, que os provoca mais uma vez.

Peleayuna.gif

Yuna lutando contra Spear de Peixe-Espada

Yuna-tira-a-mascara.jpg

Yuna retira sua mascara

Geki observa a cena e permite que Yuna enfrente Spear em combate, aconselhando-a a dar tudo de si nesta luta. Kouga se mostra aflito quando Spear começa a levar vantagem na luta e tenta encoraja-la. Yuna se lembra da promessa que fez à Pavlin quando aceitou ser uma Amazona e assim percebe que para vencer, ela não deve cegamente seguir as leis que lhe são ditas, mas primeiramente seguir as leis de seu coração. Com isso, ela consegue usar seu Cosmo para derrotar Spear, partindo sua própria máscara durante o processo.

Grande Torneio dos CavaleirosEditar

Durante o desafio da Cosmo Delta,Yuna e Ryuho de Dragão agem em conjunto e conseguem concluir seu objetivo, que era chegar ao topo da montanha antes do nascer do sol. Os dois se classificam como participantes da Batalha dos Cavaleiros juntamente com outros quatorze jovens. Após vencer o combate inicial e figurar entre os oito finalistas, Yuna consegue aprovação para as semifinais ao derrotar Guney de Golfinho em sua segunda luta na competição. Sua terceira batalha é contra Ryuho, mas a disputa é interrompida devido à interferência de Ionia de Capricórnio, que destrói a barreira que protegia a Palaestra, permitindo que os lacaios de Marte comecem a atacar a Escola, interrompendo o torneio.

Yuna, Souma e Ryuho começam a combater os Marcianos, mas as Trevas presente no local os enfraquecem e os três decidem sair a procura de Kouga. Logo se reúnem com o cavaleiro de Pégaso e Haruto de Lobo. O quinteto é confrontado por um enorme exército de Marcianos, mas consegue fugir graças a ajuda do instrutor Geki e deixam a Palaestra, guiados pela luz gerada por Kouga, assistindo, de longe, a destruição da Escola.

Investida na Torre de BabelEditar

Os Cavaleiros então decidem ir até o Santuário, mas em seu lugar encontram a recém erguida Torre de Babel. Eles formulam um plano para invadir a torre e resgatar Aria, a jovem que Ionia de Capricórnio trouxe à Palaestra como Atena, e Yuna faz dupla com Kouga para invadir a torre furtivamente, enquanto os outros chamam a atenção dos lacaios de Marte. Lá, encontram os membros da Palaestra imobilizados em um enorme pilar e conseguem resgatar Aria. O trio então é surpreendido com a chegada de Micenas de Leão, mas Yuna usa seu elemento para rapidamente fugir com Kouga e Aria.

Após um breve reencontro com os demais, Yuna recebe a missão de proteger Aria e seguir em frente com ela enquanto os rapazes da equipe se preparam para enfrentar Micenas e lhe ganhar tempo para a fuga.

Yuna e Aria chegam a um vilarejo não muito distante e ali buscam refúgio. A Amazona a princípio estranha o jeito inocente de Aria, mas logo passa a gostar da companheira. Quando as duas visitavam a igreja local, Yuna sente Cosmos se aproximando, escondendo Aria em um armário e vestindo sua armadura para enfrentar quem se aproxima.

Yuna logo é encurralada pelos Cavaleiros de Prata Miguel de Cães de Caça e Johann de Corvo, liderados pela Alta-Marciana Sonia de Vespa. Ela tenta enfrentar a Marciana, mas é rapidamente vencida. Sonia está prestes a desferir o golpe final, mas recebe um chamado de Marte e decide deixar Miguel e Johann a cabo da situação.

Yuna, junto com Souma, luta contra Johann de Corvo, mas o Cavaleiro de Prata se mostra muito poderoso com sua técnica de defesa e contra-ataque. Yuna descobre seu ponto fraco e, com a chegada e auxílio de Kouga, consegue vencer Johann e fugir de Miguel, levando seus companheiros.

As RuínasEditar

Ruína do VentoEditar

Aria os informa que para impedir os planos de Marte, eles devem destruir os núcleos das ruínas que dão força à Torre de Babel. Eles então vão para a Ruína do Vento, mas no caminho são detidos por Miguel de Cães de Caça, que estava perseguindo-os. Kouga decide lutar sozinho para que os outros seguissem até as ruínas, e após obter sucesso, se reúnem novamente e seguem em frente.

Na Ruína, Yuna usa seu elemento para abrir uma passagem e conseguir entrar nas ruínas, seguida por Kouga. Lá ela é surpreendida por Fly de Mosca, que a deixa imóvel e depois a molesta. Kouga chega e consegue vencer o Cavaleiro de Prata. Aria usa seu poder, junto com o de Yuna, para destruir o núcleo. De sua destruição emerge um Cristal de Cosmo, que garantirá a Yuna um novo poder no futuro.

Ruína da TerraEditar

Após a destruição do núcleo, eles se dirigem à Ruína da Terra. No caminho, eles passam pelas ruínas do vilarejo que Yuna cresceu. Ela sente o cosmo de um inimigo se aproximando e decide enfrentá-lo sozinha, enquanto os outros seguem em frente. O inimigo é Pavlin de Pavão, sua mestra. Após um confronto, Yuna consegue provar que se tornou uma Amazona exemplar e que ainda luta por Atena, mas as duas são surpreendidas por três Cavaleiros de Prata. Pavlin decide enfrentá-los e ordena que sua discípula continue seguindo seu caminho.

Raki e o Reparador de ArmadurasEditar

Para irem a ruína do fogo, Kouga e os seus amigos teriam que ir de navio. No caminho são cercados por Rajinsuki de Formiga e o seu Esquadrão Perseguidor. Não vendo outra alternativa Kouga foge junto com os seus amigos, porém Yuna deixa a carteira com o dinheiro da passagem cair e são salvos por Haruto.

Ao perceberem que estão sem dinheiro, um homem chamado Paulo resolve empregá-los em uma pensão e caso trabalhem bem conseguirão um barco para irem até onde quiserem. Kouga e os seus amigos aceitam mas não esperavam que fosse tão difícil trabalhar já que eles estão acostumados a combates. Porém o momento de paz acaba quando Rajinsuki encontra os cavaleiros e começa uma intensa luta de Marcianos e Cavaleiros em frente à tal pensão, Quando tudo parecia perdido Kouga e os seus amigos conseguem vencer após unirem seus ataques contra os Marcianos, conseguindo assim o barco graças a salvar a cidade.

Após a viagem, Kouga, Souma e Yuna juntamente com Aria estão passando por locais montanhosos e vêm uma menina andando por ali. Kouga acha que a menina está perdida e tenta ajudá-la mas é surpreendido pois ela acha que ele é um "vilão" e ataca Kouga com pedras movidas por telecinese. A menina se apresenta como Raki, discípula do reparador de Armaduras do século XXI Kiki, que tem a missão de levar o pó de estrelas ao seu mestre.

Ao chegar em uma caverna com um depósito gigantesco de pó de estrelas, o grupo é parado por Dorie de Cérbero, Um cavaleiro de prata que surge ordenado por Sonia que capture o reparador de armaduras. então Dorie com sua técnica de divisão criou três cavaleiros de prata para Kouga e os outros e começou a lutar. Depois que todos foram derrotados por ele, Dorie resolve torturar Raki para que ela lhe diga onde está o reparador de armaduras, só que Aria protege a indefesa menina e Kouga se levanta mais uma vez para lutar e após o embate das técnicas mais poderosas de ambos Kouga vence o cavaleiro de prata e se despede de Raki.

Ruína do FogoEditar

Em direção a Ruina do fogo Kouga chega a terra natal de Souma, sendo que a guardiã da ruína é a mulher que matou o pai de Souma que vai na frente para vingar seu pai. Kouga,Yuna e Aria vão cortando caminho até chegarem no local do combate onde encontram um Souma tomado pelo ódio e Sonia prestes a ser derrotada. Kouga "abre os olhos" de Souma que vence Sonia que foge com vida.

Ruína da ÁguaEditar

Kouga, Yuna e Aria chegam aos Cinco Picos Antigos onde sentem um cálido e poderoso cosmo que é quando Haruto aparece dizendo que é de Shiryu pai de Ryuho que foi até a ruína da água sozinho. Ao chegarem na Ruína da Água eles encontram Mirfak que havia nocauteado Ryuho, porém o cavaleiro de prata petrifica Kouga,Yuna e Haruto com o escudo da medusa. Ryuho, sem alternativa vence depois de muito sacrifício e destrói a Ruína da água e tem a Armadura de Ouro de Libra roubada por Genbu.

Resgate de Aria Editar

Tumblr m90og6dLhP1r1n5pqo1 100.gif

Luta entre Yuna e Eden de Orion

Depois de muitas lutas Kouga, Yuna e Aria descansam um pouco depois de sucessivas viagens e combates, mas esse descanso dura pouco pois Eden chega e derrota facilmente os dois e leva Aria de volta ao castelo de Marte para o desespero de Kouga.

Yuna1.gif

Yuna tenta reanimar Kouga

Yuna ajuda Kouga depois da derrota para Eden, pois Kouga se desespera a ponto de perder sua vontade de lutar, Yuna leva o cavaleiro a uma geleira onde ela foi treinada por sua mestra e ataca Kouga, lá o cavaleiro de Pégaso cai em um precipício, e no fundo do precipício é ajudado por Hyoga de Cisne que explica a Kouga que a dor de se perder alguém querido e como ele poderia ir atrás de Aria se quisesse, Kouga recebe o pó de diamantes de Hyoga e elevando o seu cosmo consegue superar o cosmo do lendário cavaleiro de Bronze, recuperando assim a vontade de lutar.

Kouga e Yuna são encontrados por Haruto e Ryuho, Haruto informa que sabe a localização de aria e juntos eles bolam um plano de invasão, no castelo de Marte os quatro cavaleiros de dividem em duas duplas, Ryuuho e Haruto, enfrentam Sonia, são derrotados, porem tudo fazia parte do plano de distração e eles partem para o quatro se Aria, Kouga e Yuna enfrentam o cavaleiro Ennead de Escudo , podem tem muitas dificuldades diante da defesa quase impenetrável dele, são ajudados por Souma que vence o cavaleiro com um único golpe, o Bombardeio de Leão Menor, que ele aprendeu em seu treinamento com Jabu, após isso eles descobrem que Ària havia partido com Eden até a ruína do trovão e decidem ir atrás deles.

Ruína do TrovãoEditar

Shaina de Ofiúco se junta ao grupo, Yuna arrasta Souma para que ela e Kouga possam falar a sós, logo Após eles partem para a ruína do trovão, lá são atacados por um cavaleiro de prata e Ryuho decide enfrentar Bayer de Boieiro, logo depois o grupo é atacado por Bartschius de Girafa, Haruto protege os amigos e enfrenta a Amazona de prata, já na entrada da torre da ruína, Menkar de Baleia ataca o Grupo Yuna usa seu Typhon Blast para deter o ataque do Cavaleiro de prata, mas ela sozinha não esta aguentando então Souma a ajuda, Kouga e Shaina entra na torre, Kouga enfrenta Eden e Shaina juntamente com Aria destroem o núcleo do trovão, depois disso uma grande quantidade de cosmo das trevas envolve todos os cavaleiros e derruba a Ruína do trovão.

Ruína das TrevasEditar

Depois de ser sugada pelas trevas junto com Haruto e Ryuho, Yuna acorda dentro de uma sala escura, Haruto acha uma porta com a inscrição "De que se arrependes, e Busca redimir-se?" ao tentar forçar a entrada todos são levados para seu passado. Yuna retorna a sua vila antes dela ser destruída e encontra com Rine, uma menina que conheceu na infância antes de se tornar amazona, a garota cobra que Yuna permaneça na vila e a amazona acredita que se ficar pode impedir a destruição da vila, porém após pensar melhor Yuna percebe a ilusão e decide sair da vila, então um espectro negro aparece e ela o ataca, ao vence-lo ela retorna para junto de seu amigos e tentam escapar da ruína das Trevas, porem descobre que ela e os outros estão próximos ao núcleo das trevas, Kouga e Aria destroem a ruína das trevas, mas surge Marte, os cavaleiros lutam contra Marte mas são facilmente derrotados, mas então Aria recebe todo poder de Atena, os cavaleiros levantam-se e atacam Marte. Mas, Marte derrota um de cada vez, Kouga é o que chega mais longe e acerta Marte com seu meteoro de pégaso porem nem o fere, e Kouga é derrotado com o contra-ataque. Com a lança escarlate sideral, Marte mata Aria, e foge levando Sonia e Eden, os cavaleiros acompanham o suspiro de Aria que com suas últimas energias leva os cavaleiros de bronze para longe da ruína das trevas.

Batalha das Doze CasasEditar

Casa de ÁriesEditar

Yuna e os Cavaleiros de Bronze tem suas Armaduras restauradas por Kiki de Áries na primeira Casa do Zodíaco.

Casa de TouroEditar

Yuna e os Cavaleiros de Bronze atacam Harbinger de Touro com força total na Casa seguinte, mas são derrotados com facilidade. Harbinger cria uma distorção no espaço-tempo e envia Yuna e os outros quatro às demais Casas, deixando Kouga sozinho para enfrentá-lo.

Casa de CancerEditar

Após se recuperar do ataque, Yuna é recebida na Casa de Câncer por Schiller de Câncer

Yuna desperta o Setimo Sentido.gif

Yuna desperta o 7º Sentido

Ela tenta atacá-lo, mas seus golpes não surtem efeito. Ele convoca alguns corpos para atacá-la, mas Yuna consegue vencê-los no primeiro momento. Posteriormente ele convoca Arné e Komachi, suas antigas amigas da Palaestra, e ela se recusa a enfrentá-las.

Após algum tempo se esquivando dos ataques das Amazonas, Yuna recebe o golpe Medou Chouraku, que a lança pelos ares e cria uma ilusão de morte. Mesmo assim, a jovem se recusa a lutar e depois de ser atacada mais uma vez contra-ataca Schiller, que utiliza o Sekishiki Meikai-Ha para mandar Yuna para o mundo dos mortos.

Quando Kouga e Ryuho entram na Casa de Câncer, Schiller manda Kouga pra o mundo dos mortos, porém o Cavaleiro de Pégaso consegue agarrá-lo e o leva junto consigo. Lá, Kouga desperta seu lado das trevas e é quase morto por Schiller, mas é protegido por Yuna. A Amazona desperta o Sétimo Sentido e Schiller acaba morto após cair no buraco do Yomotsu.


Casa de PeixesEditar

Yuna03.jpg

Yuna sendo atacada por Amor de Peixes

Após se reencontrarem na Casa de Capricórnio, Yuna e os demais cavaleiros de bronze entram na última casa, Peixes. Lá eles são recebidos por Amor de Peixes. Amor cria uma barreira entre Yuna, Kouga e os outros. Souma, Ryuho e Haruto ficam para lutar contra os Quatro Reis Marcianos. Amor logo em seguida prende Kouga numa prisão das trevas. Yuna, sendo a única capaz de lutar, enfrenta Amor. O cavaleiro de Peixes, entretanto, convida a amazona a se render e viver com ele no novo mundo a ser criado por Marte. Yuna tenta, por sucessivas vezes, derrotar Amor, mas acaba sendo derrotada. Ao ver seus amigos derrotados, Kouga queima seu cosmo das trevas, livra-se da prisão e salva Yuna.

Kouga, entretanto, consegue manter a consciência por um tempo e salvar seus amigos. Diante disso, Amor faz com que Kouga seja tomado pelo cosmo da escuridão novamente. Yuna então decide salvar Kouga da escuridão, elevando seu cosmo ao máximo e reprimindo o cosmo das trevas mais uma vez. Em seguida, Yuna fica para lutar contra o cavaleiro de ouro enquanto Kouga segue em direção a Marte. Yuna continua perdendo pra Amor, até que surge Eden, para lutar também. A amazona pede que Eden siga Kouga enquanto ela luta na casa de Peixes. Amor então derrota momentaneamente Yuna e segue em direção à Sala do Mestre.

Planeta MarteEditar

Yuna e seus amigos são mandados para o Planeta Marte com a ajuda dos Cavaleiros de Ouro sobreviventes (exceto Seiya e Paradox), e quando chegam lá, veem Kouga sendo completamente dominado pelo deus das Trevas, Apsu.
Yuna00.jpg

Yuna com a marca das trevas

Yuna é a única que consegue ficar de pé diante do poder de Apsu.

7 apsu.jpg

Yuna sendo consumida pelas trevas de Apsu

Yuna conversa com Atena através do cosmo e reforça mais uma vez sua promessa de lutar em nome dela. Entretanto Apsu suprime as forças dela e segue em direção à Atena. Yuna e os outros cavaleiros de bronze continuam, no entanto, a acreditar em Kouga. Com esse sentimento, o cosmo dos cavaleiros consegue alcançar Seiya de Sagitário, fazendo-o ressurgir das profundezas das trevas. Ela o ajuda à finalmente libertar Kouga do domínio do deus das Trevas.

Saga de PallasEditar

PallasbeltaEditar

Yuna0.jpg

Yuna e Souma com suas novas armaduras

Em Pallasbelta, faz parte do grupo de Seiya, que invade a cidade. Ao lado de Souma, vê a "fusão" de Ymir e Methone, tendo grandes dificuldades na luta, mas ao juntar forças com seu companheiro derrotam o Pallasite.

Aparece ao lado de Souma, quando Eden e os outros Cavaleiros de Bronze, lutavam contra Thebe, derrubando alguns soldados liderados pelo Pallasite.

Enquanto são protegidos por Eden e Subaru (Devido a suas armaduras não estarem danificadas), os Cavaleiros de Bronze, partem para o local aonde Kiki de Áries se encontra. Após renovar as Armaduras, eles partem para o Castelo de Pallas. Yuna e os demais cavaleiros de Bronze chegam bem perto do Castelo de Pallas mas Miller chega para destruir suas armaduras. Então o lendário cavaleiro de Fênix chega para derrotar Miller. Yuna presencia a luta entre o pallasito sem classe e o cavaleiro de Fênix. Ikki avisa a Yuna e seus amigos que existe um verdadeiro inimigo por traz de Pallas e que estava o seguindo mais perdeu a pista dele. Logo Yuna e seus amigos seguem em direção ao Castelo de Pallas.

Yuna junto a seus amigos se vê perto da fortaleza de Pallas, ela reencontra-se com Ryuho e parte para o Castelo de Pallas. Ao chegar perto do castelo, Yuna junto a Souma abrem caminho pelo exército de Pallas, para Kouga chegar até o Portal do Tempo. Yuna e Souma são salvos por Hyoga que chega para ajuda-los. Após a derrota do grande exército vê Kouga petrificado, dá seu cosmo para seu amigo reagir novamente e conseguir quebrar o Portal do Tempo.

Castelo de PallasEditar

Após a quebra do Portal do Tempo, Yuna e seus amigos entram na fortaleza de Pallas. Yuna vê Ikki destruindo o portão de entrada. Ela também vê Ikki e Integra entrando primeiro no castelo. Yuna e os outros cavaleiros entram no castelo e se encontram com Europa. Europa os avisa que existem quatro caminhos a se seguir e somente um levará a Pallas. Após a investida de Kouga, Yuna também tenta atacar Europa. Sua tentativa de ataque acaba falhando. Depois de ouvir as palavras que Saori diz a Europa, Yuna consegue levantar novamente. Yuna, Souma, Kouga e Shun seguem pelo primeiro caminho sugerido por Europa.

Caminho de ÁlfheimEditar

Yuna e seus amigos no Caminho de Álfheim são atacados por Soldados Pallasitos. Shun diz aos jovens que podem seguir em frente e que logo os alcançaram. Yuna, Kouga e Souma entra no Domo de Cristal e são recebidos por Surtr. Ela vê Kouga e Souma tentando atacar o pallasito mas as tentativas falham. Yuna e seus amigos tentam dar a volta na barreira de Surtr mas acabam sendo atacados por ele. Quando Shun aparece para salva-los, ele acaba descobrindo como passar pela barreira e ela e Souma fazem a técnica Bombardeio de Chamas de Tempestade do Leão Menor para esconder Shun a Kouga. Yuna vê Kouga quebrando o Cristal de Surtr e Shun o matando. No final do Caminho de Álfheim, Yuna se depara com Aegaeon. Ela luta ao lado de Kouga, Shun e Souma para derrotar o pallasito primário. Todas as tentativas de tentar derrota-lo acabam falhando. Então, Ikki chega para acertar as contas com Aegaeon. Yuna e os outros avançam até Pallas, deixando Ikki lutar contra Aegeon. Apos o termino da luta de Ikki contra Aeageon, Yuna fica muito surpresa pois achou que Ikki não morreria. Enquanto prosseguia pelo caminho, se depara com uma esfera. Nessa esfera ele vê a luta de Gallia contra os Cavaleiros de Ouro. Logo ela é tragada pelo ataque de Paradox e Integra que se chama Outra Dimensão. Nisso, ela chega ao quarto caminho.

Caminho de VanaheimEditar

Omega86 17.jpg

Yuna e Souma são acertados por Gallia.

Omega86 32.jpg

Despertando o Cosmo Final.

Os Cavaleiros de Bronze decidem lutar contra Gallia sozinhos, enquanto os Cavaleiros de Ouro conduziriam Atena em segurança até Pallas, Kouga e Ryuho cobrem a saída dos Cavaleiros de Ouro do pátio, o qual a Pallasite os havia levado para a batalha. Os Cavaleiros testam o poder da Pallasite Primária, que os derrotam um a um. Gallia utiliza o golpe Criação da Luz prendendo os Cavaleiros de Bronze, Subaru não aceita ser derrotado e ativa mais uma vez o cosmo maligno, para a surpresa da Pallasite, danificando sua espada Bushinkōrinken, Gallia ataca com todo ódio Subaru que é derrotado, ao ver a luta, Yuna e os Cavaleiros de Bronze unem seus cosmos e sentimentos, despertando o Cosmo Final, suas armaduras ativam poderes ocultos nesse momento. A Armadura de Águia ganha asas, aumentando a agilidade da Amazona.
Omega86 53.jpg

Yuna acerta Gallia!

Cada um dos Cavaleiros utilizam seus novos poderes para inutilizar a espada e a Chronotector de Gallia. Yuna com sua nova arma, desvia dos golpes da Pallasite e destrói uma das partes da Choronotector de Gallia. Kouga finaliza o combo de golpes com o Turbilhão de Pégaso derrotando Gallia de uma vez por todas. Após a luta entendem que esse poder era o que Genbu e Shiryu falavam e seguem para dentro do Castelo de Pallas novamente. Dentro do Castelo ouvem o cosmo de Shiryu se despedir e lhes confiar Atena.


HyperionEditar

Omega88 25.jpg

Yuna desafia Hyperion.

Ao chegarem no salão aonde foi travada a batalha entre Hyperion e os Cavaleiros de Ouro, encontram a Tenchihōmetsuzan quebrada, Ryuho explica a potencia da Exclamação de Atena. Nesse momento, são surpreendidos por Hyperion que ainda esta vivo graças a sua Chronotector. Os Cavaleiros de Bronze são vencidos facilmente pelo ex-Pallasite, que revela não seguir à Pallas, ao zombar de Shiryu, Kiki e Fudou, falando que foi a união que os matou e que um verdadeiro guerreiro
Armaduras Destridas.gif

As armaduras de bronze são destruídas

deve lutar sozinho e mesmo assim vencer, Subaru se irrita e parte para cima de Hyperion, fazendo seu Cosmo das Trevas surgir novamente, se equiparando ao poder do oponente, atacando-o. Subaru tem a visão do deus inimigo, que esta por trás de Pallas, deixando-o desnorteado, abrindo a guarda para que Hyperion congele seu tempo, usando a Chrono Destruction, mesmo sem sua espada. Os cavaleiros de bronze restantes continuam a luta, mas Hyperion afirma que eles não são rivais para ele e os derruba. Entretanto, Eden decide continuar a luta, a fim de salvar Subaru. Hyperion diz que Eden é tolo, pois sendo filho de um deus e podendo tornar-se um, preferiu lutar do lado dos humanos. Eden ataca Hyperion acreditando na força dos humanos, mas o Pallasito o lança para longe. Nesse momento, Kouga segura Eden e, junto com os demais cavaleiros, decide lutar para salvar Subaru. Todavia, o poder de Hyperion sobrepuja os cavaleiros e
Hyperion golpeia os cavaleiros.gif

Hyperion ataca os cavaleiros de bronze

destrói as armaduras deles - a fim de que eles não lutem mais. Kouga e os outros mais uma vez se levantam, afirmando que realizariam um milagre. Hyperion diz que milagres não existem e ataca os cavaleiros mais uma vez. Porém, mesmo com os ataques do Pallasito, os cavaleiros de bronze continuavam a se erguer - deixando Hyperion furioso. Ele percebe que quem estava os motivando a seguir era Subaru e então decide destruí-lo de uma vez. Nesse momento, Kouga e os outros protegem 
O Supremo Omega.gif

Yuna e seus amigos despertam o Omega

Subaru e conseguem despertar completamente o Omega - fazendo as armaduras ressurgirem num novo formato. Os cavaleiros conseguem superar o poder de Hyperion. Este, em nome de seu mestre, decidiu se matar - com a finalidade de levar os cavaleiros com ele para a 
Yuna05..jpg

Yuna e os outros desafiam os clones de Hyperion

morte. Eden tenta impedir, destruindo sua chronotector, mas Hyperion afirma que chegará o momento em que seu mestre destruirá o mundo dos humanos. Neste instante - graças ao cosmo dos demais cavaleiros - Subaru consegue desparalizar seu tempo e ataca Hyperion, fazendo com que ele voe e exploda no céu. Antes de morrer, Hyperion consegue ver a imagem de alguém dentro de Subaru (Provavelmente seu mestre). Seguindo pelo Castelo, todos sentem os cosmos de Atena e Pallas, prestes a entrar em conflito.

SaturnoEditar

Omega92 20.jpg

Os Cavaleiros são advertidos por Harbinger.

Apesar da descrença de Subaru, que os Cavaleiros de Bronze poderiam ser úteis na batalha entre as deusas, os Cavaleiros chegam ao salão de Pallas e presenciam a batalha entre Seiya e Titan que por sinal estava bem equilibrada, ao tentarem interceder na luta, são advertidos por Harbinger de Touro a não se intrometer, uma vez que se tratava de uma luta entre ideais, uma verdadeira luta entre dois homens. Após Seiya acertar a flecha dourada em Titan, sobrepujando a técnica mais poderosa do Pallasito, Pallas intervém e se concilia com Atena, sem tempo para comemorações, Europa surge e ativa o poder dos braceletes que estavam nas deusas, transformando-as em serpentes, eles sugam energias de Pallas e Atena, deixando-as inconscientes. Os Cavaleiros de bronze se surpreendem com o rumo que os eventos estavam tom
Omega92 49.jpg

Os Cavaleiros se surpreendem com o avançar da batalha.

ando até que as palavras e atitudes de Europa surtem efeito em Subaru assim, suas lembranças vão vindo á tona e Subaru se lembra quem ele realmente é, e que ele sempre teve o poder de um deus. Ele começa a mudar de forma: Seu corpo e cabelos crescem, e uma vestimenta totalmente diferente surge. A Armadura de Cavalo Menor se despedaça. Subaru revela-se em sua verdadeira forma, Saturno, o deus do Tempo. Yuna lutou junto aos demais cavaleiros de bronze contra Saturno, mas sem grandes resultados. Após a derrota de Seiya, Yuna, Souma, Ryuho e Haruto decidem se tornar como "espadas" que abriram o caminho para um ataque definitivo de Kouga e Eden. Isso se mostra inutil, no entanto. Após Saturno parar o tempo de toda a humanidade - restando apenas Kouga - Yuna e os demais cavaleiros emprestam suas últimas forças para Kouga, a fim de derrotar Saturno.

FinalEditar

Yuna vai junto com Souma, Ryuho e Haruto para se despedirem de Kouga.

Outras ApariçõesEditar

Ultimate CosmosEditar

No jogo Saint Seiya Omega Ultimate Cosmos, Yuna  enfrenta o Deus dos Mares, Poseidon com o objetivo de conseguir a Escama de Tritão para poder batalhar com o Deus dos Mares

Habilidades de lutaEditar

  • Utilização do Cosmo: Sendo uma Amazona de Atena, Yuna utiliza o cosmo como sua fonte de energia. O cosmo de Yuna é do Elementos Vento e se manifesta num tom de rosa. Com o auxílio do seu elemento, Yuna pode criar correntes de ar para impulsionar seu corpo, permitindo que a Amazona voe como uma verdadeira águia, evitando combates desnecessários.
  • Alta velocidade: Como uma Amazona de Bronze consagrada, Yuna é capaz de realizar movimentos e ataques na velocidade do som (Mach 1), ou por vezes um pouco acima da mesma.
  • Estilo de Luta: Yuna é uma das aprendizes mais disciplinadas da Palaestra e sua dedicação aos treinamentos se reflete em sua capacidade de combate. A Amazona também se mostrou uma boa estrategista, impedindo que Kouga atraísse a atenção de vários inimigos e os derrotando rapidamente, bem como recuando de situações inesperadas que provavelmente levariam à derrota.
Yuna desperta o Setimo Sentido.gif

Yuna desperta o Sétimo Sentido.

  • Alcance ao Sétimo Sentido: Foi durante sua batalha contra Schiller de Câncer no Mundo dos Mortos, e graças a sua determinação em proteger seus amigos e principalmente a Kouga, que Yuna atingiu o Sétimo Sentido. Seu cosmo se manifesta na forma de duas grandes asas em suas costas, enquanto seu corpo é rodeado por uma forte aura de cor rosa.

Outras HabilidadesEditar

Leitura das EstrelasEditar

8367.mkv snapshot 09.39 -2012.07.03 23.33.06-.jpg

Yuna lendo as estrelas.

Uma habilidade muito especial de Yuna é a sua capacidade de interpretar as posições das estrelas e dessa forma, ter um conhecimento geral sobre a situação do universo. É possível que essa habilidade venha a ser melhor explorada em futuros episódios. Essa capacidade pode levar Yuna a perceber até mesmo a compatibilidade entre os Cavaleiros, um exemplo disso foi Soma, que segundo Yuna, os dois não teriam compatibilidade.

Técnicas especiaisEditar

Blast Scythe3.jpg Foice de Vento
(Blast Scythe)
Yuna produz poderosas rajadas de vento que se tornam tão afiadas quanto lâminas.
Furacão Explosivo Furacão Explosivo
(Blast Typhoon)
Yuna realiza um giro com suas pernas, disparando fortes rajadas de vento que vão na direção do oponente.
Yuna-tornadodivino-v3.gif Tornado Divino
(Divine Tornado)
A Amazona usa seu cosmo para gerar uma enorme quantidade de vento e formar um tornado, que rodeia o inimigo e gera uma grande explosão.
Yuna-spinningpredation v3.gif Ataque da Águia Predadora
(Aquila Spinning Predation)
Transformando a capa de sua armadura em grandes asas, Yuna voa para o alto e executa um rápido movimento giratório com seu corpo, tornando-se uma bala redemoinho vindo na direção do adversário. Em contanto com o alvo, Yuna perfura a barriga do adversário graças a velocidade de seu giro, e finaliza o vôo após acerta-lo.

Aquila Shinning Blast

Explosão Brilhante da Águia
(Aquila Shinning Blast)
Técnica desenvolvida por Yuna após despertar o Sétimo Sentido. Elevando seu cosmo, Yuna concentra uma grande massa de ar em seu pé, formando uma esfera, e a chuta na direção do adversário. A rajada de vento assume temporariamente a forma de uma águia, antes de convertesse num gigantesco tornado que pode impactar contra o oponente, arremessando-o para longe. Técnica tão poderosa quanto a dos Cavaleiros de Ouro.

Storm Tornado

Tornado de Tempestade
(Storm Tornado)
Técnica desenvolvida por Yuna após receber sua nova armadura. Yuna Gira em seu próprio eixo, criando em sua volta um gigantesco tornado.

Aquila Flying Tornado.gif

Tornado Voador da Águia
(Aquila Flying Tornado)
Técnica suprema de Yuna, ela utiliza o Omega para aumentar ainda mais a potência da técnica Storm Tornado. Yuna fica de ponta-cabeça apoiada pelas mãos, enquanto gira a pernas na horizontal em um ângulo de 360º. Dessa forma, ela cria um poderoso tornado contra o adversário. -Yuna só passou a utilizar tal técnica após despertar o Omega.

BatalhasEditar

Yuna de Águia VS Kouga de Pégaso
Omega3 164.jpg
Yuna
Omega3 141.jpg Omega3 172.jpg
Kouga
Informações
Local Palaestra Local
Início do combate
Episódio 03
Início do combate
Fim do combate
Episódio 03
Fim do combate
Resultado Interrompida Resultado
Descrição da Batalha
Nas florestas próximas à Palaestra, Kouga é atacado inesperadamente por uma amazona, Yuna de Águia que o acerta com chutes. Ao vestir a Armadura de Pégaso, ele decide contra-atacar quando é interrompido por Geki de Urso.

FrasesEditar

Nos dá novos ventos, novas oportunidades.

Yuna de Águia para Hyperion



Assim como você se tornou um Cavaleiro de Ouro para evitar sua morte, eu também me tornei uma Amazona para evitar a morte, para proteger a vida!Para proteger a vida de todos! O que é mais terrível que minha própria morte é a morte das pessoas que amo! Para perder esse medo... Para perder essa tristeza, foi que eu me tornei uma Amazona.

Yuna de Águia para Schiller de Câncer na Casa de Câncer na batalha das Novas Doze Casas.

CuriosidadesEditar

  • Yuna é a primeira amazona de bronze a fazer parte do grupo de protagonistas em uma franquia de Os Cavaleiros do Zodíaco.
  • Yuna veste a Armadura de Águia, anteriormente vestida por Marin de Águia. Porém, a armadura que Marin vestia no século XX era da patente de prata, já a armadura usada por Águia é da patente de bronze. Não se sabe o porquê de tal fato.
  • Yuna utiliza a máscaras das Amazonas durante seu treinamento na Palaestra, mas após tê-la quebrada na batalha com Spear, não torna a usá-la.
  • Yuna é Primeira dos Protagonistas a conseguir matar de fato um Cavaleiro de Ouro e não apenas o derrotar.

Imagens OficiaisEditar

Galeria de ImagensEditar

Referências BibliográficasEditar

  1. [1] Perfil do personagem - Site em japonês
  1. REDIRECIONAMENTO Predefinição:Cavaleiros de Atena
  2. REDIRECIONAMENTO Predefinição:Cavaleiros de Atena

Mais da comunidade Wikia

Wiki aleatória